Jorge, um Brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jorge, um Brasileiro
 Brasil
1988 •  pb / cor •  113 min 
Direção Paulo Thiago
Roteiro Alcione Araújo
Elenco Carlos Alberto Riccelli
Glória Pires
Dean Stockwell
Denise Dumont
Antônio Grassi
Género drama
Idioma português

Jorge, um Brasileiro é um filme brasileiro de 1988, do gênero drama, dirigido por Paulo Thiago, e com roteiro baseado no romance homônimo de Oswaldo França Júnior.

O filme teve um milhão de espectadores nos cinemas do Brasil em 1988.[1]

A canção Jorge, um brasileiro, de autoria de Túlio Mourão e Ronaldo Bastos, foi interpretada por Milton Nascimento.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme apresenta o universo dos caminhoneiros que atravessam o país para chegar aos destinos mais distantes, e Jorge é um deles. Depois de brigar com a sua companheira Sandra, ele sai para mais uma viagem, e relembra os fatos mais marcantes de sua vida, suas aventuras e os amigos da estrada.

Uma característica forte foram críticas a situação dos caminhoneiros que circulam, as condições das rodovias e as infraestruturas Brasileiras precárias. Mostram ainda aspectos importantes e relevantes referentes a acidentes constantes que ocorrem nas rodovias brasileiras e da impunidade. Mostra ainda lado referente a reforma agrária e protestos que afetam diretamente o povo Brasileiro.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.