Julien Duvivier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Julien Duvivier
Nascimento 3 de outubro de 1896
Lille
Morte 30 de outubro de 1967 (71 anos)
Paris
Sepultamento Cimetière Ancien de Rueil-Malmaison
Nacionalidade  França
Cidadania França
Ocupação cineasta
Causa da morte enfarte agudo do miocárdio

Julien Duvivier (3 de outubro de 1896 - 30 de outubro de 1967) foi um cineasta francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Julien Duvivier, diretor, roteirista e produtor, nasceu em 3 de outubro de 1896 em Lille, Nord, Nor-Pas-de-Calais, França. Referido por muitos legendários companheiros cineastas como Ingmar Bergman e Jean Renoir, Julien Duvivier é um dos cinco grandes do cinema francês, sendo os outros quatro Jean Renoir, René Clair, Jacques Feyder e Marcel Carné. Julien Duvivier dirigiu seu primeiro filme em 1919, Haceldama ou Le prix du sang, que não foi um sucesso e não evidenciou nada do lirismo e beleza que definiria sua carreira posterior. Em 1930, seu talento eclodiu, começando com David Golder. Seus subseqüentes trabalhos na década, auxiliados pela chegada do cinema sonoro, estabeleceria Duvivier como uma das forças de liderança no cinema mundial. Também em 1930, sua união com o ator Jean Gabin, que apareceria em muitos de seus trabalhos definitivos, principalmente Pépé le Moko (1937). Convidado por Hollywood a filmar uma biografia de Johann Strauss, The Great Waltz (1938), Duvivier, achou Hollywood agradável, e ali retornaria durante a Segunda Guerra Mundial. Nesse período, um de seus mais meritórios trabalhos seria Tales of Manhattan (1942). Retornou a França, onde achou sua reputação prejudicada, por sua ausência durante os anos do conflito. Continuou a trabalhar reconquistando sucesso com seus filmes, como o veículo para o ator Fernandel, Le Petit monde de Don Camilo (1952). Tinha apenas concluído a produção de seu filme Diaboliquement vôtre quando faleceu por ataque cardíaco após acidente automobilístico, em 30 de outubro de 1967, com a idade de 71 anos.

Filmografia como diretor[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • EWALD FILHO, Rubens – Dicionário de Cineastas – 1a.Edição – 1978 – LPM
  • EWALD FILHO, Rubens – Dicionário de Cineastas – 2a.Edição – 1985 – LPM
  • The Internet Movie Database (IMDB)
  • Filmsdefrance.com

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.