SBT Manhã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jornal do sbt manhã)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
SBT Manhã
Informação geral
Formato Telejornal
Gênero Jornalismo
Duração 180 minutos
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Marcelo Parada
Apresentador(es) Hermano Henning
Joyce Ribeiro
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil SBT
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 19 de setembro de 2005 - 19 de setembro de 2014
Cronologia
Programas relacionados Notícias da Manhã
SBT Brasil
Jornal do SBT

SBT Manhã foi um telejornal matutino brasileiro, produzido e exibido pelo SBT. Estreou em 2005 sob o comando de Joyce Ribeiro e Amália Rocha. Era apresentado por Hermano Henning e Joyce Ribeiro. Durante um período de pouco mais de 1 ano, o programa foi dividido em duas edições, a primeira exibida das 4h00 ás 5h00, com a reprise da mesma das 5h00 às 6h00 e das 6h00 às 7h00. A segunda era apresentada por César Filho, sendo exibida apenas para São Paulo e pouquíssimas partes do Brasil, das 7h00 às 8h00 e passava á ser exibida em edição nacional à partir das 8h00 e permanecia no ar até as 9h00. O telejornal foi substituído pelos programas Jornal do SBT e 'Notícias da Manhã (telejornal brasileiro). Atualmente a grade que o telejornal ocupava é composta pelas reprises do Jornal do SBT e pela programação infantil do Carrossel Animado.

História[editar | editar código-fonte]

O telejornal entrou no ar em 19 de setembro de 2005 sob o comando de Joyce Ribeiro, com o nome Jornal do SBT Manhã. Em 2006, com a vinda de Carlos Nascimento da Rede Bandeirantes, que assumiu o comando do Jornal do SBT, Hermano Henning assumiu o comando do Jornal do SBT Manhã. Em 19 de junho de 2007, Analice Nicolau assumiu a apresentação ao lado de Hermano Henning.

Em 2012, estreia em São Paulo um bloco ao vivo apresentado por Rodolpho Gamberini com duração de meia hora. Em 12 de março de 2012, o telejornal passa a ser apresentado provisoriamente no estúdio 4 do SBT devido as reformas na redação da emissora. Em 5 de novembro, com a saída de Gamberini, César Filho assume definitivamente a edição local, que passa contar com uma hora de duração. No dia 18 de março de 2013, o jornal, assim como os demais noticiários da emissora, estreia um novo cenário, e passa a se chamar SBT Manhã. Em 13 de maio de 2013, Joyce Ribeiro assume o SBT Manhã em substituição a Analice Nicolau, que devido a problemas pessoais deixa o telejornal.

Em 10 de junho de 2013, a edição local se transforma no SBT Manhã 2ª Edição. Em 9 de junho de 2014, após um ano, a segunda edição do SBT Manhã é transformada em revista eletrônica com nome Notícias da Manhã.

O telejornal foi extinto em 19 de setembro, no mesmo dia em que completou 9 anos, dando lugar ao já existente Notícias da Manhã.

Em 13 de abril de 2015, o jornal iria a ser exibido, agora por 1 hora, de 6 às 7 horas da manhã, no lugar do Notícias da Manhã.[1] Porém, a emissora preferiu exibir no horário uma hora a mais da reprise do Jornal do SBT.

Versões locais[editar | editar código-fonte]

O SBT também ganhou versões locais em emissoras próprias do SBT, como por exemplo: SBT Rio Grande Manhã, SBT Rio Manhã e SBT Pará Manhã.

Histórico de apresentadores[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Flávio Ricco. SBT acaba com "Notícias da Manhã" de Neila Medeiros UOL.