Juan del Castillo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nota: se procura o arquiteto português de mesmo nome veja João de Castilho
São João de Castilho
Nascimento 14 de setembro de 1595 em Belmonte (Espanha)
Morte 17 de novembro de 1628 em Rio Grande do Sul
Veneração por Igreja Católica
Beatificação 28 de janeiro de 1934
Canonização 16 de maio de 1988 por João Paulo II
Principal templo Caibaté
Gloriole.svg Portal dos Santos

João de Castilho (ou Juan de Castillo) foi um sacerdote jesuíta e missionário, e um mártir da Igreja Católica.

Nasceu em 14 de setembro de 1595, em Belmonte, Espanha, no seio de uma família nobre. Recebeu a educação no colégio jesuíta e depois na Universidade de Alcalá, onde cursou Direito. O seu ingresso na Companhia de Jesus ocorreu em 1614. Entrando em contacto com o padre João Viana, entusiasmou-se com a perspetiva de ir evangelizar a América, e ofereceu-se como missionário.

Viajou em 1616 com outros 37 companheiros para Buenos Aires, continuando os seus estudos na Argentina e depois no Chile. Foi ordenado em 1625. O seu trabalho de catequese dos índios começou na redução de São Nicolau, tornando-se conhecido pela sua vida de austeridades e por sua simpatia para com todos.

Foi matirizado por ordem do cacique Nheçu em 17 de novembro de 1628, o mesmo destino que tiveram os padres Roque Gonzales de Santa Cruz e Afonso Rodrigues e o cacique Adauto. O seu processo de beatificação foi concluído em 1934, e foi canonizado pelo papa João Paulo II em 1988, junto com os outros mártires, mas não o cacique Adauto. O seu santuário localiza-se na cidade de Caibaté, no Rio Grande do Sul.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]