José Alberto Wenzel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José Alberto Wenzel.

José Alberto Wenzel (Cerro Largo, 19 de janeiro de 1952) é geólogo com mestrado em Desenvolvimento Regional Tecno-Ambiental pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), foi secretário municipal de Saúde de Santa Cruz do Sul, de 1997 a 1999, vereador nas legislaturas 1993 a 1996 e 1999 a 2000. Concursado da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), exerceu vários cargos na administração pública, como secretário estadual do Meio Ambiente, no período entre 2003 e 2004. Foi prefeito de Santa Cruz do Sul, de 2005 a 2008, quando assumiu como chefe da Casa Civil e, posteriormente, em 2009, como Secretário de Relações Institucionais do Governo. Atualmente exerce a função de geólogo na FEPAM e é o 1º suplente da senadora Ana Amélia Lemos no Senado Federal. É no campo político que Wenzel mais se destaca, tendo exercido diversos cargos na administração pública do Rio Grande do Sul, sempre pelo PSDB.

Eco-92 – Rio de Janeiro Wenzel participou do evento no Rio de Janeiro: A conferência do Rio consagrou o conceito de desenvolvimento sustentável e contribuiu para a mais ampla consciencialização de que os danos ao meio ambiente eram majoritariamente de responsabilidade dos países desenvolvidos. Reconheceu-se, ao mesmo tempo, a necessidade de os países em desenvolvimento receberem apoio financeiro e tecnológico para avançarem na direção do desenvolvimento sustentável. Naquele momento, a posição dos países em desenvolvimento tornou-se mais bem estruturada e o ambiente político internacional favoreceu a aceitação pelos países desenvolvidos de princípios como o das responsabilidades comuns, mas diferenciadas. A mudança de percepção com relação à complexidade do tema deu-se de forma muito clara nas negociações diplomáticas, apesar de seu impacto ter sido menor do ponto de vista da opinião pública.


Vereador em Santa Cruz do Sul – 1993 até 1996

Foi eleito vereador tendo como bandeira o meio ambiente, a saúde e a geração de trabalho e renda. Em programas de TV, nada ortodoxos, ficou conhecido na região e firmou seu nome na população de Santa Cruz do Sul e região.

Projetos mais relevantes:

- Propôs a criação do código municipal do meio ambiente. Essa legislação é adotada pelo município.

- Propôs a criação do Cinturão Verde, protegendo a mata em torno de Santa Cruz do Sul, também conhecida como “pulmão” de Santa Cruz. O local vinha sendo devastado, então o vereador Wenzel deflagrou a criação da Reserva do Cinturão Verde, com regras protecionistas importantes para a conservação da biodiversidade.


Vereador reeleito Santa Cruz do Sul - 1997 até 2000

Neste período assumiu a Secretaria Municipal de Saúde até de 1997 a 1999 quando retornou à Câmara municipal e retomou suas atividades de vereador até o final do mandato, sendo em seguida candidato a prefeito do município.


Secretário Municipal de Saúde de Santa Cruz do Sul – 1997 até 1999

Projetos mais relevantes:

- Criação a UTI Pediátrica no município, que já salvou a vida de milhares de bebês e crianças de Santa Cruz do Sul e região. - Implantação no município o Programa de Saúde da Família (PSF).

- Implantação a Gestão Plena de Sistema na Saúde.


Secretário Estadual do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul – 2003 até 2004

- Implantou em junho de 2003 o Sistema Integrado de Gestão Ambiental, o Siga-RS, seu maior projeto na área do meio ambiente.

A descentralização da gestão ambiental visa ao fortalecimento dessas ações governamentais em nível municipal, capacitando os órgãos locais de meio ambiente para a gestão do uso dos recursos naturais e para o controle das fontes poluidoras, exercício com poder de Polícia representado pela expedição de licenças ambientais aos empreendimentos e atividades considerados como de impacto local.

O principal objetivo do Siga-RS é a mobilização dos municípios que buscam a qualificação junto ao Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) para a realização do licenciamento de impacto local, mantendo uma Central de Atendimento que prestada orientações administrativas e jurídicas para a elaboração do processo tendente à verificação da qualificação à gestão ambiental. Atendidos os requisitos previstos em Resoluções do Consema para a qualificação, o processo é submetido ao Conselho Estadual do Meio Ambiente.


