TV Tribuna Recife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Tribuna Recife
Nassau Editora e Rádio Ltda.
TV Tribuna Recife
Olinda/Recife, Pernambuco
Brasil
Tipo Empresa privada
Cidade de concessão Band recife.png Recife, PE
Canais
04 VHF analógico
20 UHF e 4.1 Virtual digital
Outros canais 02 VHF (Caruaru)
04 VHF (Vila dos Remédios)
12 VHF (Gravatá)
Sede Bandeira de Olinda.png Olinda, PE
Avenida Senador Nilo de Souza Coelho, S/N - Ouro Preto
MAPA
Slogan O canal da gente!
Rede Rede Bandeirantes
Fundador João Santos
Pertence a Rede Tribuna
Proprietário Francisco Santos
Antigo proprietário João Santos (1991-2011)
Presidente Francisco Santos
CNPJ 27.065.150/0001-30
Fundação 15 de novembro de 1991 (23 anos)
Prefixo ZYB 303
Cobertura 70% do estado de Pernambuco
Redes anteriores Rede Bandeirantes (1991-1998)
Rede Record (1998-2012)
Potência 11,2 kW
Página oficial tvtribunape.com.br

TV Tribuna Recife (ou apenas Tribuna) é uma emissora de televisão brasileira afiliada à Rede Bandeirantes, com sede em Olinda. Opera no canal 4 VHF e cobre o estado de Pernambuco. Está situada na Avenida Senador Nilo Coelho, no bairro do Ouro Preto, em Olinda, dividindo as instalações com a Tribuna FM.

Possui uma filial no estado do Espírito Santo, a TV Tribuna Vitória Canal 7, que é afiliada do SBT desde 1987.

História[editar | editar código-fonte]

A TV Tribuna entrou no ar em 15 de novembro de 1991, sendo afiliada à Rede Bandeirantes. Em 1º de novembro de 1998, a emissora passou a ser afiliada a Rede Record e assim ficou até o dia 8 de janeiro de 2012.

Antes disso, a Record era retransmitida no canal 17, no ar em data incerta, com sinal apenas para a Grande Recife. Com a afiliação, o canal 17 saiu do ar,[carece de fontes?] mas voltou por volta de 1999, repetindo a Rede Mulher até virar Record News em 2007. Em 2009, passou a retransmitir a TV Cabrália (Record News).

Devido à problemas com a Record, esta descontinuou o contrato com a Tribuna e no dia 9 de janeiro de 2012 a emissora voltou para a Band.[1] [2]

Dificuldades técnicas com o sinal digital[editar | editar código-fonte]

Desde que iniciou as transmissões com o sinal digital, a TV Tribuna vem tendo dificuldades para lidar com seu sinal digital. Inicialmente toda programação era exibida em SD 4:3 preenchendo toda a tela, ou seja, deformando a imagem. Ainda hoje, todos os programas locais são transmitidos dessa forma. A programação da rede pode ou não ser exibida em HD, pois o formato de tela é escolhido aleatóriamente durante a exibição do programa. Além da dificuldade com o formato de tela, o sinal da TV Tribuna está sendo transmitido desde o inicio das transmissoes com parametros errados: apesar do video estar em 60hz, é enviado ao receptor a informação de que ele é 30hz, alguns receptores ignoram tal informaçao e exibem o canal normalmente (Exemplo: TVs da Samsung) , ja outros confiam na informação enviada pela emissora e tentam ler o video em 30hz, gerando desde pequenas travadas, quadriculações (TVs da LG ou Panasonic) ou ate mesmo o desligamento do aparelho por impossibilidade de decodificar o sinal (TVs da Sony). Em 1º de Fevereiro de 2013, mais que um ano depois de sua estréia, a TV Tribuna finalmente corrigiu os parâmetros e agora funciona em todos os aparelhos de TV, no entanto, os problemas com formato de tela supra citados persistem.

Cobertura[editar | editar código-fonte]

O sinal da emissora atinge 160 municípios do estado, quase toda a cobertura compreende-se na Zona da Mata, Região Metropolitana do Recife e algumas cidades do Agreste e do sertão.

No período de eleições municipais transmite o horário político de Recife, sua cidade de concessão. Na época das eleições para governador, transmite a Programação Política de Pernambuco.

Começou a transmitir seu sinal digital em Recife no dia 6 de Janeiro de 2012, depois de três dias, no dia 9 de Janeiro, voltou a se afiliar à Rede Bandeirantes na qual já havia sido afiliada anteriormente no período de 1991 a 1998.

Programação[editar | editar código-fonte]

Atuais[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da Band, a TV Tribuna produz os seguintes programas:

  • Jogo Aberto Pernambuco: Jornalístico esportivo, com Aderval Barros. De segunda à sexta, das 12h00 às 12h30;
  • Ronda Geral: Jornalístico, com Sergio Dionízio. De segunda à sexta, das 12h30 às 14h30;
  • Vitrine: Programa de variedades, com Júlia de Castro. De segunda à sexta, das 14h30 às 15h00;
  • Brasil Urgente Pernambuco: Jornalístico policial, com Moab Augusto. De segunda à sexta, das 16h15 às 17h15;
  • Jornal da Tribuna: Telejornal, com Rhaldney Santos. De segunda à sexta, das 18h50 às 19h20;
  • Ponto de Vista: Programa de entrevistas, com Eliana Victório. Sábados, das 18h50 às 19h20;
  • O Melhor no Nordeste: Programa de variedades, com Rhaldney Santos. Domingos, das 9h00 às 9h30;

Extintos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Redação NaTelinha (10 de novembro de 2011). Confirmado: Record e Band trocarão de afiliadas em Pernambuco (em português) NaTelinha. Visitado em 10 de novembro de 2011.
  2. Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR (18 de dezembro de 2011). TV Clube começa a transmitir Record em janeiro (em português) NaTelinha. Visitado em 19 de dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]