Jubileu Compostelano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Ano Jubilar Compostelano - também conhecido como Jubileu ou Ano Santo (Jacobeu) - é celebrado desde a Idade Média, por disposição papal, quando o dia do apóstolo Santiago Maior (25 de julho), cujos restos mortais supostamente se encontram na catedral compostelana, coincide com um domingo, o que sucede habitualmente cada 6,5,6 e 11 anos. O último celebrou-se em 2010. O próximo será em 2021 e depois em 2027, 2032 e 2038.

O Jubileu Compostelano, que concede desde a sua origem indulgências especiais aos fiéis, estimulou a visita de peregrinos de toda a Europa à catedral de Santiago de Compostela. Esta celebração religiosa tem início da tarde do dia 31 de dezembro anterior ao início do Ano Jubilar e termina no mesmo dia, um ano depois. As cerimónias que assinalam o início e o fim desta celebração são a abertura e o encerramento da Porta Santa, situada na cabeceira da catedral compostelana.

As exigências formais da Igreja para ganhar o Jubileu são muito simples: visitar a catedral de Santiago, onde se encontra o corpo de Santiago e aí rezar pelo menos uma oração. Também é exigida a confissão e comunhão no mesmo dia da peregrinação ou quinze dias antes ou depois desta, mas estes sacramentos podem ser cumpridos em qualquer lugar, e não obrigatoriamente na catedral compostelana.

Anos Santos Compostelanos[editar | editar código-fonte]

TÁBUA DOS 28 ANOS SANTOS COMPOSTELANOS, SÉCULOS XX e XXI
+6 +5 +6 +11
+28 1909 1915 1920 1926
+28 1937 1943 1948 1954
+28 1965 1971 1976 1982
+28 1993 1999 2004 2010
+28 2021 2027 2032 2038
+28 2049 2055 2060 2066
+28 2077 2083 2088 2094

Estas datas podem ser comprovadas aquí

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.