Juramento (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Juramento
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 12 de dezembro de 1953 (65 anos)
Gentílico juramentense
Padroeiro(a) Senhor Bom Jesus[1]
CEP 39590-000 a 39591-999[2]
Prefeito(a) Wendel Pereira (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Juramento
Localização de Juramento em Minas Gerais
Juramento está localizado em: Brasil
Juramento
Localização de Juramento no Brasil
16° 50' 52" S 43° 35' 13" O16° 50' 52" S 43° 35' 13" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008 [3]
Microrregião Montes Claros IBGE/2008 [3]
Municípios limítrofes Francisco Sá, Montes Claros, Glaucilândia, Guaraciama, Itacambira, Grão Mogol
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 432,009 km² [4]
População 4 110 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 9,51 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,68 médio PNUD/2000 [6]
PIB R$ 27 748,108 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 6 781,06 IBGE/2008[7]

Juramento é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Diz a tradição que o nome do município teve origem no "juramento de fidelidade" feito pelos integrantes da bandeira de Fernão Dias Paes Leme às margens de um riacho que banha a cidade. O juramento aconteceu apos a insurreição de José Dias, filho de Fernão Dias. O insurreto foi julgado e condenado à forca pelo próprio pai. Após a retirada da bandeira, a região caiu no esquecimento e só voltou a ser habitada por sertanistas baianos, que fundaram o arraial às margens do mesmo curso d'água descoberto pelo bandeirante.

Juramento torna-se distrito em 1911 e em 12 de dezembro de 1953 passa à categoria de município, sendo emancipado e desmembrado do município de Montes Claros pela Lei 1039. A área de Juramento é de 432,52 km² e fica a 36 km de Montes Claros. A cidade de Juramento localiza-se na Região VI - Noroeste, sua altitude máxima é de 1256 m na Serra do Caturi e a mínima de 642 m no Rio da Prata . Seus principais rios são os rios Verde Grande, Juramento e Saracura e pertencem geograficamente à Bacia do rio São Francisco.(Fonte Secretaria de Cultura em 10/99 e CETEC).

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2014 era de 4 307 habitantes.[8]

A área de Juramento é de 432,52 km² e fica a 36 km de Montes Claros. A cidade de Juramento localiza-se na Região VI - Noroeste, sua altitude máxima é de 1256 m na Serra do Caturi e a mínima de 642 m no Rio da Prata . Seus principais rios são os rios Verde Grande, Juramento e Saracura e pertencem geograficamente à Bacia do rio São Francisco.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1987 a 1988 e a partir de 1991, a menor temperatura registrada em Juramento foi de 4,2 °C em 18 de julho de 2000,[9] e a maior atingiu 40 °C em 6 de novembro de 2015.[10] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 127 milímetros (mm) em 9 de fevereiro de 2004. Outros grandes acumulados iguais ou superiores a 100 mm foram 108,9 mm em 29 de março de 2017; 105 mm nos dias 9 de fevereiro de 1995, 2 de janeiro de 1997 e em 2 de dezembro de 1998; 103 mm em 27 de novembro de 2005 e 101 mm em 21 de janeiro de 2016.[11] Janeiro de 2016, com 614,5 mm, foi o mês de maior precipitação, superando o recorde anterior de 614,1 mm em dezembro de 2013.[12]

Dados climatológicos para Juramento
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 37,6 36 35,8 36 34,6 35 34 35,8 38,8 39,4 40 36,6 40
Temperatura máxima média (°C) 30,1 30,5 30,1 29,7 28,9 27,6 27,6 29 30,8 31,8 29,7 29,1 29,6
Temperatura média compensada (°C) 24 24,2 23,8 23 21,3 19,8 19,5 21 23,5 24,8 24 23,6 22,7
Temperatura mínima média (°C) 18,7 18,7 18,6 17,3 14,9 13 12 13,2 15,9 18,1 19 19 16,5
Temperatura mínima recorde (°C) 10,9 12,2 11 11 8,8 5,2 4,2 6,3 9 9,8 11,5 11,4 4,2
Precipitação (mm) 156 105,1 122,1 44,5 10,1 5,2 0,7 1,6 15,9 73,5 195,8 213,1 943,6
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 10 7 8 4 1 1 0 0 2 5 13 15 66
Umidade relativa compensada (%) 79,5 77,5 80,7 79,8 76,1 73,9 69,9 64,1 62,1 63,7 75,7 80,6 73,6
Horas de sol 216 211,6 214,7 227 250,7 248,4 258,6 278,5 246 229,6 168,4 163 2 712,5
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[13] recordes de temperatura:
01/01/1987 a 31/12/1988 e 01/01/1991 a 31/03/2002 e 01/01/2003-presente)[9][10]

Referências

  1. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 8. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  8. «IBGE - Cidades». IBGE. 2014. Consultado em 28 de agosto de 2014 
  9. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Juramento». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 6 de julho de 2018 
  10. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Juramento». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 6 de julho de 2018 
  11. «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Juramento». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 6 de julho de 2018 
  12. «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Juramento». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 6 de julho de 2018 
  13. «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 6 de julho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.