José Medeiros Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José Medeiros Ferreira
José Medeiros Ferreira
Ministro(a) de Portugal Portugal
Período I Governo Constitucional
  • Ministro dos Negócios Estrangeiros
Antecessor(a) -
Sucessor(a) Mário Soares
Vida
Nascimento 1942
Ponta Delgada, Açores
Morte 18 de março de 2014 (72 anos)
Lisboa, Portugal
Dados pessoais
Partido PS (1974–1979), Reformadores (1979 – 1985), PRD (1985– ?), PS (? - )
Profissão Professor

José Manuel de Medeiros Ferreira GCIHGCL (Ponta Delgada[Nota 1], 1942Lisboa, 18 de março de 2014) foi um professor universitário, e político português, tendo feito parte do primeiro Governo Constitucional de Portugal, em 1976.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciou-se em História, pela Universidade de Genebra, em 1972, e doutorou-se em História Institucional e Política, pela Universidade Nova de Lisboa, em 1991. Dedicou a sua vida profissional ao ensino universitário, que conciliou com uma ativa colaboração nos meios de comunicação social. Foi assistente na Faculdade de Ciências Económicas e Sociais da Universidade de Genebra (1972–1974) e assistente convidado da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (1981–1991), onde passou a professor auxiliar (1991–1999). Foi professor associado da mesma faculdade (desde 1999). Foi membro do Instituto de História Contemporânea e presidiu ao Conselho Geral da Universidade Aberta (desde 2009). Foi autor de várias obras no domínio das Relações Internacionais, cronista no Diário de Notícias, blogger no Bichos Carpinteiros e comentador desportivo da Antena 1, onde representava o Benfica no programa Grandes Adeptos.

Medeiros Ferreira foi eleito deputado à Assembleia Constituinte (1975) e chamado a exercer o cargo de Ministro dos Negócios Estrangeiros do I Governo Constitucional (1976–1978), chefiado por Mário Soares.

Conotado com a ala direita ou reformista do Partido Socialista, formaria com António Barreto e Francisco Sousa Tavares, o Movimento Reformador ou Movimento dos Reformadores, em 1978. Este movimento viria, em 1979, a juntar-se à Aliança Democrática, coligação chefiada por Francisco Sá Carneiro, que incluía, além do PSD de Sá Carneiro, o CDS de Diogo Freitas do Amaral e o PPM de Gonçalo Ribeiro Telles; embora nenhum dos reformadores tenham feito parte dos governos da AD. Mais tarde, Medeiros Ferreira retirava o seu apoio à AD, até que, em 1985, o movimento terminou a sua existência. Em 1985 Medeiros Ferreira está com o general António Ramalho Eanes na criação do Partido Renovador Democrático, formação que, ao apresentar-se a votos nas eleições legislativas de 1985, provocará um grande abalo no resultado eleitoral do PS. Medeiros Ferreira voltaria depois ao PS.

A 13 de Julho de 1981 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.[1]

Um dos relatórios vazados no site wikileaks reporta a participação de Medeiros Ferreira na reunião do "Bilderberg Group" realizada em Aachen na Alemanha, a 18, 19, e 20 de Abril de 1980.[2]

A 9 de Junho de 1998 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.[1] Foi comentador no programa Prova dos 9 da TVI24 e em diversos programas da SIC Notícias.

Morreu a 18 de março de 2014, aos 72 anos.[3]

Funções governamentais exercidas[editar | editar código-fonte]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Ensaio histórico sobre a Revolução do 25 de Abril - o período pré-constitucional (1983)

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. O nascimento ocorreu na ilha da Madeira, tendo sido transportado para os Açores, onde foi registado.

Referências

  1. a b «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "José Manuel de Medeiros Ferreira". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 2015-02-12 
  2. «Reunião do Grupo Bildeberg de 1980». Wikileaks.org. Consultado em 11 de maio de 2009 
  3. Morreu Medeiros Ferreira, o lúcido e irónico "senhor Europa", Público, 18/03/2014.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
-
Ministro dos Negócios Estrangeiros
I Governo Constitucional
Sucedido por
Mário Soares
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.