Jonathas Abbott

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Retrato do Conselheiro Jonathas Abbott (sem data), por João Francisco Lopes Rodrigues. Museu de Arte da Bahia, Salvador.

Jonathas Abbott (Londres, 6 de agosto de 1796Caminho Novo do Gravatá, 8 de março de 1868) foi um médico brasileiro nascido no Reino Unido. Naturalizou-se brasileiro por decreto de 31 de outubro de 1821.

Filho de John e Sarah Abbott, trabalhadores rurais, casou-se com Cecília Walters.[1] Veio para o Brasil em 1812, como cavalariço de um médico baiano. Começou na Escola de Cirurgia da Bahia (a primeira do Brasil e que fica no Pelourinho) como servente, formou-se na terceira turma,[2] em 1820, e chegou a vice-reitor, sendo titular da cadeira de Anatomia.

Foi sócio de diferentes sociedades científicas e recebeu grande número de títulos honoríficos. Além de diferentes trabalhos sobre anatomia, em português, Abbott publicou uma tradução do Tartufo, de Molière, assim como outras composições literárias.

Fundou e presidiu em 1856 a Sociedade de Belas Artes, primeira associação de artes do Brasil. Sua coleção particular de mais de 400 obras, entre pintores brasileiros (José Joaquim da Rocha, José Teófilo de Jesus, etc.) e estrangeiros, sendo muitas delas oriundas da Europa, originou o Museu de Arte da Bahia.

Foi agraciado com a Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, de Portugal e com a Imperial Ordem da Rosa, do Brasil. Foi ainda comendador da Imperial Ordem de Cristo.[3]

Era pai de Jonathas Abbott Filho, também médico, e avô de Fernando Abbott, depois presidente da Província do Rio Grande do Sul.[1]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • O Diário de Jonathas Abbott, Fernando Abbott Galvão. Ed. Francisco Alves.
  • Dicionário Universal Ilustrado, Ed. João Romano Torres & Cª.1911.
  • Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira.
  • Facebook/Abbott Brasil

Referências

  1. a b SPALDING, Walter. Construtores do Rio Grande. Livraria Sulina, Porto Alegre, 1969, 3 vol., 840pp.
  2. http://www.fameb.ufba.br/dmdocuments/formadosfmb1812a2007.pdf Arquivado em 3 de março de 2016, no Wayback Machine. Formados na Faculdade de Medicina da Bahia 1817-2008
  3. Silva, Innocencio Francisco da. Diccionário bibliográphico portuguez: estudos. Pg 172