Juhan Jaik

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Juhan Jaik (13 de janeiro de 1899 - 10 de dezembro de 1948) foi um escritor e jornalista estoniano.[1]

Jaik nasceu em Sänna Manor, Rõuge, condado de Võru. Ele participou na Guerra da Independência da Estónia. Nas décadas de 20 e 30 viveu em Tallinn, onde trabalhou como jornalista e escriturário. De 1936 a 1940 foi consultor do Ministério da Educação. Durante a Segunda Guerra Mundial, viu-se na necessidade de fugir para a Suécia. Viria a morrer em Stora Malm, município de Katrineholm, em 1948.[1] Em 1990 as suas cinzas foram devolvidas à Estónia e enterradas no cemitério de Rahumäe, no distrito de Nõmme, em Tallinn.[2]

Trabalhos selecionados[editar | editar código-fonte]

  • Coleção de poesia de 1924 "Rõuge kiriku kell"
  • 1924-1933: história "Võrumaa jutud I-II"
  • 1999 (postumamente): "Tiroliaana"

Referências

  1. a b Vabar, Sven. «Juhan Jaik». sisu.ut.ee (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2021 
  2. «Jaik, Juhan (13. I. 1899 Võrumaa Sänna – 10. XII 1948 St. Malm)». Võrumaa Keskraamatukogu (em estónio). Consultado em 17 de janeiro de 2021