Jozef Gabcik

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jozef GabčíkCombatente Militar
Nascimento 8 de abril de 1912
Rajecké Teplice, Eslováquia
Morte 18 de junho de 1942 (30 anos)
Catedral de Ss. Cyril e Methodius
Serviço militar
Serviço Governo Checoslovaco em exílio
País  República Checa
 Reino Unido
Anos de serviço 1939-1942
Patente Rittmeister
Unidades Special Operations Executive
Conflitos Segunda Guerra Mundial
Operação Anthropoid
Janela baleada da Igreja de São Cirilo e São Metódio em Praga onde Jozef Gabčík e seus companheiros foram encurralados.

Jozef Gabčík (8 de abril de 1912, Poluvisie, atual Rajecké Teplice, na Eslováquia - 18 de junho de 1942, Praga) foi um soldado checoslovaco que compôs juntamente com Jan Kubiš a Operação Antropóide, uma operação para assassinar o líder das SS, Reinhard Heydrich, um dos homens mais importantes da Alemanha nazi e mentor da Solução final.[1]

Operação Antropóide[editar | editar código-fonte]

Gabčík era um paramilitar eslovaco de classe "rotsmistr" (aproximadamente sargento), sua relevância histórica deve-se a sua participação na Operação Antropóide, que foi uma operação militar organizada pelo governo exilado da Checoslováquia em colaboração com a Grã-Bretanha. No final de 1941, Gabčík e Jan Kubiš saíram da Inglaterra e entraram clandestinamente no Protetorado da Boêmia e Morávia (região da ex-Checoslováquia, agora controlada pelos nazis). O objetivo de Gabčík e Kubiš era assassinar Reinhard Heydrich, um dos mais altos funcionários nazistas, Protetor da Boêmia e conhecido como "o açougueiro de Praga".

Em 27 de maio de 1942, Gabčík e Kubiš emboscaram o Mercedes de Heydrich que trafegava sem escolta e com a capota aberta, Gabčík apontou sua metralhadora Sten para o alvo, porém, a metralhadora travou antes que Gabčík pudesse disparar um único tiro. Foi então que entrou em cena Jan Kubiš, que lançou uma granada no carro de Heydrich, porém a granada não caiu tão próxima do alvo, mesmo com a explosão o líder nazista e seu motorista saíram do Mercedes caminhando e atirando. Gabčík e Kubiš conseguiram fugir e se refugiar, mas parecia que a missão havia fracassado, pois tudo indicava que Heydrich sobreviveria. Devido a uma infecção nos ferimentos, Heydrich morreu no hospital vários dias depois[2].

Desdobramentos da Antropóide[editar | editar código-fonte]

Os oficiais nazistas do Protetorado da Boêmia iniciaram verdadeira caçada aos dois homens, no qual, muitas pessoas foram mortas pelos nazis. Para vingar a morte de Heydrich , os nazistas chegaram a massacrar uma aldeia inteira chamada Lídice. Esse fato foi crucial para que a comunidade internacional passasse a condenar os crimes de guerra nazistas, pois até então, o Holocausto era um rumor e a Solução Final ainda era desconhecida por todos fora da cúpula nazista. No entanto, com Lídice, os próprios nazistas divulgaram o fato de terem varrido do mapa a aldeia de cerca de 5 mil habitantes[2].

A caçada Nazista por Gabčík e Kubiš deu resultado alguns dias depois, encontraram os dois soldados, juntos de alguns outros companheiros em uma igreja ortodoxa de Praga. No entanto, após uma batalha de seis horas em que os nazistas perderam 14 homens e 21 outros ficaram feridos, Gabčík e outros, com exceção de Kubiš, que tinha sido gravemente ferido por Granada, cometeu suicídio antes que fossem capturados pelos nazistas nas catacumbas da catedral [3] Kubiš murió poco después de llegar al hospital al que lo llevaron sus captores.<ref>McDonald, Callum: The Killing of Reinhard Heydrich: The SS “Butcher of Prague”. ISBN 0-306-80860-9</ref>

A aldeia de Gabčíkovo no sul da Eslováquia foi batizada com seu nome depois da guerra. Uma barragem próxima também recebeu seu nome (Gabčíkovo - Nagymaros). Jozef Gabčík também foi homenageado com a formação do5º regimento das forças especiais do Exército da Eslováquia, situado em Žilina.

Referências

  1. "Gabcik, Jozef - WW2". Página acessada em 11 de novembro de 2017.
  2. a b BINET, Laurent (2009). HHhH. [S.l.]: Companhia das Letras. 337 páginas 
  3. Ray R. Cowdery com Peter Vodenka Reinhard Heydrich:. Assassination. Vitória WW2 Publishing Ltd. (1994) Lakeville, MN, EUA

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]