Juan Diego Flórez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juan Diego Flórez
Juan Diego Flórez (2010)
Informação geral
Nascimento 13 de janeiro de 1973 (45 anos)
Local de nascimento Lima, Peru
Origem Lima
País Peru
Gênero(s) Ópera
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Tenor leggero


Juan Diego Flórez Salom (13 de Janeiro de 1973) é um tenor peruano, particularmente associado com o bel canto, recebeu a Gran Cruz de la Orden del Sol del Perú.[1] Flórez é um tenor leggero, com agudos frequentes e com uma estrutua harmônica única. Sua capacidade é de duas oitavas alcançando um agudo). Para comprovar seu talento, Pavarotti em 2003 declarou, que se houvesse um sucessor a seu legado, este seria Flórez.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Juan Diego Flórez nasceu em Lima, Peru, no dia 13 de Janeiro de 1973, onde seu pai era guitarrista e cantor de uma banda de música popular e criola.

Inicialmente pensava em seguir uma carreira com música popular, ele entrou no Conservatório Nacional da Música em Lima aos dezessete anos de idade. Ele estudou voz clássica sob os ensinamentos de Andrés Santa María. Durante esse período, ele tornou-se membro do Coro Nacional do Peru e cantou como solista na Coronation Mass de Mozart e Petite Messe Solennelle de Rossini.

Estudou também no Instituto Cursti na Filadélfia de 1993 até 1996 e começou a cantar em produções estudantis de óperas com o repertório de hoje em dia: Rossini, bel canto e óperas de Bellini e Donizetti. Durante este período ele também estudou com Marilyn Horne na Academia de Música do Oeste em Santa Barbara. Em 1994 o tenor peruano Ernesto Palacio o convidou para gravar a ópera italiana Il Tutore Bulato de Vicente Martín Soler. Ele consequentemente se tornou o professor de Flórez.

1996 - Atualmente[editar | editar código-fonte]

A estréia profissional de Flórez aconteceu em 1996 no Festival Rossini na cidade italiana de Pesaro, lugar onde Rossini nasceu. Ao 23 anos ele substituiu Bruce Forde em Matilde di Shabran. Ele fez sua estréia no La Scala no mesmo ano como Chevalier na ópera Armide de Gluck. Sua estréia no Covent Garden aconteceu em 1997 onde ele cantou a estréia mundial de Elisabetta (uma versão reformulada da obra original de Donizetti). Estreou na Ópera Estatal de Viena em 199 como Count Almaviva em Il Barbiere di Siviglia, de Rossini e no Metropolitan Opera em 2002, novamente como Count Almaviva.

No dia 20 de Fevereiro de 2007, com La Fille du Régiment de Donizetti, Flórez quebou setenta e quatro anos de tradição de não encores quando ele cantou a reprise de "Ah! mes amis" com os nove Dos agudos, seguidos de uma prolongada ovação do público. Ele repitiu este feito no Metropolitan Opera House em Nova Iorque dia 21 de Abril de 2008, o primeiro cantor a fazer isso desde 1994.

Flórez é também atico em concertos na Europa, América do Norte e América do Sul. Algumas das casas onde ele se apresenta com recitais, Wigmore Hall em Londres, Théâtre des Champs-Elysées em Paris, Lincoln Center e Carnegie Hall em Nova Iorque, Palau de la Música em Barcelo, Teatro Segura em Lima e o Mozarteum em Salzburgo.

Ele assinou um contrato com Decca em 2001, e desde então já gravou seis CDs com a gravadora.

Flórez se casou com Julia Trappe em uma cerimônia civil privada no dia 23 de Abril de 2007 em Viena. Casaram-se no religioso na Basilica Cathedral em Lima dia 5 de Abril de 2008, estavam no casamento algumas celebridades, como o presidente do Peru, Alan García.

Prêmios e distinções[editar | editar código-fonte]

Juan Diego Flórez vem sendo reconhecido com muitos prêmios e distinções.

