Juan Antonio Escurra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Juan Antonio Escurra
Nascimento 6 de maio de 1859
Caraguatay
Morte 24 de agosto de 1929
Villa Hayes
Cidadania Paraguai
Ocupação político

Coronel Juan Antonio Escurra (Caraguatay, 1859 - Villa Hayes, Presidente Hayes, 1929) foi um militar e político paraguaio, foi presidente do país de 25 de novembro de 1902 a 19 de dezembro de 1904.[1]

Foi ministro da Guerra e da Marinha no governo de Emilio Aceval, entrou em confronto com o presidente e iniciou um golpe de estado, com o apoio dos generais Bernardino Caballero e Patricio Escobar. Eleito presidente constitucional, durante sua gestão ocorreu uma forte guerra civil, que terminaria somente após a intervenção da Argentina e do Brasil, com a substituição de Escurra por Juan Bautista Gaona, ministro da Economia.[1]

Referências

  1. a b Nohlen, Dieter; Nohlen, Professor of Political Science Dieter (2005). Elections in the Americas: A Data Handbook: Volume 2 South America (em inglês). 2. Oxford: OUP Oxford. pp. 438–439. ISBN 9780199283583 


Precedido por
Andrés Héctor Carvallo Acosta
Presidente do Paraguai
1902 - 1904
Sucedido por
Juan Bautista Gaona
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.