José Raimundo da Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José Raimundo da Costa
S.D.N.
Presbítero da Igreja Católica
Superior Geral da Congregação dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento
Padre José Raimundo da Costa, SDN, 12º sucessor de Padre Júlio Maria de Lombaerde
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Congregação Congregação dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento
Eleição 19 de outubro de 2017
Entrada Solene 12 de janeiro de 2018
Predecessor Padre Aureliano de Moura Lima, SDN
Ordenação e Nomeação
Ordenação Diaconal 6 de Julho de 1985
Igreja Matriz Nossa Senhora da Glória, em Espera Feliz-MG
por Dom Hélio Gonçalves Heleno
Ordenação Presbiteral 21 de Dezembro de 1985
Igreja Matriz Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação, em Andrelândia-MG
por Dom Antônio Affonso de Miranda, SDN
Brasão Presbiteral
Template-Vicar Forane, Dean - Prior.svg
Dados Pessoais
Nascimento Brasil Serranos-MG
14 de maio de 1958 (59 anos)
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Filiação Pai: Jorge Alves da Costa Mãe:Regina Nogueira da Costa
Habilitação Acadêmica
Funções Exercidas
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

José Raimundo da Costa, SDN (Serranos, 14 de Maio de 1958), mais conhecido como Padre Mundinho, é um padre sacramentino e jornalista brasileiro. É o atual Superior Geral da Congregação dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, eleito no Capítulo Geral Ordinário Eletivo de 2017 para o quadriênio 2018 - 2021.[1][2][3]

História[editar | editar código-fonte]

Nascido em 14 de Maio de 1958, na cidade de Serranos, que fica na Região Sul de Minas, teve sua infância na cidade de Andrelândia, na mesma região. Filho de Jorge Alves da Costa e Regina Nogueira da Costa, possui dois irmãos (sendo 1 casal).[4]

Recebeu o sacramento do Batismo em 18 de Maio de 1958 na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Serranos-MG pelo Padre Geraldo Junqueira. Crismado no dia 6 de Setembro de 1964 na mesma cidade, sob as mãos de Dom Othon Motta, então Bispo Diocesano de Campanha-MG, sendo a 1ª Eucaristia também na mesma igreja e cidade.[4]

Vida Religiosa[editar | editar código-fonte]

Entrou para o seminário da Congregação dos Sacramentinos de Nossa Senhora, na cidade de Manhumirim-MG, dia 22 de setembro de 1976. Começou o noviciado dia 12 de Janeiro de 1977 no Seminário São Rafael, em Dores do Indaiá-MG. Foi ordenado Diácono em 6 de agosto de 1985, por Dom Hélio Gonçalves Heleno, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Glória, em Espera Feliz-MG.[4]

Por fim, foi ordenado Presbítero no dia 21 de dezembro do mesmo ano, por Dom Antônio Afonso de Miranda, na Igreja Matriz Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação, em Andrelândia-MG.[4]

Padre Mundinho é muito conhecido dentro da Congregação, seja pelo seu grande conhecimento dogmático-canônico, seja pelos seus trabalhos na comunidade.

Funções e Cargos[editar | editar código-fonte]

Durante sua vida religiosa, Padre José Raimundo da Costa exerceu diversas funções e executou diversos cargos[4].

  • Formador na Casa de Formação Frater Élcio Gorini (Teologia): De 1996 a 2002.

Ligação com Bom Despacho[editar | editar código-fonte]

Padre José Raimundo da Costa, SDN ao chegar em Bom Despacho para ser Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho, depois de 4 anos de paroquiado de Padre Antônio Otaviano da Costa Franco, SDN, recém transferido da Editora o Lutador, encontrou, no começo, certa dificuldade de adaptação e resistência dos paroquianos. Contudo, aos poucos, foi criando sua filosofia de trabalho e a colocando em prática.

