Julie Mayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julie Mayer
Pri. Aparição Pilot (episódio 1.01)
Última Aparição Epifania (episódio 8.23)
Causa Foi visitar os primos no campo para fugir do Estrangulador de Fairview.
Informações
Gênero Fêmea
Idade 22
Profissão Estudante.
Família Susan Mayer (mãe)
Karl Mayer (pai)
Mike Delfino (padrasto)
Marisa Mayer (madrasta)
Maynard Delfino (irmão)
Sophie Bremmer (avó materna)
Addison Prudy (avô materno)
Endereço 4353 Alameda Wisteria, Fairview
Desempenhado por Andrea Bowen
Criado por Marc Cherry

Julie Alexandra Mayer é uma personagem fictícia da série televisiva do canal norte-americano ABC, "Desperate Housewives". A personagem foi criada por Marc Cherry e é desempenhada por Andrea Bowen. Julie é filha de Susan Mayer.

Primeira Temporada[editar | editar código-fonte]

Na primeira temporada, conhecemos Julie Mayer como a filha única de Susan. Julie serve praticamente como mãe da sua mãe, pois toma conta dela desde que o seu pai, Karl, as abandonou depois de ter traído a esposa com a sua secretária, Brandi. Julie tenta fazer com que a sua mãe e o novo vizinho, Mike Delfino, se encontrem e se envolvam romanticamente, e consegue com que isso aconteça eventualmente. No episódio "Running To Stand Still", Julie descobre, juntamente com a sua mãe que Zach Young está num centro de apoio psicológico a jovens perturbados. Quando Zach foge do centro, esconde-se no quarto de Julie, onde começa a partilhar segredos com ela. Os dois começam uma relação amorosa.[1] Mas Susan descobre que Zach está hospedado na sua casa e envia-o de volta para Paul. No início, Julie é a única pessoa a quem Susan conta que pegou fogo à casa de Edie. Quando Zach Young organiza uma festa de aniversário para si,[2] convida Julie, e na festa Zach diz que era capaz de matar Andrew Van De Kamp com a arma que a sua mãe usou para se suicidar. Julie fica perturbada com isto, e deixa de se dar com ele. Zach tenta a todo o custo voltar a andar com Julie, mas esta não o quer de volta. Irritado, Zach faz explodir a cozinha da casa Mayer. No episódio "Goodbye For Now", Julie e Susan seguem Mike de carro, para saber onde ele vai.

Segunda Temporada[editar | editar código-fonte]

Na segunda temporada, Susan descobre através de Julie que Edie e Karl têm estado juntos há imenso tempo. No episódio "You'll Never Get Away From Me", Julie planeia cantar num espectáculo com Edie a tocar a sua música, mas Susan descobre e consegue fazer com que Julie queira cantar com ela. No episódio "Color And Light", Julie encontra os seus pais na cama, depois de terem feito sexo, e fica enojada. Quando Susan descobre que o pai dela ainda está vivo, Julie apoia-a na sua procura por uma relação com ele. No episódio "One More Kiss", Susan descobre que Zach regressou a Wisteria Lane. Zach pede desculpa pelos problemas que causou à família Mayer, e Susan planeia que eles os três e Mike vão jogar bowling. Julie tenta convencer a mãe a convidar o Dr. Ron para uma saída romântica. Depois de Karl pedir Edie em casamento, na festa de noivado, Julie encontra uma fotografia de Susan e Karl que o seu pai guardava num livro de receitas de coktails, e fica preocupada, pois imagina que o seu pai queira estar com Susan outra vez. Karl envia flores a Susan, o que deixa Julie chateada. Depois de Edie descobrir que Karl a traíra com Susan e depois de pegar fogo à casa Mayer, Susan e Julie ficam hospedadas na casa de Bree por uns tempos, mas Susan descobre que quer fazer as coisas à sua maneira e sobreviver por conta própria, e as duas passam a morar brevemente num RV.[3]

Terceira Temporada[editar | editar código-fonte]

