Jyutping

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jyutping

Jyutpingexample.png

Chinês tradicional: 粵拼
Chinês simplificado: 粤拼

Jyutping (chinês: 粵拼, Jyutping: jyut6 ping3; AFI: jyːt̚˨ pʰɪŋ˧) é um sistema de romanização do cantonês, desenvolvido pela Sociedade Linguística de Honguecongue (Linguistic Society of Hong Kong, LSHK), um grupo académico, em 1993. A sua denominação formal é Esquema de Romanização do Cantonês da Sociedade Linguística de Honguecongue (The Linguistic Society of Hong Kong Cantonese Romanisation Scheme). A LSHK promove o uso deste sistema de romanização.

O nome Jyutping (que provém da romanização Jyutping do nome chinês, 粵拼) é uma contração composta pelos caracteres chineses dos termos jyut6 jyu5 (粵語, que significa "língua cantonesa") e ping3 jam1 (拼音, "alfabeto fonético").

História[editar | editar código-fonte]

O sistema Jyutping[1] constitui um avanço significativo de todos os sistemas anteriores de romanização do cantonês (aproximadamente doze, incluindo a obra pioneira de Robert Morrison em 1828 e os sistemas de romanização padrão, Yale e Sidney Lau) através da introdução das iniciais "z" e "c" e o uso de "eo" e "oe" nas finais, bem como a substituição da inicial "y", usada em todos os sistemas anteriores com "j".[2]

Iniciais[editar | editar código-fonte]

b
/p/
p
/pʰ/
m
/m/
f
/f/
d
/t/
t
/tʰ/
n
/n/
l
/l/
g
/k/
k
/kʰ/
ng
/ŋ/
h
/h/
gw
/kʷ/
kw
/kʰʷ/
w
/w/
z
/ts/
c
/tsʰ/
s
/s/
j
/j/

Finais[editar | editar código-fonte]

aa
/aː/
aai
/aːi/
aau
/aːu/
aam
/aːm/
aan
/aːn/
aang
/aːŋ/
aap
/aːp/
aat
/aːt/
aak
/aːk/
  ai
/ɐi/
西
au
/ɐu/
am
/ɐm/
an
/ɐn/
ang
/ɐŋ/
ap
/ɐp/
at
/ɐt/
ak
/ɐk/
e
/ɛː/
ei
/ei/
eu
/ɛːu/
掉 (*)
em
/ɛːm/
舐 (*)
  eng
/ɛːŋ/
ep
/ɛːp/
夾 (*)
  ek
/ɛːk/
i
/iː/
  iu
/iːu/
im
/iːm/
in
/iːn/
ing
/ɪŋ/
ip
/iːp/
it
/iːt/
ik
/ɪk/
o
/ɔː/
oi
/ɔːi/
ou
/ou/
  on
/ɔːn/
ong
/ɔːŋ/
  ot
/ɔːt/
ok
/ɔːk/
u
/uː/
ui
/uːi/
    un
/uːn/
ung
/ʊŋ/
  ut
/uːt/
uk
/ʊk/
oe
/œː/
eoi
/ɵy/
    eon
/ɵn/
oeng
/œːŋ/
  eot
/ɵt/
oek
/œːk/
yu
/yː/
      yun
/yːn/
    yut
/yːt/
 
      m
/m̩/
  ng
/ŋ̩/
     
  • As finais m e ng podem ser usadas como sílabas nasais independentes.
  • (*) Refere-se à pronúncia coloquial dessas palavras.

Tons[editar | editar código-fonte]

Há nove tons distribuídos em seis contornos tonais em cantonês. No entanto, como três dos nove são tons entrantes (入聲, Jyutping: jap6 sing1), que só aparecem em sílabas que terminam com p, t e k, estes não se separam dos outros números em Jyutping (apesar de se diferenciarem no pinyin cantonês; estes são mostrados na tabela abaixo entre parênteses).

Nome do tom jam1 ping4
(陰平)
jam1 soeng5
(陰上)
jam1 heoi3
(陰去)
joeng4 ping4
(陽平)
joeng4 soeng5
(陽上)
joeng4 heoi3
(陽去)
gou1 jam1 jap6
(高陰入)
dai1 jam1 jap6
(低陰入)
joeng4 jap6
(陽入)
Número do tom 1 2 3 4 5 6 1 (7) 3 (8) 6 (9)
Nome do tom em português nível alto ou alto descendente médio ascendente nível médio baixo descendente baixo ascendente nível baixo tom entrante alto tom entrante médio tom entrante baixo
Contorno[3] ˥ 55 / ˥˧ 53 ˧˥ 35 ˧ 33 ˨˩ 21 / ˩ 11 ˩˧ 13 ˨ 22 ˥ 5 ˧ 3 ˨ 2
Exemplo (caracteres chineses)
Exemplo (Jyutping) fan1 fan2 fan3 fan4 fan5 fan6 fat1 faat3 fat6

Comparação com a romanização Yale[editar | editar código-fonte]

Jyutping e a romanização do cantonês Yale representam as pronúncias cantonesas com as mesmas letras em:

  • As iniciais: b, p, m, f, d, t, n, l, g, k, ng, h, s, gw, kw, w.
  • As vogais: aa (exceto quando usada sozinha), a, e, i, o, u, yu.
  • As consoantes nasais: m, ng.
  • As codas: i, u, m, n, ng, p, t, k.

