Juventus Stadium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Juventus Stadium
Juventus v Real Madrid, Champions League, Stadium, Turin, 2013.jpg
UEFA: Star full.svg Star full.svg Star full.svg Star full.svg
Nomes
Nome Juventus Stadium
Apelido Juventus Stadium
Antigos nomes Estádio delle Alpi
Características
Local Turim, Piemonte,  Itália
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Capacidade 41.475 espectadores
Construção
Data 2008-2011
Custo 100 milhões
Inauguração
Data 8 de Setembro de 2011
Partida inaugural Juventus Itália 1 – 1 Inglaterra Notts County
Primeiro gol Luca Toni pela Juventus aos 8 minutos de jogo
Outras informações
Proprietário Juventus Football Club
Administrador Juventus Football Club
Arquiteto Hernando Suarez e Gino Zavanella
Mandante Juventus Football Club

Juventus Arena é o nome temporário de um estádio de futebol em Turim, Piemonte, Itália que hospeda os jogos da Juventus e que é de propriedade da mesma sociedade. O nome oficial do estádio pertence a Sportfive, que comprou os direitos de nome do estádio em 2008.

Foi inaugurado num amistoso contra o Notts County, da Inglaterra (equipa que inspirou a uniforme da Juventus) e que terminou com o resultado de 1-1 (golos de Toni e Hughes).

A Juventus Arena foi construída no local onde se encontrava o antigo Stadio delle Alpi e tem uma capacidade de 41.000 pessoas, sendo um dos estádios considerados 4 Estrelas pela UEFA.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

No terreno ficava o antigo estádio da Juventus, o Stadio Delle Alpi, que foi concluído para a Copa do Mundo FIFA de 1990. Porém o povo de Turim ainda preferia o antigo Estádio Olímpico de Turim devido a sua melhor acessibilidade e melhor visibilidade dos jogos. A Juventus comprou o estádio em 2003.

A Juventus saiu do estádio em 2006 e começou os planos para construir um local com uma atmosfera mais intimista. Nesse íntervalo, a Vecchia Signora utilizou juntamente com o Torino o Estádio Olímpico de Turim que foi reformado para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2006.

Em novembro de 2008, o clube revelou o projeto para um estádio de 41.000 lugares. O novo estádio, construído a um custo de € 100 milhões (£ 90 milhões), que chegou a € 100 milhões; removeria a pista de atletismo e seria completamente remodelado.

A conclusão da Juventus Arena fez da Juventus o segundo clube italiano a construir estádio próprio, pois o primeiro é o Stadio del Giglio, da Reggiana, equipa da cidade de Reggio Emilia.

O então presidente da Juventus, Giovanni Cobolli Gigli, descreveu o estádio como "uma fonte de grande orgulho.".

A cerimônia de abertura do estádio foi realizada em 8 de setembro de 2011, com um amistoso contra o Notts County.

O novo Estádio conta com o primeiro shopping de Turim e um hotel

Instalações[editar | editar código-fonte]

O estádio tem uma capacidade de 41.000, incluindo 3.600 assentos premium e 120 executivos. As arquibancadas são apenas 7,5 m de altura. A distância entre as últimas linhas da arquibancada e o campo é de 49 m.

Além disso, o estádio abriga um 34.000 m² complexo comercial aberto todos os dias e estacionamento para 4.000 veículos. Um museu dedicado à história da Juventus também foi construído.

Direitos de Nome[editar | editar código-fonte]

A Juventus assinou um acordo com a Sportfive Itália, que deu à empresa nomeação exclusiva e parcial dos direitos de promoção e patrocínio para o novo estádio. No acordo, foi dado a Sportfive o direito ao nome do estádio e para o propagandas e lugares premium do estádio.

Fotos[editar | editar código-fonte]