Kaiju

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Kaiju (怪獣, kaijū?) é uma palavra japonesa que significa "besta estranha", "animal incomum", mas que costuma ser traduzida como "monstro". Especificamente, é usada para se referir a um gênero de tokusatsu.

O Daikaiju (monstro gigante) Godzilla do filme Godzilla de 1954, um dos primeiros filmes japoneses em que participa um monstro gigante.

Termos relacionados incluem "kaiju eiga (怪獣映画 ? filme de monstro)", um filme com kaiju, "kaijin" (referindo-se a monstros vagamente humanóides) e daikaijū (大怪獣? monstro grande), especificamente se referindo a uma variação maior de monstros.

O kaiju mais famoso é Godzilla, e entre outros bastante conhecidos estão Mothra, Mechagodzilla, Gamera, Rodan e King Ghidorah. Apesar de kaiju e kaijin quase sempre terem sua aparência inspirada em animais convencionais, insetos ou criaturas mitológicas, há exemplos mais exóticos, apresentados inicialmente nas franquias televisivas Super Sentai e Kamen Rider. Por exemplo, Choujin Sentai Jetman apresentava monstros baseados em pacotes de pipoca, semáforos e tomates. Kamen Rider Super-1 contava com um exército de monstros baseados em objetos do cotidiano, como guarda-chuvas e escadas.

Apesar de o termo kaiju ser usado no ocidente para descrever monstros de tokusatsu e do folclore japonês, criaturas como vampiros, lobisomens, o monstro de Frankenstein, múmias e zumbis também podem se encaixar nesta categoria no Japão. De fato, o monstro de Frankenstein foi uma vez apresentado como um daikaiju no filme "Frankenstein contra Baragon, o monstro subterrâneo" (フランケンシュタイン対地底怪獣バラゴン, Furankenshutain Tai Chitei Kaijū Baragon, Japão, 1965), criado pela companhia Toho.

Filmes com Kaijus[editar | editar código-fonte]

Criadores de filmes Kaiju[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Japão é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.