Josep Sunyol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Suñol (castelhano)
Josep Sunyol (catalão)
Nome completo Josep Sunyol i Garriga
Nascimento 21 de julho de 1898
Barcelona, Catalunha
Morte 6 de agosto de 1936
Serra de Guadarrama
Nacionalidade Espanha espanhola
Cidadania Flag of Catalonia.svg catalã
Ocupação político
Cargo 22º Presidente do FC Barcelona
Causa da morte fuzilamento

Josep Sunyol i Garriga, por vezes grafado da maneira castelhana José Suñol i Garriga[1] (Barcelona, 21 de julho de 1898 - Serra de Guadarrama, 6 de agosto de 1936), foi um político espanhol, de ideologia nacionalista catalã e presidente do Fútbol Club Barcelona.

Membro da Esquerda Republicana da Catalunha, disputou lugar nas Cortes Espanholas durante todas as legislaturas (eleito em 1931, 1933 e 1936). Em 1935 elegeu-se presidente do Fútbol Club Barcelona. No ano de 1933, havia sido eleito à presidência do Real Clube de Automobilismo da Catalunha, cargo que exerceu até novembro de 1934. Em agosto de 1936, em virtude de suas atividades políticas, visitava a frente de Serra de Guadarrama quando o motorista errou o caminho, vindo a parar em uma zona controlada por tropas franquistas. Reconhecido, foi preso e fuzilado sem julgamento pelos insurgentes, junto a dois companheiros seus, o jornalista Ventura Virgili e um oficial.

Entre 16 de novembro de 1937 e 17 de janeiro de 1939, a junta governamental blaugrana decidiu por considerá-lo presidente 'ausente'.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre catalães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.