Na terceira temporada, Julie conhece Austin McCann, o sobrinho rebelde de Edie, com quem lentamente começa uma relação, contra a vontade de Susan. Julie é tomada refém por Carolyn Bigsby, depois desta ter descoberto que o marido a traíra.[4] Julie está convencida de que Austin a ama profundamente, e entrega-lhe a sua virgindade, mas depois de descobrir que este andava a traí-la com Danielle Van De Kamp, acaba a relação. Austin fica deprimido e tenta mostrar o seu arrependimento ao escrever-lhe uma carta romântica. Julie aceita-o de volta, feliz, mas por esta altura já Austin tinha descoberto que Danielle estava grávida dele. Orson diz a Austin que ele e a esposa irão tratar da situação, e que ele terá de sair da cidade para sempre. Austin não se quer ir embora, por causa de Julie, mas Andrew garante-lhe que ele vai voltar a magoá-la outra vez, e que uma rapariga especial como ela não merece isso. Austin vai-se embora, não dizendo a Julie porquê, mas não vai sem receber um último beijo dela. No final da terceira temporada, Julie assiste ao casamento da mãe com Mike Delfino. Bree Hodge regressa da sua lua-de-mel aparentemente grávida, mas está a apenas a fingir uma gravidez, pois irá posar como mãe do filho de Danielle e Austin.

Quarta Temporada[editar | editar código-fonte]

Na quarta temporada, Julie volta a reunir-se com a sua melhor amiga de infância, Dylan, mas fica surpreendida por saber que Dylan não se lembra dela, aliás, Dylan não se lembra de nada sobre Wisteria Lane, apesar de já ter morado lá há doze anos atrás. No episódio "Smiles Of A Summer Night", Julie pergunta a Susan se pode ir a uma festa, e Susan diz que sim, mas Mike receia que Julie vá, pois ele sabe que aquelas festas acabam sempre mal. Susan então encontra-se num dilema pois não sabe se Julie deverá ir ou não, e não sabe que lado escolher, o da filha ou o do marido. No episódio "The Game", Julie ajuda Dylan a entrar num quarto que Katherine mantinha trancado. O quarto tem vários objectos alusivos à infância de Dylan, mas esta não se lembra de nada. Durante a festa de Halloween de Bob e Lee, Julie fica feliz por voltar a ver Danielle, que mais tarde dá à luz ao seu filho, que posa como filho de Bree. Quando Julie começa a namorar com um rapaz de quem Susan não gosta, a sua mãe tenta arranjá-la com Barrett, um universitário inteligente e atraente, mas Susan descobre que Barrett era o negociador de drogas de Mike.[5] Depois do tornado que arrasou Wisteria Lane, a família Hodge fica hospedada na casa Mayer, e Julie e Susan habituam-se muito a ter Bree na casa. Em "Sunday", Dylan conta a Julie que encontrou um bilhete deixado para trás pela tia Lillian antes dela falecer, e que o bilhete diz que o pai de Dylan foi assassinado. No episódio "In Buddy's Eyes", Julie convence Dylan a tornar-se numa debutante. No final da quarta temporada, descobrimos que Julie foi aceite na Universidade de Princeton, e que vai partir na terça-feira seguinte. Susan mente, dizendo que não tem dinheiro suficiente para que ela vá assim tão rapidamente. Mas mais tarde, depois de Katherine lhe perguntar se tinha visto Dylan e de lhe ter explicado que lhe tinha mentido, Susan conta a verdade à filha, dizendo-lhe que não sabe como se vai aguentar sem ela, pois ainda precisa de Julie por perto. Mas Julie diz que o trabalho dela ali acabou, pois a sua mãe agora é uma mulher cheia de força e confiança.

Quinta Temporada[editar | editar código-fonte]

Na quinta temporada, Julie regressará como convidada num episódio, pelo menos, como já foi confirmado pelos produtores executivos Bob Daily e Sabrina Wind.[6]

Trivia[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde março de 2010).
  • Originalmente, o nome de Julie era para ser Jenna Meyer.
  • Quando Julie tingiu o cabelo de loiro, essa é mesmo a cor natural do cabelo de Andrea Bowen. Ela tingiu-o de castanho por três anos para se parecer mais com Teri Hatcher.

Referências