Jonathan Byrd's Racing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estados Unidos Jonathan Byrd's Racing
Informações gerais
Nome completo Jonathan Byrd's Racing
Base Indianápolis, Indiana,  Estados Unidos
Chefe de equipe Estados Unidos David Byrd
Estados Unidos Jonathan Byrd II
Estados Unidos Virginia "Ginny" Byrd
Categoria(s) IndyCar Series (apenas as 500 Milhas de Indianápolis)
Site jonathanbyrdsracing.com
Pilotos Estados Unidos Bryan Clauson
Motor Chevrolet
Chassis Dallara
IndyCar Series
Estreia Estados Unidos 500 Milhas de Indianápolis, 2015 (a disputar)

Jonathan Byrd's Racing é uma equipe norte-americana de automobilismo fundada em 1982 por Jonathan Byrd. Disputará as 500 Milhas de Indianápolis de 2015 com o piloto Bryan Clauson, em parceria com a KVSH Racing.

História[editar | editar código-fonte]

Entre 1982 e 2001, a Jonathan Byrd's estreou na Indy 500 em 1985, com Rich Vogler, que guiou pela equipe até 1990. A morte do chefe de equipe Andy Kenopensky fez com que a JBR se juntasse à Hemelgarn Racing, como patrocinadora principal. Stan Fox substituiu Vogler e Billy Vukovich III (mortos em 1990), e conquistou na Indy 500 de 1991 um oitavo lugar. Buddy Lazier e Gordon Johncock também pilotaram carros da Hemelgarn com o patrocínio da JBR em 1992.

Scott Brayton (1993), John Andretti (1994), Davy Jones[1] (1995), Arie Luyendyk (1996), Mike Groff (1996-97) e John Paul Jr. (1998) também guiaram em parceria com a Jonathan Byrd's em suas respectivas equipes (Dick Simon Racing, Foyt, Treadway Racing e Byrd-Cunningham) até a equipe suspender as atividades em 1999. A última participação da JBR na IRL foi em 2001, quando se associou novamente à Hemelgarn e com Jaques Lazier como piloto.

Gestão dos irmãos Byrd[editar | editar código-fonte]

Jonathan Byrd, o fundador da equipe, sofreu um infarto em 2004 após uma cirurgia cardíaca, e ficou com o lado direito paralisado, situação que permaneceu até a morte, em 2009.[2] Porém, a JBR retomou as atividades em 2005, desta vez sob a gerência de David e Jonathan II (filhos do fundador). agora em parceria com a Panther Racing. Buddy Lazier, que pilotara na associação Hemelgarn/Byrd's, voltou a guiar um carro com patrocínio da empresa. Lazier danificou o carro durante o Carb Day, mas conseguiu reparar o Dallara-Chevrolet #95 e conquistar um quinto lugar.

Reformulação e estreia como equipe própria[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2014, a Jonathan Byrd's Racing anunciou que estava retomando as atividades para disputar a Indy 500 de 2015.[3] Bryan Clauson, que disputou a edição de 2012, foi escalado para o projeto,[4] que inclui ainda a participação da JBR na corrida em 2016. A equipe disputará a Indy 500 numa associação com a KVSH Racing.

Referências

  1. Herman, Steve (18 de maio de 1995). «Davy Jones, the fastest non-starting qualifier in Indianapolis 500». Associated Press. Consultado em 9 de abril de 2015 
  2. «Longtime Indy 500 car owner Jonathan Byrd dies at 57». Autoweek. 23 de agosto de 2009. Consultado em 3 de abril de 2015 
  3. «Jonathan Byrd anuncia volta nas 500 Milhas de Indianápolis de 2015 e anuncia Clauson como piloto». Grande Prêmio. 16 de maio de 2014. Consultado em 1 de agosto de 2014 
  4. «Clauson Lands 2015 Indy 500 Ride». National Speed Sport News. 13 de maio de 2014. Consultado em 1 de agosto de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.