Josip Kuže

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Josip Kuže
Informações pessoais
Nome completo Josip Kuže
Data de nasc. 13 de novembro de 1952
Local de nasc. Vranje, Iugoslávia
Falecido em 16 de junho de 2013 (60 anos)
Local da morte Zagreb,  Croácia
Informações profissionais
Posição Defensor
Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1971–1981 Jugoslávia Dinamo Zagreb 384 (14)
Times/Equipas que treinou
1982–1984
1985–1986
1986–1988
1988–1989
1989–1990
1991–1992
1992–1994
1996–1997
1998–1999
2000
2003–2004
2005–2006
2007
2007
2007–2008
2008
2009–2011
2012
Austrália Sydney Croatia
Jugoslávia Slavonski BSK Brod
Jugoslávia Dinamo Zagreb (Juniores)
Jugoslávia Borac Banja Luka
Jugoslávia Dinamo Zagreb
Alemanha Rot-Weiss Erfurt
Alemanha Mainz 05
Japão Gamba Osaka
Croácia Zagreb
Alemanha Chemnitzer
Croácia NK Inter Zaprešić
Croácia Dinamo Zagreb
Croácia NK Rijeka
Croácia Varaždin
Flag of Rwanda.svg Ruanda
Japão JEF Chiba
Flag of Albania.svg Albânia
China Tianjin Teda

Josip Kuže (Vranje, 13 de novembro de 1952Zagreb, 16 de junho de 2013) foi um jogador e treinador de futebol croata. Jogou apenas pelo Dinamo Zagreb entre 1971 e 1981, fazendo um total de 384 partidas, marcando 14 gols. Depois da aposentadoria, iniciou sua carreira de treinador em 1982, tendo passado 2 vezes por seu clube do coração, sendo campeão croata em 2005-06 e levando a equipe aos playoffs da Liga dos Campeões da UEFA, contra o Arsenal da Inglaterra (saiu derrotado por 3 a 0 em Zagreb e por 2 a 1 em Londres). Seu último clube foi o Tianjin Teda da China em 2012.

Carreira de jogador[editar | editar código-fonte]

Kuže jogou toda sua carreira pelo Dinamo Zagreb, onde atuou por uma década. Durante seus anos jogando com o Dínamo, ele jogou um total de 384 partidas entre 1971 e 1981, marcando 14 gols. Durante sua carreira ele jogou ao lado de grandes jogadores da Iugoslávia como Zlatko Kranjčar, Snješko Cerin, Srećko Bogdan, Velimir Zajec, Ivica Senzen, Marko Mlinaric, Ismet Hadžić, Boro Cvetković e Stjepan Deverić. Apesar de agora morto, continua sendo um dos grandes ídolos da torcida.

Carreira de treinador[editar | editar código-fonte]

Depois que sua carreira de jogador se encerrou, ele começou a trabalhar como treinador do Sydney Croatia (1982-1984). Treinou ainda Slavonski Brod (1985-1986), Dinamo Zagreb (1986-1988) e Borac Banja Luka (1988-1989) antes de ser treinador novamente do Dynamo Zagreb, em (1989-1991). Em 1991 ele foi para a Alemanha, para treinar o Rot-Weiss Erfurt (1991-1992) e posteriormente aceitou a oferta do Mainz 05, onde permaneceu até 1994. De 1995 á 1998 ele treinou o time japonês do Gamba Osaka, Kuze voltou a Croácia para treinar o NK Zagreb (1998-1999) e treinou por um período curto o Chemnitz em 2000, depois foi treinar novamente o Gamba Osaka (2000-2002). Ele então passou a treinar o Inter Zapresic (2003-2004) e em 2005 novamente ele foi treinar o Dinamo Zagreb. Em 2007 ele foi treinar o Rijeka, o Varteks e a Seleção de Futebol de Ruanda; em 2008 ele treinou o JEF United Chiba do Japão[1], mas, após um começo horrível do clube na liga, com 2 empates e 9 derrotas em 11 jogos, acabou sendo demitido, durando apenas 4 meses no cargo. Em 2009 ele foi anunciado como treinador da Seleção Albanesa de Futebol, sendo considerado o maior treinador da história da seleção, por conseguir resultados improváveis (como um empate com a Dinamarca); em 2010, Kuže sofreu um derrame cerebral, e ficou internado em Tirana; apesar disto, ele comandou a seleção da cama do hospital durante um jogo; em 2011, deixou o cargo. Em 2012, foi anunciado como treinador do Tianjin Teda da China[2], e durou apenas 5 meses, sendo demitido em seguida; este foi seu último clube na carreira, aposentando-se em seguida.

Morte[editar | editar código-fonte]

Kuže faleceu aos 60 anos de idade, em Zagreb, após lutar contra uma leucemia por alguns meses[3].[4][5].

Referências