Juliana Brizola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juliana Brizola
Juliana Brizola em 2011.
Deputada Estadual do Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 2011
até 2014
Vereadora em Porto Alegre
Período 2009 até 2011
Dados pessoais
Nascimento 3 de agosto de 1975 (42 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Partido PDT

Juliana Brizola (Porto Alegre, 3 de agosto de 1975) é uma política e advogada brasileira, neta do ex-governador Leonel Brizola e irmã gêmea do também político Leonel Brizola Neto.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Porto Alegre, Juliana mudou-se para o Uruguai aos três anos de idade, em função do exílio imposto pela ditadura a seu avô Leonel Brizola. Em 1982 foi morar na cidade do Rio de Janeiro, quando Leonel se elegeu governador do Estado, transferindo sua família para lá.

Juliana Brizola é formada em Direito pela Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro. Após a conclusão do seu curso, ela retornou a Porto Alegre, onde fez especialização e mestrado em Ciências Criminais na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Em 2008 Juliana elegeu-se vereadora pelo PDT, partido ao qual é filiada desde os dezoito anos, tendo sido a maior votação do PDT na cidade de Porto Alegre.[2]

Nas eleições de 2010 elegeu-se Deputada Estadual, conquistando 61.305 votos, novamente a maior votação do partido.[3] Durante a campanha Juliana apresentou um programa de governo baseado na educação, seguindo a linha política do avô.[4] Já, neste primeiro mandato, fez aprovar na Assembleia Gaúcha Emenda Constitucional transformando o projeto da Escola de Tempo Integral em um Projeto de Estado, obrigando sua implantação no Estado, tendo regulado a questão através de Lei Complementar.

Cargos eletivos[editar | editar código-fonte]

Referências