Na paróquia, começou seu trabalho de dentro para fora: colocando as despesas paroquiais em dia, ações e preparações para os sacerdotes locais, cursos preparatórios para os membros de pastorais (Catequese, Dízimo, Ministros da Comunhão, Acólitos e outros), além de atividades com os interessados em fazer parte do corpo da paróquia. Externamente, criou novas comunidades, além de apoiar as existentes. Foi apoiador do desmembramento do Setor Rosário, que pertencia a Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho, onde, fundindo-se com outros desmembramentos de outras paróquias de Bom Despacho, criou-se a Paróquia Nossa Senhora do Rosário, onde é muito respeitado. Na Festa do Reinado, fazia questão de dançar com os cortes e celebrar a famosa Santa Missa Conga. Na morte de sua mãe, Dona Regina, os paroquianos da Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho o aconchegou no momento de luto.

Nos últimos dias locais, trabalhou ardentemente para fechar as contas da paróquia e consegui-la colocar no azul, fato este que foi característico de sua gestão. Padre Mundinho fora transferido para a Paróquia Bom Pastor, de Manhuaçu-MG. Sua Missa de Envio fora celebrada na Igreja Matriz Nossa Senhora do Bom Despacho em 2 de janeiro de 2017 e co-celebrada por diversos padres da Diocese de Luz.

Sua posse como Pároco na Paróquia Bom Pastor, de Manhuaçu-MG, foi dia 8 de Janeiro do mesmo ano. Muito bem acolhido pelos paroquianos locais, caravanas da Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho foram até Manhuaçu empossar Padre Mundinho. Um momento marcante da Santa Missa foi a hora que os paroquianos de Bom Despacho estenderam uma faixa com os seguintes dizeres "Nossa Senhora do Bom Despacho, a Senhora da Luz, entrega a ti, ó Bom Pastor, seu filho, Padre Mundinho ". O sacerdote não segurou as lágrimas.

Eleição a Superior Geral[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de Outubro de 2017, durante o XV Capítulo Geral Ordinário Eletivo dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, ocorreu a eleição do novo Superior Geral da Congregação. Padre José Raimundo, SDN, depois do reconhecimento do trabalho feito na Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho, era o favorito para a eleição (que não tem candidato prévio, todos podem votar e ser votados). O Capítulo Geral de 2017 foi assessorado por Dom Vicente de Paula Ferreira, CSsR, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte.[5]

Confirmando o favoritismo, Padre José Raimundo da Costa, SDN foi eleito o novo Superior Geral da Congregação dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora, tendo por conselheiros[3][6]: Padre Marcos Antônio Alencar Duarte, SDN (1º Conselheiro e Vigário Geral); Padre Izaías Júnior de Andrade, SDN (2º Conselheiro); Padre Luís Carlos Ramos, SDN (3º Conselheiro) e Padre Carlos Roberto Altoé, SDN (4º Conselheiro).

Ver Também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Padre Aureliano de Moura Lima, SDN
Brasão Presbiteral
Diretor Geral da Editora O Lutador

2003 - 2010
Sucedido por
Padre Márcio Antônio Pacheco, SDN
Precedido por
Padre Antônio Otaviano da Costa Franco, SDN
Brasão Presbiteral
Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Bom Despacho

28 de fevereiro de 2010 - 8 de janeiro de 2017
Sucedido por
Padre Márcio Antônio Pacheco, SDN
Precedido por
Padre Antônio Otaviano da Costa Franco, SDN
Brasão Presbiteral
Presidente da Fundação Bom Despacho

28 de fevereiro de 2010 - 8 de janeiro de 2017
Sucedido por
Padre Márcio Antônio Pacheco, SDN
Precedido por
Padre Carlos André Teodoísio, SDN
Brasão Presbiteral
Pároco da Paróquia Bom Pastor

8 de janeiro de 2017 - 12 de janeiro de 2018
Sucedido por
Padre Heleno Raimundo da Silva, SDN
Precedido por
Padre Aureliano de Moura Lima, SDN
Brasão Presbiteral
Superior Geral da Congregação dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento

12 de janeiro de 2018 - atualidade
Sucedido por
'

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Governo Geral (em português) Sacramentinos.org.br
  2. «Pe. José Raimundo é eleito o superior geral da Congregação dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora». Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  3. a b «Padre Mundinho é eleito o superior dos Missionários Sacramentinos». Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  4. a b c d e «Adeus ao vigário de Bom Despacho, Padre Mundinho». Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  5. Governo Geral (em português) Sacramentinos.org.br
  6. Governo Geral (em português) Sacramentinos.org.br