Junk of the Heart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Junk of the Heart
Álbum de estúdio de The Kooks
Lançamento 9 de setembro de 2011
Gravação 2009 - 2011
Gênero(s) Indie Rock
Britpop
Indie Pop
Duração 35:50
Gravadora(s) Virgin Records
Cronologia de The Kooks
Konk
(2008)
Singles de Junk of the Hert
  1. "Is It Me"
    Lançamento: 4 de setembro de 2011
  2. "Junk of the Heart (Happy)"
    Lançamento: 6 de novembro de 2011
  3. "Rosie"
    Lançamento: 12 de março de 2012
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 2.5 de 5 estrelas. [1]
NME 4 de 10 estrelas. [2]
Spin 6 de 10 estrelas. [3]
The Tune 3.5 de 5 estrelas. [4]


Junk of the Heart é o terceiro álbum da banda de indie rock britânica The Kooks. Foi lançado na Europa em 09 de setembro de 2011, e no Reino Unido em 12 de setembro de 2011 pela Virgin Records. O primeiro single, "Is It Me", foi lançado em 4 de setembro de 2011,o segundo single, "Junk of the Heart (Happy)", foi lançado em 06 de novembro de 2011 e o terceiro single, "Rosie", foi lançado em 12 de março de 2012.

Composição e gravação[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2009, The Kooks revelou a Newsbeat da BBC que eles estavam trabalhando em seu terceiro álbum de estúdio. O vocalista Luke Pritchard disse à BBC: "Nós meio que nos escodemos no interior por algumas semanas, ficamos na casa de um amigo em Norfolk." Pritchard revelou recentemente que mais de duas semanas lá, a banda só conseguiu fazer uma nova canção: "Eskimo Kiss" (Faixa 11). O baterista Paul Garred deixou a banda no final de 2009, devido a um problema no nervo do braço, e foi temporariamente substituído por Chris Prendergast para shows ao vivo. No entanto, Paul voltou para as sessões de gravação no final de 2010, continuando a não ir em turnê com a banda, como Pritchard declarou recentemente sua lesão "se transformou em uma coisa psicológica". Depois de contratar e demitir novo produtor Jim Abyss (Arctic Monkeys, Kasabian, Adele), apesar de ter algumas "sessões realmente boas" juntos, a banda voltou ao velho produtor Tony Hoffer, que lhes deu uma "nova direção" e eles gravaram o álbum de uma forma mais contemporânea. Em janeiro de 2011, Pritchard anunciou que eles haviam gravado quatorze faixas novas. A banda anunciou através de meios de comunicação social que eles terminaram os toques finais em 30 de março. Finalmente, o nome do álbum foi anunciado como Junk of the Heart (O título da faixa de abertura) e os detalhes das faixas lançadas, com a data de lançamento para 12 de setembro de 2011 para a Inglaterra. O álbum foi produzido por Tony Hoffer. O primeiro single retirado do álbum é "Is It Me" para a Europa e "Junk of the Heart" para outros lugares

A recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Spin deu ao álbum uma nota 6(de 10) e disse "melhores e mais suaves ainda" sobre as musicas do álbum. O revisor Barry Walters acrescentou: "O meio do caminho sempre foi o seu destino, ao que parece, eles chegaram com cantigas descaradamente agradáveis, mas sem caráter"

Candidatas ao álbum[editar | editar código-fonte]

Weight Of The World, Winds Of Change, Window to the Soul, Strange One, Rainbow, Carried Away e The Saboteur estavam entre as candidatas para serem colocadas no álbum, no entanto muitas delas vieram de sessões anteriores de gravação com Jim Abyss (Arctic Monkeys , Kasabian, Adele). Apesar de ter algumas "sessões realmente boas" com Abyss, eles voltaram e "encontraram uma nova direção" com o velho produtor Tony Hoffer e decidiram desfazer-se da sessões anteriores. Apesar disso, Luke trouxe uma dessas canções, "The Saboteur", para o programa de Zane Lowe na BBC1 e em uma entrevista na rádio ele a lançou como um single por conta própria. Embora esta canção "não se encaixasse perfeitamente" no álbum, acabou por ser adicionada como uma faixa bônus, junto com "Carried Away", que veio das sessões de Tony Hoffer.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas por The Kooks. Produzido por Tony Hoffer. Somente Good Times foi produzida por Jim Abyss

Todas as letras escritas por The Kooks. 

CD
N.º Título Duração
1. "Junk of the Heart (Happy)"   3:07
2. "How'd You Like That"   3:14
3. "Rosie"   3:10
4. "Taking Pictures of You"   2:42
5. "Fuck the World Off"   2:52
6. "Time Above the Earth"   1:54
7. "Runaway"   3:00
8. "Is It Me"   3:30
9. "Killing Me"   3:25
10. "Petulia"   2:42
11. "Eskimo Kiss"   3:34
12. "Mr. Nice Guy"   2:40

Desempenho[editar | editar código-fonte]

País Tabelas Musicas Melhor posição
 Bélgica Belgica Albums Chart 34
 Canadá Canada Albums Chart[5] 54
 Países Baixos Holanda Albums Chart 6
 Irlanda Irlanda Albums Chart 41
 Reino Unido UK Albums Chart 10

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Junk of The Heart Review». Allmusic. Consultado em 15 de agosto de 2012 
  2. «Junk of the Heart (Happy) : Review». NME. Consultado em 15 de agosto de 2012 
  3. «The Kooks Junk of the Heart Review». Spin. Consultado em 15 de agosto de 2012 
  4. «Review». The Tune. Consultado em 15 de agosto de 2012 
  5. «CANOE - JAM! Music SoundScan Charts». Jam.canoe.ca. Consultado em 8 de outubro de 2011