Judenrat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Judenrat, palavra alemã para "Conselho Judeu", eram corpos administrativos que os alemães requereram que os judeus formassem em cada Gueto do Governo Geral (Parte central da Polónia ocupada).

Estes corpos de gerência eram obrigados a assegurar o governo geral do Gueto, e situavam-se como intermédios entre os Nazis e a comunidade judaica. Eles foram forçados pelos Nazis a providenciar Judeus como trabalho escravo e a assistir na deportação de Judeus para campos de extermínio durante o Holocausto. Aqueles que recusavam seguir ordens Nazis, ou eram incapazes de cooperar totalmente, eram frequentemente cercados e assassinados ou deportados para os campos de extermínio.

Ver também[editar | editar código-fonte]