Joseph Berchtold

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Joseph Berchtold
Nascimento 6 de março de 1897
Ingolstadt
Morte 23 de agosto de 1962
Herrsching
Cidadania Alemanha
Ocupação político
Prêmios
Lealdade Alemanha Nazista

Joseph Berchtold (Ingolstadt, 6 de março de 1897Herrsching am Ammersee, 23 de agosto de 1962) sucedeu Julius Schreck como Reichsführer SS em 1926.[1]

Berchtold serviu na Primeira Guerra Mundial e após a derrota da Alemanha juntou-se ao Partido dos Trabalhadores Alemães (DAP), uma pequena organização extremista na época. Ele permaneceu no partido depois que ele se tornou conhecido como Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (Partido Nazista; NSDAP) e se tornou o segundo comandante do Schutzstaffel (SS) de abril de 1926 a março de 1927. Deixou o cargo em 1927 e foi substituído por Erhard Heiden.

Depois de renunciar ao cargo de líder da SS, Berchtold passou a maior parte do tempo escrevendo para revistas e jornais nazistas. Ele sobreviveu à guerra, mas foi preso pelos Aliados. Berchtold foi libertado mais tarde e morreu em 1962. Ele foi a última pessoa sobrevivente a ocupar o posto de Reichsführer-SS e o único a sobreviver à Segunda Guerra Mundial.

Referências

  1. Hamilton, Charles (1984). Leaders & Personalities of the Third Reich, Vol. 1. [S.l.]: R. James Bender Publishing. ISBN 0-912138-27-0