Mas diferem-se nos seguintes casos:

  • As vogais eo e oe representam /ɵ/ e /œː/ em Jyutping, respetivamente, enquanto que eu representa ambas as vogais no sistema Yale.
  • A inicial j representa /j/ em Jyutping, enquanto que y é utilizado no sistema Yale.
  • A inicial z representa /ts/ em Jyutping, enquanto que j é utilizado no sistema Yale.
  • A inicial c representa /tsʰ/ em Jyutping, enquanto que ch é utilizado no sistema Yale.
  • Em Jyutping, se nenhuma consoante precede a vogal yu, então a inicial j é acrescentada antes da vogal. Em Yale, a inicial correspondente y não é acrescentada antes de yu sob nenhuma circunstância.
  • Jyutping define três finais que não se encontram na romanização Yale: eu /ɛːu/, em /ɛːm/ e ep /ɛːp/. Estas três finais são usadas em palavras coloquiais do cantonês, como deu6 (掉), lem2 (舐) e gep6 (夾).
  • Para representar os tons, na romanização Jyutping são utilizados apenas os números, enquanto que na romanização Yale são utilizados originalmente os acentos ortográficos, juntamente com a letra h (embora os números tonais possam ser usados também em Yale).

Comparação com o pinyin cantonês[editar | editar código-fonte]

Jyutping e o pinyin cantonês representam as pronúncias cantonesas com as mesmas letras em:

  • As iniciais: b, p, m, f, d, t, n, l, g, k, ng, h, s, gw, kw, j, w.
  • As vogais: aa, a, e, i, o, u.
  • As consoantes nasais: m, ng.
  • As codas: i (exceto pelo seu uso na coda /y/ em Jyutping; ver abaixo), u, m, n, ng, p, t, k.

Mas existem diversas diferenças:

  • A vogal oe representa /ɵ/ e /œː/ no pinyin cantonês, enquanto que eo e oe representam /ɵ/ e /œː/ em Jyutping, respetivamente.
  • A vogal y representa /y/ no pinyin cantonês, enquanto que yu (usado no núcleo silábico) e i (usado na coda da final -eoi) são usados em Jyutping.
  • A inicial dz representa /ts/ no pinyin cantonês, enquanto que z é utilizado em Jyutping.
  • A inicial ts representa /tsʰ/ no pinyin cantonês, enquanto que c é utilizado em Jyutping.
  • Para representar os tons, os números de 1 a 9 são utilizados geralmente no pinyin cantonês, embora seja aceitável o uso da substituição de 1, 3 e 6 para 7, 8 e 9 nos tons entrantes. No entanto, apenas os números de 1 a 6 são utilizados em Jyutping.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Romanização da frase "eu sou chinês".
Tradicional Simplificado Romanização
廣州話 广州话 gwong2 zau1 waa2
粵語 粤语 jyut6 jyu5
你好 你好 nei5 hou2

Pronúncia do antigo poema chinês Trezentos Poemas da Dinastia Tang:

春曉
孟浩然
Ceon1 Hiu2
Maang6 Hou6 Jin4
春眠不覺曉, Ceon1 min4 bat1 gok3 hiu2,
處處聞啼鳥。 cyu3 cyu3 man4 tai4 niu5.
夜來風雨聲, Je6 loi4 fung1 jyu5 sing1,
花落知多少? faa1 lok6 zi1 do1 siu2?

Método de introdução de Jyutping[editar | editar código-fonte]

O método Jyutping (chinês tradicional: 粵拼輸入法) refere-se a uma família de métodos de introdução, baseados no sistema de romanização Jyutping.

O método Jyutping permite que o utilizador insira os caracteres chineses, utilizando a romanização Jyutping de um carácter chinês (com ou sem tom, dependendo do sistema) para encontrar uma lista de caracteres com esta pronunciação dos quais são escolhidos os que o utilizador procurava.

Referências

  1. «The Jyutping Scheme» (em inglês). Sociedade Linguística de Honguecongue. Consultado em 21 de junho de 2016. 
  2. Shin Kataoka e Cream Lee (2008). «A System without a System: Cantonese Romanization Used in Hong Kong Place and Personal Names». Hong Kong Journal of Applied Linguistics (em inglês): 94–98 
  3. Matthews, Stephen; Yip, Virginia (1994). Cantonese: A Comprehensive Grammar. Col: Routledge Comprehensive Grammars (em inglês). Londres: Routledge. ISBN 978-0415089456 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons