John van 't Schip

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John van 't Schip
John van 't Schip.jpg
Informações pessoais
Nome completo Johannes Nicolaas van 't Schip
Data de nasc. 30 de Dezembro de 1963 (50 anos)
Local de nasc. Fort St. John,  Canadá
Altura 1,82 m
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19811992
19921996
Países Baixos Ajax
Itália Genoa
00273 00(29)
00107 00(11)
Seleção nacional
19861995 Países Baixos Países Baixos 00041 000(2)
Times que treinou
19972000
20002001
20012002
20022004
20042008
20082009
2009
20102012
20122013
Países Baixos Ajax (base)
Países Baixos Ajax (assistente)
Países Baixos Twente
Países Baixos Ajax B
Países Baixos Países Baixos (assistente)
Países Baixos Ajax (assistente)
Países Baixos Ajax (interino)
Austrália Melbourne Heart
México Chivas Guadalajara

Johannes Nicolaas van 't Schip, mais conhecido como John van 't Schip, (Fort St. John, 30 de dezembro de 1963) é um treinador e ex-futebolista canadense naturalizado neerlandês que atuava como meio-campista. Atualmente, dirige o Guadalajara.

Carreira como jogador[editar | editar código-fonte]

Nascido numa pequena cidade do Canadá, mas com pais neerlandeses, acabou optando pela nacionalidade dos país. van 't Schip iniciou sua carreira nas categorias de base do Ajax, aos treze anos, estreando na equipe profissional em dezembro de 1981. Nessa mesma época, enquanto tivera oportunidade de atuar ao lado da lenda Johan Cruijff, atuava também ao lado de nomes como van Basten, Rijkaard e Bosman, que seriam a geração que conquistaria a Eurocopa 1988, o primeiro título da Laranja mecânica.

Após onze anos defendendo o clube Godenzonen, acabou se transferindo para Gênova, onde atuaria no Genoa, uma das potências nas primeiras décadas no século, mas que perdia importância com o tempo. Antes, van 't Schip havia recebido uma proposta do Valencia, treinador por seu compatriota Guus Hiddink, mas que acabou recusando.

Em Gênova, van 't Schip permaneceu durante quatro temporadas, tendo participação importantes para manter a equipe na elite italiana, mas acabou não podendo evitar a queda em sua terceira temporada. Apesar da queda, acabou permanecendo durante mais uma temporada, mas não conseguiu levar a equipe a primeira divisão novamente. Porém, conquistou o seu primeiro e único título pela equipe. Após essa temporada, acabou se aposentando, e posteriormente, retornando ao futebol neerlandês, onde iníciou a carreira de treinador.

Seleção neerlandesa[editar | editar código-fonte]

Pela seleção neerlandesa, van 't Schip disputou quarenta e uma partidas, marcando dois gols. Sua primeira partida aconteceu contra a Escócia, em abril de 1986, e sua última partida foi contra a Bielorrússia, em junho de 1995. Durante esse período, van 't Schip participou das Eurocopas de 1988 (onde foi campeão) e 1992. Ainda esteve presente na Copa do Mundo de 1990.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Logo após abandonar a carreira nos campos, acabou se tornando treinador das categorias de base do Ajax, onde ficou durante três temporada. Na temporada 2000-01, assumiu a função de assitente na equipe, antes de ser contratado pelo Twente, onde treinaria a equipe principal na temporada seguinte. Acabou retornando na temporada seguinte, onde assumiu o comando do Ajax B, ficando durante duas temporadas, saindo quando foi convidado por van Basten para ser seu assistente na seleção neerlandesa, ficando durante quatro anos, até van Basten deixar o comando da seleção.

Quando van Basten assumiu o comando do Ajax, van 't Schip acabou seguindo o mesmo rumo, novamente como seu assistente.[1] Em 6 de maio de 2009, após van Basten se demitir do comando da equipe, van 't Schip acabou assumindo interinamente o comando do time, permanecendo até o fim da temporada, em 30 de junho de 2009.

Em 12 de outubro de 2009, van 't Schip assinou um contrato com o clube austráliano Melbourne Heart, que fará sua estreia na A-League na temporada 2010-11.[2] Após quase três anos na Austrália, acertou no início de 2012 com o Guadalajara.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]