José Luís Azcona Hermoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José Luís Azcona Hermoso, OAR
Bispo da Igreja Católica
Prelazia de Marajó

Título

Bispo Emérito Prelado de Marajó
Hierarquia
Papa Francisco
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 21 de dezembro de 1963
Arquibasílica de São João de Latrão
por Dom Giovanni Canestri
Ordenação episcopal 5 de abril de 1987
Belém (Pará)
por Dom Alberto Gaudêncio Ramos
Lema episcopal IN NOMINE DOMINI
em nome do Senhor
Dados pessoais
Nascimento EspanhaPamplona, 28 de março de 1940 (77 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom José Luís Azcona Hermoso, OAR, (Pamplona, 28 de março de 1940) é um religioso missionário da Ordem dos Agostinianos Recoletos, bispo católico, bispo emérito prelado do Marajó, no estado do Pará.

Filho de Martin Azcona e Esperança Hermoso, sua vocação religiosa manifestou-se desde cedo. Foi para o Seminário Menor aos dez anos de idade na cidade de São Sebastião (Espanha). Professou os votos simples em 1958 e os votos solenes em 1961. Foi ordenado sacerdote por Dom Giovanni Canestri, na Basílica de São João de Latrão, em Roma, em pleno Concílio Vaticano II. Em 1964 concluiu a teologia e cursou o doutorado em teologia moral no Instituto Alfonsiano dos padres redentoristas em Roma.

Atividades antes do episcopado[editar | editar código-fonte]

Trabalhou na Alemanha entre 1966 e 1970 como capelão de imigrantes espanhóis. Por duas vezes foi provincial da Congregação. A seguir, trabalhou na Espanha, Alemanha e Colômbia, até chegar ao Brasil em 1985.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Foi nomeado bispo em 25/02/1987 por João Paulo II. A sagração episcopal ocorreu em 5/04/1987 por D. Alberto Gaudêncio Ramos, em Belém (Pará). Desde 12 de abril daquele ano permanece em Soure, na Ilha de Marajó.

Lema: "In nomine Domini" (Em nome do Senhor).

Atividades durante o episcopado[editar | editar código-fonte]

Em sua atuação pastoral vem denunciando a situação miserável em que vive a população do arquipélago, a devastação ambiental e a pesca predatória na região. Além disto, denunciou também a prostituição infantil e o tráfico de mulheres da Prelazia para a Guiana Francesa e para a Europa. Por estas denúncias vem sendo ameaçado de morte.

Sucessões[editar | editar código-fonte]

Dom José Luís foi o 3º Bispo do Prelado de Marajó, sucedeu a Dom Alquilio Álvarez Díez. Desde 1 de junho de 2016 foi sucedido por Dom Evaristo Pascoal Spengler, tornando-se Bispo Emérito desta circuncisão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]