Juca Baleia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Juca Baleia
Informações pessoais
Nome completo Juvenal Marinho dos Passos
Data de nasc. 3 de maio de 1959 (62 anos)
Local de nasc. São Luís, MA, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,85 m
Apelido Baleia Voadora
Informações profissionais
Equipa atual Santa Quitéria
Posição Diretor de futebol (Ex-goleiro)
Clubes de juventude
1976–1978 Sampaio Corrêa
Clubes profissionais
Anos Clubes
1979
1980
1981–1988
1989
1990–1993
1994
Bacabal
Expressinho
Maranhão AC
Moto Clube
Sampaio Corrêa
Expressinho
Times/Equipas que treinou
2014
2017
2017
2019–
Expressinho
Santa Quitéria (coordenador técnico)
Santa Quitéria Sub-13(coordenador técnico)
Santa Quitéria (diretor de futebol)

Juvenal Marinho dos Passos, mais conhecido por Juca Baleia (São Luís, 3 de maio de 1959) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como goleiro[1][2], sendo um dos personagens mais folclóricos do futebol maranhense.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juca Baleia iniciou sua carreira no futebol como amador em times de bairros de São Luís. Profissionalmente atuou pelo Moto Clube, Maranhão Atlético Clube, Expressinho e Sampaio Corrêa. Foi neste último que obteve suas maiores conquistas, sendo o titular do time no tricampeonato maranhense (1990-91-92).[1]

Juca ganhou notoriedade nacional depois de boas apresentações na Copa do Brasil de 1992, quando o Sampaio Corrêa enfrentou o estrelado time do Palmeiras, do início da era Parmalat.[4] Antes da partida, porém, o que chamava a atenção da imprensa paulista era o fato de o goleiro ter cerca de 120 kg.[5] Mas as atuações de Juca Baleia nos dois jogos fizeram os críticos elogiarem seu desempenho. O espanto se tornou maior em função da inesperada agilidade e precisão na saída do gol. O segredo, segundo ele próprio, era o fato de praticar também Vôlei e Handebol, que ajudavam a aumentar a agilidade.

Após encerrar sua carreira, em 1994, com apenas 34 anos, trabalhou como gerente de uma empresa de construção civil. Em 2010 assumiu a presidência da AGAP (Associações de Garantia ao Atleta Profissional) do estado do Maranhão. A AGAP é vinculada à Faap (Federação das Associações de Atletas Profissionais), que tem sede em Brasília, cuja finalidade é ajudar pessoas do esporte em vários âmbitos, desde auxílio nos estudos, cestas básicas e auxílio com medicações.[1]

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Sampaio Corrêa
  • Tri-Campeão Campeonato Maranhense de Futebol: 1990, 1991, 1992[2]

Referências

  1. a b c esporte.uol.com.br/ Famoso por jogar com até 115kg, ex-goleiro ajuda atletas e relembra combates com Palmeiras
  2. a b terceirotempo.bol.uol.com.br/ Que Fim Levou? Juca Baleia
  3. globoesporte.globo.com/ Juca Baleia retorna ao Expressinho e conquista o acesso no Maranhense
  4. espn.uol.com.br/ Ex-goleiro do Sampaio e agora comentarista, Juca Baleia relembra tempos de "muralha" contra o Palmeiras
  5. extra.globo.com/ De Juca Baleia a Sodinha, os gordinhos que fizeram sucesso e viraram xodós dos torcedores
  6. ndonline.com.br/ Fora dos padrões, Juca Baleia foi destaque no último Verdão x Sampaio

Ligações externas[editar | editar código-fonte]