Kabengele Munanga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kabengele Munanga
Nascimento 22 de junho de 1940 (80 anos)
Cidadania Brasil, República Democrática do Congo
Alma mater Universidade de São Paulo
Ocupação antropólogo, professor universitário
Prêmios Ordem do Mérito Cultural
Empregador Universidade de São Paulo

Kabengele Munanga (Bakwa Kalonji, 22 de junho de 1942) é um antropólogo e professor brasileiro-congolês.[1] É especialista em antropologia da população afro-brasileira, atentando-se a questão do racismo na sociedade brasileira. Kabengele é graduado pela Université Oficielle du Congo (1969) e doutor em Antropologia pela Universidade de São Paulo (1977).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kabengele Munanga nasceu na aldeia de Bakwa Kalonji, no Congo Belga, membro dos lubas. Aos dez anos deixou a aldeia para estudar em outras cidades, em escolas coloniais católicas. Em 1964 ingressou no curso de Ciências Sociais da Universidade Oficial do Congo, em Lubumbashi, inscrevendo-se dois anos depois no recém-criado curso de Antropologia. Ao terminar a graduação em 1969, foi convidado para fazer mestrado na Universidade de Lovaina, na Bélgica. Kabengele voltou ao Congo para terminar sua dissertação, mas não pôde concluí-la; o domínio político da ditadura da recém-criada República do Zaire sobre a universidade o impediu. Chegou ao Brasil por convite do professor Fernando Mourão, da Universidade de São Paulo, onde terminou seu doutorado e retornou ao Congo.[1] Em 1980 estabeleceu-se no Brasil, para assumir a cadeira de Antropologia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. No ano seguinte, muda-se para São Paulo. Foi professor de antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, vice-diretor do Museu de Arte Contemporânea, diretor do Museu de Arqueologia e Etnologia e do Centro de Estudos Africanos da USP. Desde 2014 é professor visitante sênior da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.[2]

Kabengele foi agraciado com a Ordem do Mérito Cultural em 2002. [3]

Publicações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Jaime, Pedro; Lima, Ari (2013). «Da África ao Brasil Entrevista com o Prof. Kabengele Munanga». Revista de Antropologia, São Paulo. 56 (1). Consultado em 30 de maio de 2017 
  2. Line, A TARDE On. «Kabengele Munanga: "É preciso unir as lutas, sem abrir mão das especificidades"». Portal A TARDE 
  3. «Ministério da Cultura-Ordem do Mérito Cultural 1995-2002». Consultado em 20 de setembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Currículo Lattes de Kabengele Munanga