Em Maio de 2004 ele recebeu o Orden al Mérito Cultural de Lima do prefeito de Lima; a Orden al Mérito por Servicios Distinguidos en el Grado de Gran Cruz do, então presidente, Alejandro Toledo; e foi nomeado o Professor Honorário da Universidade San Martín de Porres.

No dia 4 de Julho de 2007 ele recebeu a maior honra de seu país: a Gran Cruz de la Orden El Sol de Perú do presidente Alan García.

Repertório[editar | editar código-fonte]

Bellini

Donizetti

Gluck

Lehár

Martín y Soler

  • Il tutore burlato - Anselmo (concert performance)

Meyerbeer

Mozart

Paisiello

  • Nina, o sia, la pazza per amore - Lindoro

Luis Prado

  • The Nightingale and the Rose - The student (student performance)

Puccini

Rossini

Rota

Strauss

Verdi

Discografia[editar | editar código-fonte]

Opera
  • Alahor in Granata, Donizetti. Conductor: Josep Pons, CD: Almaviva, 1999
  • Il barbiere di Siviglia, Rossini. Conductor: Ralf Weikert CD: Live performance (1997), Nightingale Classics, 2004
  • Il barbiere di Siviglia, Rossini. Conductor: Gianluigi Gelmetti, DVD & Blu-Ray: Live performance (2005), Decca, 2005
  • La Cenerentola, Rossini. Conductor: Carlo Rizzi, CD: Live performance (2000), Rossini Opera Festival & Fondazione Cassa di Risparmio di Pesaro, 2001
  • Le Comte Ory Rossini. Conductor: Jesus Lopez-Cobos, CD: Live performance (2003), Deutsche Grammophon, 2004
  • Don Pasquale, Donizetti. Conductor: Maurizio Benini, DVD: Live performance (2006), Decca, 2007
  • L'Etoile du Nord, Meyerbeer. Conductor: Wladimir Jurowski, CD: Marco Polo, 1997
  • Falstaff, Verdi. Conductor: Riccardo Muti, DVD: Live performance (2001), EuroArts, 2003
  • La fille du régiment, Donizetti. Conductor: Riccardo Frizza, DVD: Live performance (2005), Decca, 2006
  • La fille du régiment, Donizetti. Conductor: Bruno Campanella, DVD: Live performance (2007), Virgin Classics, 2008
  • Matilde di Shabran, Rossini. Conductor: Riccardo Frizza, CD: Live performance (2004), Decca, 2006
  • Mitridate, Mozart. Conductor: Christophe Rousset, CD: Decca, 1999
  • Nina o sia La pazza per amore, Paisiello. Conductor: Riccardo Muti, CD: Ricordi, 2000
  • Semiramide, Rossini. Conductor Marcello Panni, CD: Nightingale Classics, 2001
  • La Sonnambula, Bellini. Conductor: Alessandro de Marchi, CD: Decca (2008)
  • Il Tutore Burlato, Martin y Soler. Conductor: Miguel Harth-Bedoya, CD: Bongiovanni, 1995

Oratorio & Sacred Music

  • Cantatas Vol.2, Rossini. Conductor: Riccardo Chailly, CD: Decca, 2001
  • Messa Solenne, Verdi. Conductor: Riccardo Chailly, CD: Decca, 2000
  • Stabat Mater, Rossini. Conductor: Gianluigi Gelmetti, CD: Agora, 1998
  • Le Tre Ore dell'Agonia del Nostro Signore Gesu Cristo, Niccolo Zingarelli. Conductor: Pierangelo Pelucchi, CD: Agora, 1995
Recital
  • Canto al Peru (with Ernesto Palacio). Piano: Samuele Pala, CD: Bongiovanni, 1997
  • Rossiniana. Conductor: Manlio Benzi, CD: Agora, 1998
  • Vesselina Kasarova Arias & Duets. Conductor: Arthur Fagen, CD: RCA, 1999
  • Rossini Arias. Conductor: Riccardo Chailly, CD: Decca, 2002
  • Una Furtiva Lagrima, Bellini, Donizetti. Conductor: Riccardo Frizza, CD: Decca, 2003
  • Great Tenor Arias, Verdi, Gluck, Rossini. Conductor: Carlo Rizzi, CD: Decca, 2004
  • Sentimiento Latino, Spanish & Latin American songs. Conductor: Miguel Harth-Bedoya, CD: Decca, 2006
  • Arias for Rubini, Bellini, Donizetti, Rossini. Conductor: Roberto Abbado, CD: Decca 2007
  • Bel Canto Spectacular, Bellini & Donizetti arias & duets. Conductor: Daniel Oren, CD: Decca 2008

