Kallima paralekta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaKallima paralekta
Vista superior do macho de K. paralekta, pousado.
Vista superior do macho de K. paralekta, pousado.
Vista inferior de K. paralekta, mostrando seu aspecto de "borboleta-folha".
Vista inferior de K. paralekta, mostrando seu aspecto de "borboleta-folha".
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Lepidoptera
Subordem: Papilionoidea
Família: Nymphalidae
Subfamília: Nymphalinae
Tribo: Kallimini[1]
Género: Kallima
Doubleday, [1849][1]
Espécie: K. paralekta
Nome binomial
Kallima paralekta
(Horsfield, 1829)[2]
A região oeste das grandes Ilhas da Sonda é o habitat de K. paralekta.
Sinónimos
Paphia paralekta Horsfield, [1829][1]
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Kallima paralekta

Kallima paralekta (Horsfield, 1829)[2] é uma espécie de inseto da ordem Lepidoptera; uma borboleta da família Nymphalidae e subfamília Nymphalinae com subespécies que se distribuem pela região oeste das grandes Ilhas da Sonda (em Java: Kallima paralekta ssp. paralekta; e Sumatra: Kallima paralekta ssp. trebonia Fruhstorfer, 1909).[1] Ao contrário do que ocorre com Kallima inachus, outra espécie do seu gênero, macho e fêmea são diferentes, com fêmeas sem apresentar asas de um azulado metálico, com uma faixa contínua, de amarelo-escura a laranja; mas com áreas enegrecidas no ápice das asas anteriores e com duas pontuações brancas, assim como nos machos, vistas por cima; com padronagem de folha em vista inferior. A variabilidade desta espécie em seu padrão foliar está bem demonstrada, sendo muito difícil encontrar dois lados inferiores exatamente iguais em espécimes diferentes; mas esta variação não é infinita, revelando oito ou dez formas básicas de padronagem[3]; no entanto a semelhança desta "borboleta-folha" com uma folha seca é extremamente realista e lhes dá sua denominação vernácula, em inglês: Indian Leaf (na tradução para o português, "folha-indiana", embora não seja da Índia).[1] Em uma passagem memorável de sua obra The Malay Archipelago, Alfred Russel Wallace detalhou sua dificuldade ao perseguir Kallima paralekta, que pregou peças com seus olhos por tal camuflagem.[4] Suas lagartas se alimentam de plantas dos gêneros Pseuderanthemum e Strobilanthes (família Acanthaceae).[1]

Referências

  1. a b c d e f Savela, Markku. «Kallima paralekta» (em inglês). Lepidoptera and some other life forms. 1 páginas. Consultado em 20 de julho de 2018 
  2. a b «paralekta Horsfield, 1829 - Valid Name» (em inglês). Natural History Museum, London. 1 páginas. Consultado em 20 de julho de 2018 
  3. SMART, Paul (1975). The Illustrated Encyclopaedia of the Butterfly World, In Colour. Over 2.000 species reproduced life size (em inglês). London: Salamander Books Ltd. p. 62-63. 274 páginas. ISBN 0-86101-101-5 
  4. Kamalanathan, Veenakumari; Mohanra, Prashanth (22 de maio de 2012). «The Life Cycle and Immature Stages of Kallima albofasciata, the Endemic Oakleaf, in the Andaman Islands (Indian Ocean, Bay of Bengal)» (em inglês). Journal of Insect Science (NCBI). 1 páginas. Consultado em 19 de julho de 2018. In a memorable passage in The Malay Archipelago, Wallace (1962) details his travails in pursuing Kallima paralekta (Horsfield), which played tricks with his eyes as the many attempts that he made at capturing them proved futile and they disappeared from his sight each time they rose into the air when disturbed and settled with their wings folded amongst the foliage.