Prefeito Municipal de Santa Cruz do Sul – 2005 até 2008

Foi eleito prefeito de um dos maiores e mais prósperos municípios do Rio Grande do Sul, Santa Cruz do Sul, recebendo diversos reconhecimentos por sua administração, com destaque para o Prêmio Nacional de Municípios mais Dinâmicos do Brasil no ano de 2006. A pesquisa que resultou na premiação foi realizada para o Atlas do Mercado Brasileiro, da Gazeta Mercantil, em parceria com o Jornal do Brasil (RJ) e a Caixa Econômica Federal, apontando Santa Cruz do Sul como o município gaúcho que mais tinha crescido e que era o melhor para se investir no Estado. A cidade ficou em primeiro lugar no RS e entre as 30 melhores do Brasil. (jornal Gazeta do Sul, 8 e 9 de abril de 2006)

- Projetos mais relevantes:

- Implantou a Ceasa Regional, a exemplo da Ceasa estadual (Centrais de Abastecimento do RS), espaço para que os agricultores da região possam vender seus produtos para grandes mercados, restaurantes, fruteiras e público em geral, evitando viagens até a unidade de Porto Alegre para que se possa comprar em grandes quantidades, incentivando o trabalho e a renda locais.

- Construiu os diques de contenção no bairro Várzea, conhecida área alagadiça, onde com qualquer chuva a população sofria com a água. Depois da construção dos diques, as enchentes formam minimizadas de forma significativa.

- Meio Ambiente: Implantou projetos de drenagem e microdrenagem das águas pluviais, canalizando diversos arroios e sangas e dando mais vazão a sua águas, bem como o colhimento dessas águas pelo sistema de esgoto pluvial.

- Em sua gestão, foi doado um terreno para a construção do Complexo Agroindustrial e Profissionalizante São Francisco de Assis – Alimentos e Bioenergia do Vale do Rio Pardo. Nesse local, está sendo produzido biocombustível, com apoio da Petrobrás, gerando mais renda para o agricultor que pode vender parte de sua produção de oleaginosas para a cooperativa.

- Iniciou discussão sobre a implantação do Pronto Socorro Regional, inclusive deixando projeto pronto e terreno disponibilizado para a implantação do mesmo.

- Implantou o Samu no município.

- Criou a CASA, Centro de Atendimento à Saúde, uma central de médicos especialistas, centralizando todos os atendimentos de pequena complexidade e exames em um só lugar, facilitando a vida das pessoas que não precisam mais buscar essa prestação de serviço em unidades de saúde diferentes. Fortaleceu os postos de saúde dos bairros e do interior do município e melhorou as equipes do Programa de Saúde da Família (PSF).

- Descentralizou o atendimento odontológico, levando à saúde bucal aos bairros de Santa Cruz do Sul e por meio do ônibus da saúde que percorre o Interior.

- Criou a Sala do Empreendedor, setor responsável por orientar novos empreendedores e por buscar empresas para o município, trazendo uma melhoria significativa na taxa de emprego e na economia local. Grandes exemplos de empresas que utilizaram essa iniciativa foram a Germani Alimentos, a Conecta e a BrásFumo que, juntas, geraram em torno de mil empregos diretos. Na sua gestão não deixou de colaborar com as firmas já fixadas no município nas mais diversas formas previstas na lei de incentivo.

- Institui a eleição direta para o cargo de Secretário Municipal de Educação, respeitando a categoria dos professores municipais e o princípio da democracia.

- Ampliou o número de EMEIs (Escolas Municipais de Educação Infantil) e EMEFs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental), fortalecendo o sistema de educação no município.

- Implantou junto com a Caixa Econômica Federal o Programa de Arrendamento Residencial (PAR) Santa Cecília, diminuindo o déficit habitacional de Santa Cruz do Sul. Ainda nessa área construiu mais de 200 casas principalmente nos bairros Harmonia, Eucaliptos, Pedreira, Beckencampf, entre outras localidades.

- Aumentou em mais de 60 km as redes hídricas no interior.

- Criou praças e melhorou as já existentes, trazendo mais verde para a população e melhorando a qualidade de vida em geral.


Chefe da Casa Civil do Governo do RS

Chefe da Casa Civil do Governo do Rio Grande do Sul – Junho de 2008 até Outubro de 2009 Atendendo a solicitação da então governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), Wenzel assumiu a Casa Civil em 19 de junho de 2008, em meio a uma das mais graves crises política do Estado gaúcho. Por ter bom trânsito entre os deputados estaduais e conhecido por sua capacidade de diálogo e pela sua proximidade com o Governo e suas ações, Wenzel aceitou o convite pensando no bem maior do Estado: “Se o nosso Rio Grande do Sul estiver bem, todos os municípios estarão bem, inclusive Santa Cruz do Sul e região, terra que me a acolheu.”


Secretário Extraordinário de Relações Institucionais

Tendo demonstrado sua capacidade de diálogo na Casa Civil, por conhecer a realidade das prefeituras do Estado, por já ter sido prefeito e por sua capacidade na gestão e execução de projetos, foi chamado para uma nova missão: ficar à frente da secretaria que faz a relação entre Estado e municípios. Mais uma vez aceitou e vem à frente desse importante órgão do governo, conduzindo essas relações com diplomacia, presteza e competência.


COP 15 - Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2009

Participou da Conferência durante uma semana, representando o governo do estado e trazendo junto com o secretário do meio ambiente. Teve a oportunidade de compartilhar experiências na área ambiental. Trazendo de lá diversas ideias de desenvolvimento sustentável.


A COP 15

A Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2009, também chamada Conferência de Copenhague ou Cimeira de Copenhaga (oficialmente United Nations Climate Change Conference ou COP15) foi realizada entre os dias 7 e 18 de dezembro de 2009, em Copenhague, Dinamarca. Esta cimeira, organizada pelas Nações Unidas, reuniu os líderes mundiais para discutir como reagir às mudanças climáticas (aquecimento global) actuais. Foi a 15ª conferência realizada pela UNCCC (Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima).

A conferência foi precedida por um congresso científico organizado pela Universidade de Copenhaga intitulado Climate Change: Global Risks, Challenges and Decisions, realizado em Março de 2009. Cento e noventa e duas nações foram representadas na conferência, tornando-a na maior conferência da ONU sobre mudanças climáticas.


Na Web

José Alberto Wenzel, que sempre esteve ligado à preservação do meio ambiente, lançou recentemente um Blog, o Esfera Ambiental [1], onde trata de forma ampla e democrática os mais diversos assuntos relativos ao respeito à natureza em seus mais diferentes enfoques. No blogue é possível acompanhar artigos de sua autoria, informações sobre meio ambiente, o dia a dia dos assuntos importantes e relativos aos setores e informações sobre cada município do RS na seção Município Verde. Também mantém o www.blogdowenzel.blogspot.com [2], onde o tema predominante sua vida pessoal e a política.


Publicações

José Alberto Wenzel dentro diversos artigos já publicados em periódicos e revistas, e ainda em eventos e congressos, Wenzel já lançou dois livros. Uma outra publicação esta em fase de finalização e deve ser lançado em março de 2010. Um terceiro já está sendo produzido e deverá ser publicado em meados de 2011.

Livros já lançados:

- 2005, Ecologia Real ou Utopia Ambiental – Inclusão Criacional - Além do Desenvolvimento Sustentado – Editora IPR (Instituto Padre Reus). Nesse livro o geólogo e ambientalista José Alberto Wenzel volta um olhar inquietante, por vezes incomodo, sobre a conflituosa relação entre homem e a natureza.

- 2007, Migalha Inteira – Editora IPR (Instituto Padre Reus). Nessa publicação, o autor mergulha na questão da perturbação e angústia da existência humana, especialmente através da figura feminina.

- 2010, Pampa Verde - Livraria e Editora Padre Réus. O autor nos trás a questão ecológica, suas implicações sociais, a dimensão econômica que perpassa povos e nações, o jogo de forças e de poder que subjaz a esta questão.

- 2010, Asas Douradas - Editora IPR (Instituto Padre Reus). Wenzel trás a tona histórias de amor e assuntos polêmicos, tudo isso em uma trama empolgante e envolvente que por vezes toma características de uma critica social carregada de esperança[3][4][4][5][6][7][8][9]

Referências

  1. http://esferaambiental.blogspot.com/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. http://blogdowenzel.blogspot.com  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. Site do Jornal gazeta do Sul
  4. a b Site do Jornal Gazeta do Sul
  5. Site do Instituto Padre Reus
  6. Blog da JPSDB RS
  7. Site do Governo do Estado do RS
  8. «Blog Esfera Ambiental» 
  9. «Blog da JPSDB RS»