José Madeira de Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
José Madeira de Freitas
Pseudónimo(s) Mendes Fradique
Nascimento 03 de abril de 1893
Alfredo Chaves, Espírito Santo, Brasil
Morte 6 de abril de 1944
Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Caricaturista, escritor

José Madeira de Freitas (Alfredo Chaves, Espírito Santo, Brasil, 3 de abril de 1893 - 6 de abril de 1944, Rio de Janeiro) foi um desenhista, caricaturista, médico, escritor e pintor brasileiro.[1]

Publicou várias de suas obras com o pseudônimo de Mendes Fradique.

A Prefeitura Municipal de Vitória deu, em homenagem a ele, seu nome a uma rua do bairro de [[Praia do Canto]

Algumas obras publicadas[1][editar | editar código-fonte]

  • Feira Livre - antologia das letras nacionais pelo método confuso (1923)
  • Contos do vigário (1924)
  • Dr. Woronofff, romance (1925)
  • A lógica do absurdo (1926)
  • No século da cocaína (1927)
  • Idéias em zig-zag (1927)
  • História do Brasil pelo método confuso (1927)
  • Gramática pelo método confuso (1928)
  • O bom senso da loucura (1928)
  • Pantominas (1928)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.