Junta Provisional do Governo Supremo do Reino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Governos do Primeiro Liberalismo (Vintismo)
Coat of Arms of the Kingdom of Portugal (1640-1910).png

A Junta Provisional do Governo Supremo do Reino[1] foi o governo que administrou Portugal após a Revolução liberal do Porto a 24 de Agosto de 1820. Esta junta era composta por dois órgãos: Junta Provisional do Governo Supremo do Reino e Junta Preparatória das Cortes

Junta Provisional do Governo Supremo do Reino[editar | editar código-fonte]

A Junta Provisional do Governo Supremo do Reino é presidida, inicialmente, por José Gomes Freire de Andrade, de Lisboa, e o vice-presidente António da Silveira Pinto da Fonseca, do Porto, passando este último a presidente a 28 de Setembro. O Governo é constituído pelos seguintes deputados: Hermano José Braamcamp do Sobral, Manuel Fernandes Tomás, Frei Francisco de São Luís Saraiva, José Joaquim Ferreira de Moura e pelo Conde de Penafiel.

As diferentes pastas são da responsabilidade de:

Junta Preparatória das Cortes[editar | editar código-fonte]

A Junta Preparatória das Cortes era composta por:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências