Kadsura japonica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaKadsura japonica
Kadsura japonica 1.JPG
Classificação científica
Reino: Plantae
Ordem: Austrobaileyales
Família: Austrobaileyaceae
(L.) Dunal.

Kadsura japonica, (実葛 sane-zakura, "videira real", em japonês),[1] comumente conhecida como a videira de Kadsura ou simplesmente Kadsura, é uma espécie de planta nativa das florestas do Japão (Honshū, Kyūshū e as Ilhas Ryukyu). As larvas da mariposa Caloptilia kadsurae se alimentam da K. japonica nas principais ilhas japonesas de Ryukyu.[2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

É uma planta trepadeira que cresce de 2,4 m a 4,6 m de altura, adequada para climas quentes,[3] de folha persistente com uma textura lisa como as folhas da Magnolia mas têm apenas quatro ou cinco polegadas de comprimento, às vezes serrilhadas ou lisas e são de um verde brilhante,[4] tornam-se ligeiramente vermelhas no Outono, seus frutos são escarlates, muito brilhantes[5] e tem as flores brancas dioicias.[6][7]

As folhas possui uma muscilagem viscosa que usada para a produção do papel, inicialmente foi usada na China e Japão para a fixação de adereços de cabeça.[8]

O fruto é esférico e tem diâmetro de 2 a 3cm, amadurecem para a cor vermelho em novembro, na região de Kanto, cada fruto possui de 2 a 5 sementes em forma de rim e comprimento de cerca de 5mm.[9]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

No Japão, é comum em Honshu (oeste de Kanto), Shikoku, na zona montanhosa de Kyushu, à beira das florestas verdes e de pinheiros no Monte Rokkō[10]

Na China, pode ser encontrada em Fujian e na ilha de Taiwan.[11]

Sinônimos[editar | editar código-fonte]

A espécie Kadsura japonica possui 2 sinônimos reconhecidos atualmente.[12]

  • Kadsura matsudae Hayata
  • Schisandra japonica (L.) Baill.

Paisagismo[editar | editar código-fonte]

A Kadsura japonica é cultivada como uma planta ornamental em jardins e também tem frutas comestíveis que podem ser comidas cruas ou cozidas.[13]

Variedades como a Kadsura japonica "Fukurin" não cresce bem sob luz solar direta e calor e produz frutos vermelhos somente quando ambos os sexos estão presentes em uma área. As bagas vermelhas são produzidas somente em plantas fêmeas e somente quando a polinização e a fertilização tiverem ocorrido.[14]

Uso medicinal[editar | editar código-fonte]

Os frutos secos têm uso medicinal[8] como tônico, estimulante, expectorante, para dor do estômago, tosse e asma.[1]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Umberto Quattrocchi (2016). CRC World Dictionary of Medicinal and Poisonous Plants: Common Names, Scientific Names, Eponyms, Synonyms, and Etymology. (5 Volume Set). CRC Press. p. 2157. ISBN 978-1-4822-5064-0.
  2. «Kadsura japonica (L.) Dunal.» (em inglês). GBIF. Consultado em 7 de novembro de 2016  (em inglês)
  3. Lewis Hill (2016). Pruning Made Easy: A Gardener's Visual Guide to When and How to Prune Everything, from Flowers to Trees. Storey Publishing, LLC. p. 613. ISBN 978-1-60342-216-1. (em inglês)
  4. Henry Mitchell; Allen Lacy (1999). Henry Mitchell on Gardening. Houghton Mifflin Harcourt. p. 177. ISBN 0-395-95767-2.
  5. «Illiciales». Encyclopædia Britannica. Consultado em 9 de novembro de 2016 
  6. «Kadsura japonica». NC State University. Consultado em 9 de novembro de 2016  (em inglês)
  7. pfaf.org: Kadsura matsudai (Kadsura japonica) (em inglês)
  8. a b Peter Hanelt; Institute of Plant Genetics and Crop Plant Research. (2001). Mansfeld's Encyclopedia of Agricultural and Horticultural Crops: (Except Ornamentals). Springer Science & Business Media. p. 148. ISBN 978-3-540-41017-1.
  9. «サネカズラ(実葛)». Matsue Hana. Consultado em 7 de novembro de 2016  (em japonês)
  10. «サネカズラ(実葛)». Toyokan. Consultado em 7 de novembro de 2016  (em japonês)
  11. Jingyun Fang; Zhiheng Wang; Zhiyao Tang (2011). Atlas of Woody Plants in China: Distribution and Climate. Springer Science & Business Media. p. 312. ISBN 978-3-642-15017-3.
  12. «Kadsura japonica» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 10 de novembro de 2016 
  13. Pink, A. (2004). Gardening for the Million. [S.l.]: Project Gutenberg Literary Archive Foundation  (em inglês)
  14. «Kadsura japonica 'Fukurin' /Kadsura Vine» (em inglês). OnlinePlantGuide.com. Consultado em 7 de novembro de 2016