John le Carré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde abril de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
David John Moore Cornwell
Pseudônimo(s) John le Carré
Nascimento 19 de outubro de 1931 (85 anos)
Poole, Inglaterra
Residência Cornualha, Inglaterra
Nacionalidade Inglês
Ocupação Escritor
Prémios Prémio Somerset Maugham (1964)
James Tait Black Memorial Prize (1977)
Magnum opus O Espião Que Saiu do Frio
Página oficial
www.johnlecarre.com

John le Carré, (Poole, 19 de outubro de 1931), pseudónimo de David John Moore Cornwell, é um escritor britânico. Escreveu livros como O Espião que Sabia Demais (título no Brasil) ou A Toupeira (título em Portugal).[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou na universidade de Berna na Suíça, e na Universidade de Oxford em Inglaterra, tornando-se depois professor em Eton College antes de se juntar ao corpo diplomático britânico entre 1960 e 1964.[2]

A sua experiência nos serviços secretos terminou repentinamente, quando o agente duplo britânico Kim Philby denunciou a identidade de dezenas de espiões compatriotas ao KGB. No entanto o seu primeiro livro ainda seria publicado enquanto estava no (MI6).[carece de fontes?]

John le Carré é autor de numerosos livros de espionagem, muitos dos quais apresentam um enredo que se desenvolve no contexto da Guerra Fria. No entanto, o fim da Guerra Fria levou-o a modernizar as temáticas que serviam como pano de fundo aos seus romances, assim, introduziu na sua obra temas como o terrorismo islâmico, a problemática causada pelo desmembramento da União Soviética, a política dos Estados Unidos da América no Panamá e as manobras obscuras da indústria farmacêutica no continente africano.

Destacam-se na obra de Le Carré a estrutura extremamente elaborada dos seus romances, sendo as personagens, entre as quais se destacam os agentes George Smiley e Alec Leamas, complexas e profundas, o oposto do estereótipo de espião superficial popularizado pelo James Bond de Ian Fleming. A profundidade humana, a complexidade política e moral, assim como a inteligência dos enredos levaram-no a ser considerado o autor de espionagem mais literário e filosófico do século XX.[carece de fontes?]

Na sua intervenção pública, recusou vários prémios e um grau honorífico de "cavaleiro do reino" (knighthood), mantendo sempre uma postura de independência e crítica, que se materializou recentemente nas afirmações contra a guerra ao Iraque. Vive actualmente na Cornualha.[carece de fontes?]

Obras[editar | editar código-fonte]

Nº Sequencial Título original em inglês Lançamento Título no Brasil Editora Título em Portugal Editora
01 Call for the Dead (1961) O morto ao telefone Chamada para a morte (Edições 70)
02 A Murder of Quality (1962) Um crime entre cavalheiros Um crime quase perfeito (Edições 70)
03 The Spy who Came in from the Cold (1963) O Espião Que Saiu do Frio O Espião Que Saiu do Frio' (Europa América)
04 The Looking-Glass War (1965) A guerra no espelho Guerra de espelhos (Europa América)
05 A Small Town in Germany (1968) Uma pequena cidade na Alemanha Algures na Alemanha (Europa América)
06 The Naïve and Sentimental Lover (1971) O amante ingênuo e sentimental O amante ingénuo e sentimental (Europa América)
07 Tinker, Tailor, Soldier, Spy (1974) O espião que sabia demais Círculo do Livro / Record A toupeira' (Europa América)
08 The Honourable Schoolboy (1977) Sempre um colegial O ilustre colegial (D. Quixote)
09 Smiley's People (1979) A vingança de Smiley A gente de Smiley (Europa América)
10 The Little Drummer Girl (1983) A garota do tambor A Rapariga do Tambor (Presença)
11 A Perfect Spy (1986) Um espião perfeito Um espião perfeito (D. Quixote)
12 The Russia House (1989) A casa da Rússia A casa da Rússia (D. Quixote)
13 The Secret Pilgrim (1990) O peregrino secreto O peregrino secreto (D. Quixote)
14 The Unbearable Peace (1991) não editado? A paz insuportável (D. Quixote)
15 The Night Manager (1993) O gerente noturno O gerente da noite (D. Quixote)
16 Our Game (1995) Nosso jogo O nosso jogo (D. Quixote)
17 The Tailor of Panama (1996) O alfaiate do Panamá O alfaiate do Panamá (D. Quixote)
18 Single & Single (1999) Single e Single Single & Single (Círculo de Leitores)
19 The Constant Gardener (2001) O jardineiro fiel O fiel jardineiro (D. Quixote)
20 Absolute Friends (2003) Amigos Absolutos Amigos até ao fim (D. Quixote)
21 The Mission Song (2006) O canto da missão O canto da missão (D. Quixote)
22 A Most Wanted Man (2008) O homem mais procurado Um homem muito procurado (D. Quixote)
23 Our Kind Of Traitor (2010) Nosso fiel traidor Um Traidor dos Nossos (D. Quixote)
24 A Delicate Truth (2013) Uma verdade delicada Uma verdade incómoda (D. Quixote)
25 The Pigeon Tunnel [3] (2016)
26 A Legacy of Spies [4] (2017)

Adaptações para cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

John le Carré (em inglês) no Internet Movie Database

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre John le Carré
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: John le Carré