[2] [3][4][5][6] [7][8][9][10] [11][12][13] [14] [15]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "'Tenor Juan Diego Flórez es ejemplo para la juventud y expresión del orgullo peruano', afirma Jefe de Estado Presidencia de la República del Perú", Presidencia de la República del Perú Nota de Prensa Nº 581, 4 June 2007.
  2. 'Cantaba huaynos, rock y temas de Elvis', Ojo, 5 June 2006
  3. Owen, Richard (22 de fevereiro de 2007). «Pavarotti's heir breaks rules with encore on the high C's». The Times 
  4. Wakin, Daniel J. (23 de abril de 2008). «Ban on Solo Encores at the Met. Ban? What Ban?». The New York Times. Consultado em 23 de abril de 2008 
  5. «Show-Stopping Aria Encored at the Met». All Things Considered. National Public Radio. 23 de abril de 2008. Consultado em 24 de abril de 2008 
  6. "King of the high Ds" by Richard Morrison, The Australian (15 August 2009)
  7. Associate Press, "Opera Star Star Juan Diego Florez Weds in his Native Peru," International Herald Tribune, 6 April 2008.
  8. "Tenor peruano presenta disco"
  9. Marion Lignana Rosenberg, He Can Sing an Aria or Frank a Letter, The New York Times, January 9, 2005. Retrieved 26 June 2008.
  10. BBC Mundo, Juan Diego Flórez: un tenor como pocos, 17 March 2006
  11. Decca Classics New Releases April 2003
  12. National Academy of Recording Arts and Sciences, 52nd Grammy Award nominees (Classical); Radio Programas del Perú, "Juan Diego Flórez fue nominado al Grammy por Bel canto Spectacular", 3 December 2009
  13. Isotta, P: "Un disperato fa la differenza" (Review of Falstaff, Teatro alla Scala), Corriere della Sera, 31 March 2001 and Brüggemann, A: "Gesang jenseits der Gravitation von Musik", Die Welt am Sonntag, 19 September 2004
  14. Gerardi. Enrico: "Salisburgo, trionfo da rock star per Juan Diego Florez" (Review of La Donna del lago, Salzburg 2002), Corriere della Sera, 29 August 2002
  15. See for example, Ashley, Tim: "Tale of three tenors" (Review of Rossini's Otello, Royal Opera House, London, February 2000), The Guardian, 2 February 2000; Canning, Hugh: "Bravissimo! Ancora!" (Review of Matilde de Shabran, Pesaro, August 2004), The Times, 15 August 2004; Alonso, Gonzalo: "Semiramide necesita unas tijeras" (Review of Semiramide, Gran Teatre del Liceu, Barcelona, November 2005), La Razón, 23 November 2005
Fontes
  • Wikipédia (en)
  • Ashley, Tim, 'He's got no strings', The Guardian, 14 March 2002
  • Canning, Hugh, 'He'll take the high road', The Sunday Times, 11 November 2001
  • Cárdenas, Miguel Ángel, 'Un peruano en la Scala de Milán', La República, 1 September 2002
  • Ernesto Palacio Artists Management, Official Biography and Repertory List of Juan Diego Flórez
  • Hurwitz, David, 'From Peru to Pesaro — Interview with Juan Diego Flórez', Classics Today, May 2002
  • Rodríguez, Gustavo, 'Juan Diego Flórez - Notas de una voz', Universidad Peruana de Ciencias Aplicadas, Lima, 2007, ISBN 978-9972-228-98-8
  • Segovia, Emilio, 'La formación de un tenor rossiniano', Pro Ópera, November/December 2003

Ligações externas[editar | editar código-fonte]