Judith Gautier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Judith Gautier
Nascimento 25 de agosto de 1845
Paris, França
Morte 26 de dezembro de 1917
Dinard, França
Nacionalidade  França
Ocupação escritora, poetisa

Judith Gautier (Paris, França, 25 de agosto de 1845Dinard, França, 26 de dezembro de 1917), foi uma escritora e poetisa francesa.

Foi iniciada nas ideias e costumes chineses, aprendendo ainda o japonês. Estreou em 1867 com o livro "A Princesa de Jade", sob o pseudônimo de Judith Walther.[1] Casou-se depois com o escritor Catule Mendes, publicando em seguida "O Dragão Imperial", assinando Judith Mendes.[1] Suas demais obras levaram o nome de Judith Gautier: "O Usurpador", "O Jogo do Amor e da Morte", "Luciana", "As Crueldades do Amaro", "Memórias de um Elefante Branco", "O Velho da Montanha", "Persival", "As Princesas de Amor", "Flores do Oriente" e outras.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c Os editores. Dicionário Prático de Biografias. Editora Amazonas Ltda, Vol 2. Pag.131, 1979.