Juntos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Juntos"
Single de Paula Fernandes e Luan Santana
do álbum Origens
Lançamento 19 de maio de 2019 (2019-05-19)
11 de julho de 2019 (2019-07-11) (ao vivo)
Formato(s)
Gravação maio de 2019
Gênero(s) Sertanejo
Duração 3:24
Gravadora(s) Universal Music
Composição
Produção Ivan Miyazato
Cronologia de singles de Paula Fernandes
"Hora Certa"
(2019)
Cronologia de singles de Luan Santana
"Próximo Amor"
(2018)

"Juntos" é uma canção gravada pelos cantores brasileiros Paula Fernandes e Luan Santana, lançada em 19 de maio de 2019 pela Universal Music. É uma releitura de "Shallow", canção gravada pela cantora americana Lady Gaga e o ator compatriota Bradley Cooper para a trilha sonora do filme A Star Is Born, composta originalmente por Lady Gaga, Andrew Wyatt, Anthony Rossomando e Mark Ronson. Esta versão é inteiramente composta por Paula Fernandes com produção de Ivan Miyazato.

Uma segunda versão foi lançada em 11 de julho de 2019 apenas na voz de Fernandes, servindo como primeiro single do álbum ao vivo Origens (2019).[1]

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

Trecho do refrão, onde Paula Fernandes e Luan Santana misturam versos em português com um trecho de "Shallow".

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Juntos" é uma releitura de Paula Fernandes para a canção "Shallow", originalmente gravada e lançada em 2018 para a trilha sonora do filme A Star Is Born. A gravação original foi realizada num dueto entre a cantora americana Lady Gaga e o ator compatriota Bradley Cooper, protagonistas do filme, e se tornou um dos grandes sucessos da trilha sonora, atingindo a primeira colocação em diversas tabelas internacionais.[2][3] A canção também recebeu diversos prêmios, como o Oscar de melhor canção original.[4] "Shallow" é descrita como uma balada lenta com sonoridade country[5] e folk pop[6] e sua letra retrata a auto-realização dos protagonistas do filme a respeito de sua situação atual.[7] Os versos apresentam os personagens perguntando uns aos outros se estão contentes em serem quem são, mesmo com todas as dificuldades juntos.[8] O ápice na faixa é o refrão ("I'm off the deep end, watch as I dive in / I'll never meet the ground / Crash through the surface, where they can't hurt us / We're far from the shallow now"), uma metáfora literal para afogamento, mas que também pode representar mágoas, vícios ou sonhos se quebrando.[9]

A versão brasileira foi criada por iniciativa de Marcelo Maia, empresário e gestor de carreira de Paula Fernandes, que afirmou para a revista Veja que a cantora é grande fã de Gaga, do filme e da canção. A ideia amadureceu depois de um encontro com o diretor da rede de rádios Nativa FM, uma vez que "Shallow" já havia alcançado as rádios populares, normalmente restritas as canções sertanejas/em português.[10] Com a proposta do empresário, Fernandes escreveu a música no mesmo dia. Posteriormente, a editora entrou em contato com os autores da canção para realizar o lançamento oficial.[10] Em 8 de maio de 2019, Paula Fernandes anunciou em suas redes sociais que foi autorizada por Lady Gaga para gravar uma versão brasileira de "Shallow" e revelou que iria trazer a música "pra nossa língua, pra nossa história" e que a sua versão não iria ser igual a original.[11] No entanto, não revelou o artista masculino escolhido para o dueto, anunciando posteriormente que Luan Santana havia sido confirmado para a canção e que estaria presente no álbum ao vivo Origens.[12][13][14] No entanto, o cantor afirmou posteriormente que não poderia estar presente na gravação.[15] Fernandes revelou que Gaga aprovou toda a letra, "sem mudar uma vírgula".[16] Luan Santana revelou que gravou separadamente seus versos e enviou para a cantora.[17]

A melodia de "Juntos" é considerada a mesma de "Shallow" e "menos dramática", onde Fernandes descreveu a letra como "o reencontro de pessoas que se amam".[18] Um pedaço da canção original foi mantido no refrão, quando o verso "Juntos e shallow now" mistura os dois idiomas.[19][20] "A letra é muito profunda e eu queria que meu par se entregasse junto comigo nela", disse Fernandes, que também afirmou haver uma "sinergia e cumplicidade" na canção.[21]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Entre os dias 15 e 17 de maio de 2019, o refrão da música começou a circular pela imprensa, em áudio e texto.[22] O trecho foi recebido de forma negativa pelos internautas e instantaneamente o nome de Paula Fernandes virou assunto nas redes sociais por conta do verso "Juntos e shallow now", alvo de várias piadas e memes.[23][24] O verso e "#morreumaestrela" (em alusão ao filme A Star Is Born) eram os assuntos mais comentados do Twitter na manhã do dia 17.[25][26] Fernandes reagiu positivamente aos comentários e respondeu que o fato de misturar termos em inglês e português "não era pra fazer sentido, era pra ter uma celebração da versão original", ressaltando que esta versão não é uma tradução e sim uma adaptação.[19][27] O empresário da artista também reagiu positivamente a repercussão da prévia, citando que "artistas, personalidades, público comum, todos [estavam] viralizando o refrão da música. Estamos muito animados pelo que vem pela frente".[10]

