José Crispim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Crispim
Nascimento 25 de maio de 1911 (107 anos)
São Miguel do Guamá
Cidadania Brasil
Ocupação político

José Maria Crispim (São Miguel do Guamá, 25 de maio de 1911 — ?) foi um político brasileiro. Exerceu o mandato de deputado federal constituinte por São Paulo em 1946, recebendo, na época, o maior número de votos da capital paulistana.[1] Foi sargento do Exército, mas foi preso em 1935 por ser simpatizante do Partido Comunista Brasileiro (PCB), ilegal na época. Durante o período do Estado Novo, militou pela reestruturação do partido, estando principalmente junto aos ferroviários do interior do estado.

No período da ditadura militar, foi obrigado a buscar asilo político no exterior, passando por diversos países até, finalmente, estabelecer-se na Itália. Com o mandato cassado pelo AI-2, sua atuação foi exercida a partir da filiação à Ação Libertadora Nacional (ALN), organização criada por Carlos Marighella para resistência de exilados políticos brasileiros.

Voltou ao Brasil em 1979, depois da aprovação da Lei de Anistia, e filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Referências

  1. «José Maria Crispim - CPDOC». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 26 de outubro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.