K2-18b

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
K2-18b
K2-18b
Impressão artística do K2-18b (à direita) orbitando a anã vermelha K2-18
Características orbitais
Excentricidade 0.20±0.08
Período orbital 32.939623+0.000095
−0.000100
 dia
Inclinação 89.5785°+0.0079°
−0.0088°
°
Argumento do periastro −0.10+0.81
−0.59
 rad
Longitude do nó ascendente 3.55+0.57
−0.58
 m/s
Características físicas
Massa 8.63±1.35 M[1] kg
Densidade média 2.38 g/cm3 g/cm³
Gravidade superficial 1.18 g (física) m/s2

K2-18b, também conhecido como EPIC 201912552 b, é um exoplaneta que está orbitando em torno de K2-18, uma estrela anã vermelha, localizada a cerca de 124 anos-luz (38 pc de distância a partir da Terra, na constelação de Leão) Ele é 2,6 vezes o raio e 8,6 vezes a massa da Terra. O planeta completa uma órbita a cada 33 dias[2][3] e tem um Índice de Similaridade com a Terra (ESI) de 0,73.[4][5] O K2-18b é o único exoplaneta conhecido por ter água e temperaturas que podem sustentar a vida.[6]

Este planeta foi descoberto pela sonda espacial Kepler, durante a sua missão estendida K2, Campanha 1. A assinatura da velocidade radial deste planeta é mascarada por variações devido à atividade estelar, impedindo uma determinação exata da massa. K2-18b pode ser um alvo interessante para estudos atmosféricos de exoplanetas em trânsito.[3]

Em 2019 foi relatada a presença de vapor de água na atmosfera do K2-18b, chamando a atenção para este sistema.[7] Em 2023, o Telescópio Espacial James Webb detectou dióxido de carbono e metano na atmosfera do exoplaneta K2-18b. Os dados do JWST foram interpretados de várias maneiras como um oceano de água ou um planeta oceânico de magma com uma atmosfera rica em hidrogénio e um mini-Neptuno rico em gás. K2-18b foi estudado como um mundo potencialmente habitável que, deixando de lado a temperatura, se assemelha mais a um planeta gasoso como Urano ou Netuno do que à Terra.

Características físicas[editar | editar código-fonte]

Devido a seu elevado raio, ligeiramente menor do que Kepler-22b, este planeta pode ser um "mundo oceânico", comparável ao Gliese 1214 b, que é conhecido por ser um planeta rico em água, ou poderia ter um escudo exterior gasoso semelhante a Kepler-11f um dos menores planetas gasosos conhecidos.

Atmosfera[editar | editar código-fonte]

Em 12 de setembro de 2019, de acordo com informações obtidas do telescópio espacial Hubble, foi detectado vapor d'água nesse exoplaneta. A atmosfera é rica em hidrogênio com uma quantidade significativa de vapor de água.Os níveis de outros produtos químicos, como metano e amônia, estavam abaixo do esperado para essa atmosfera.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cloutier, R.; et al. (7 de janeiro de 2019). «Confirmation of the radial velocity super-Earth K2-18c with HARPS and CARMENES». Astronomy & Astrophysics. 621. A49. Bibcode:2019A&A...621A..49C. arXiv:1810.04731Acessível livremente. doi:10.1051/0004-6361/201833995 
  2. «K2-18 b CONFIRMED PLANET OVERVIEW PAGE» (em inglês). NASA Exoplanet Archive. Consultado em 7 de março de 2016 
  3. a b «EPIC 201912552» (em inglês). Open Exoplanet Catalogue. Consultado em 7 de março de 2016 
  4. «HABITABLE EXOPLANETS CATALOG» (em inglês). Consultado em 7 de março de 2016 
  5. «EPIC 201912552 b reality check drewexmachina 11-22-2015» (em inglês). Consultado em 7 de março de 2016 
  6. «First Water Detected on Planet in the Habitable Zone». Tech Explorist (em inglês). 11 de setembro de 2019. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  7. Madhusudhan, Nikku; Constantinou, Savvas; Moses, Julianne I.; Piette, Anjali; Sarkar, Subhajit (1 March 2021). «Chemical Disequilibrium in a Temperate sub-Neptune». JWST Proposal. Cycle 1. 2722 páginas. Bibcode:2021jwst.prop.2722M  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «Astronomers have found an exoplanet to be potentially habitable». Tech Explorist (em inglês). 27 de fevereiro de 2020. Consultado em 27 de fevereiro de 2020