Ainda antes do lançamento oficial de "Juntos", foi relatado que a repercussão causada pela prévia fez com que "Shallow" retornasse as dez melhores colocações na listagem diária do Spotify divulgada em 18 de maio.[28] A canção também subiu em outras plataformas digitais, como o iTunes.[29]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

O jornalista Mauro Ferreira, em seu blog no portal G1, atribui 2 de 5 estrelas para a canção e faz alusão à tradução de "Shallow" em sua análise, chamando "Juntos" de "rasa" e que foi "muito barulho e muito marketing por pouco conteúdo". Ele afirma que a letra tenta ser fiel a versão original, "mas jamais cai nas profundezas do abismo existencial abordado nos versos em inglês" e que Fernandes fica na superfície tanto nela quanto na interpretação, também avaliando negativamente a participação de Luan Santana que "tampouco colabora para sequer esboçar uma densidade no canto dos versos". Ele encerra afirmando que a canção é "um single raso que tenta parecer profundo".[30] Para o site F5 (da Folha de S.Paulo), Tony Goes também usou argumentos semelhantes e afirmou que a intenção da cantora era "causar balbúrdia" com a mistura de idiomas no refrão. Ele chama a canção de "piada" e "sátira, feita por algum programa de humor", além de contextualizar a "pobreza poética" da letra com o contexto atual do país: "'Juntos' já é o hino extraoficial dos tempos boçais que vivemos".[31] Também publicando uma crítica menos elogiosa e comparando esta versão com outras músicas brasileiras em seu canal do YouTube, Regis Tadeu disse que a letra da música tem o sentido completamente oposto a original.[32]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Após seu lançamento oficial, "Juntos" estreou no número 14 na listagem diária do Spotify Brasil, divulgada no dia 20 de maio, com 290.185 reproduções. O lyric video aparecia no topo dos vídeos "Em Alta" do YouTube no Brasil e acumulava 1,4 milhão de reproduções.[33]

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Paula apresentou a canção em 08 de junho de 2019 no programa Altas Horas da Rede Globo sem a presença de Luan Santana.[34]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2019) Melhor
posição
 Brasil (Top 100 Brasil)[35] 26

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato(s) Gravadora
Brasil[36] 17 de maio de 2019 Rádios mainstream Universal Music Brasil
Vários[37][38] 19 de maio de 2019

Referências

  1. Exclusivo: Paula Fernandes lança o clipe de “Juntos” e emociona em dueto lindo com fãs; vem assistir!
  2. Trust, Gary (4 de março de 2019). «Lady Gaga & Bradley Cooper's 'Shallow' Surges to No. 1 on Billboard Hot 100, Fueled by Oscars Gains». Billboard. Consultado em 5 de março de 2019 
  3. Myers, Justin (26 de outubro de 2018). «Lady Gaga and Bradley Cooper score the Official Chart double as Shallow becomes Gaga's fifth UK Number 1». Official Charts Company. Consultado em 27 de outubro de 2018 
  4. Macke, Johnni (24 de fevereiro de 2019). «Oscars 2019 Winners: The Complete List». E! News. Consultado em 25 de fevereiro de 2019 
  5. Gotrich, Lars (27 de setembro de 2018). «Hear 'Shallow,' Lady Gaga's Slow-Burning Power Ballad From 'A Star Is Born'». NPR. Consultado em 1 de novembro de 2018 
  6. Sheffield, Rob (21 de novembro de 2018). «A Star is Reborn: Rob Sheffield on Lady Gaga's Second Act». Rolling Stone. Consultado em 21 de novembro de 2018 
  7. Stevens, Jenny (4 de novembro de 2018). «Shallow: How Lady Gaga and Bradley Cooper made the defining song of 2018». The Guardian. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  8. «What Lady Gaga's 'Shallow' Says About 'A Star is Born'—and Music Itself». Spotify. 18 de outubro de 2018. Consultado em 9 de novembro de 2018 
  9. Whipp, Glenn (8 de dezembro de 2018). «'A Star Is Born': Lady Gaga and Mark Ronson take a deep dive on 'Shallow'». Los Angeles Times. Consultado em 10 de dezembro de 2018 
  10. a b c João Batista Jr. (18 de maio de 2019). «Os bastidores da 'Shallow' brasileira». Veja. Consultado em 19 de maio de 2019 
  11. Caian Nunes (8 de maio de 2019). «Paula Fernandes lançará versão em português de "Shallow" autorizada pela própria Lady Gaga». POPLine. Consultado em 18 de maio de 2019 
  12. Helena Marques (15 de maio de 2019). «Paula Fernandes gravará a versão de "Shallow" com Luan Santana em DVD que receberá Gustavo Mioto e Kell Smith!». POPLine. Consultado em 18 de maio de 2019 
  13. «Paula Fernandes convida Luan Santana para a 'Shallow' brasileira». Extra. 13 de maio de 2019. Consultado em 18 de maio de 2019 
  14. Felipe Moraes (13 de maio de 2019). «Versão brasileira de Shallow terá Paula Fernandes e Luan Santana». Metrópoles. Consultado em 19 de maio de 2019 
  15. Marília Moraes (9 de junho de 2019). «Luan Santana deixa 'juntos e shallow now' de lado e canta hit de Lady Gaga... em inglês». G1. Consultado em 10 de junho de 2019 
  16. Mauro Ferreira (15 de maio de 2019). «Paula Fernandes se cerca de nomes de sucesso na gravação ao vivo do álbum e DVD 'Origens'». G1. Consultado em 19 de maio de 2019 
  17. Wallace Carvalho; Samyta Nunes (20 de maio de 2019). «Juntos e shallow now? Luan Santana revela que dueto com Paula Fernandes foi gravado separadamente». Gshow. Consultado em 21 de maio de 2019 
  18. Leonardo Ribeiro (14 de maio de 2019). «Paula Fernandes, prestes a lançar música romântica, diz: 'Estou à espera de um grande amor'». Extra. Consultado em 18 de maio de 2019 
  19. a b Leonardo Ribeiro (17 de maio de 2019). «Paula Fernandes ri de memes por versão de 'Shallow' e se defende de críticas: 'Não é tradução'». Extra. Consultado em 18 de maio de 2019 
  20. «Paula Fernandes lança 'Juntos' com Luan Santana e quer todos cantando refrão que viralizou». Gshow. 19 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  21. «'Juntos e Shallow now': ouça o sucesso lançado por Paula Fernandes e Luan Santana». Correio. 19 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  22. Leonardo Torres (15 de maio de 2019). «"Juntos": veja parte da letra da versão em português de "Shallow", que será gravada por Paula Fernandes e Luan Santana». POPLine. Consultado em 18 de maio de 2019 
  23. «Paula Fernandes divulga trecho de 'Juntos' e vê a música virar piada na web». Correio Braziliense. 17 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  24. «Versão de Paula Fernandes para 'Shallow' confunde público e vira piada». Veja. 17 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  25. «'Juntos e shallow now': versão de Paula Fernandes da música de Lady Gaga gera críticas e memes». Extra. 17 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  26. «Paula Fernandes e Luan Santana lançam prévia de Shallow e web não perdoa: Morre uma estrela». Diário do Grande ABC. 17 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  27. «Paula Fernandes e Luan Santana lançam 'Juntos'; ouça». Estadão. 19 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  28. Amanda Faia (18 de maio de 2019). «Impulsionado por cover por Paula Fernandes e Luan Santana, "Shallow" retorna ao Top 10 do Spotify Brasil». POPLine. Consultado em 21 de maio de 2019 
  29. Caian Nunes (17 de maio de 2019). «Versão abrasileirada de Paula Fernandes e Luan Santana impulsiona "Shallow" nas paradas digitais». POPLine. Consultado em 21 de maio de 2019 
  30. Mauro Ferreira (19 de maio de 2019). «Paula Fernandes fica na superfície da emoção tanto na letra como no canto de 'Juntos' com Luan Santana». G1. Consultado em 19 de maio de 2019 
  31. Tony Goes (20 de maio de 2019). «Paula Fernandes, jogue juntos e shallow now no lixo». F5. Consultado em 21 de maio de 2019 
  32. Regis Tadeu (23 de maio de 2019). «"Juntos e Shallow Now" é uma Praga Musical». Regis Tadeu. YouTube. Consultado em 23 de maio de 2019 
  33. Kavad Medeiros (20 de maio de 2019). «"Juntos": Música de Paula Fernandes e Luan Santana estreia no Top 15 do Spotify, domina o YouTube Brasil e é destaque em programas de TV». POPLine. Consultado em 21 de maio de 2019 
  34. Paula Fernandes canta 'Juntos' no Altas Horas
  35. «Crowley Charts: Top 100 Brasil (20/05/2019 - 24/05/2019)». Crowley Broadcast Analysis. 20 de maio de 2019. Consultado em 25 de maio de 2019. (pede registo (ajuda)) 
  36. Leonardo Torres (17 de maio de 2019). «"Juntos": veja a letra completa da versão em português de "Shallow" cantada por Paula Fernandes e Luan Santana». POPLine. Consultado em 19 de maio de 2019 
  37. «Juntos - Single de Paula Fernandes e Luan Santana». iTunes. 19 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  38. «Juntos». Tidal. 19 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019