Kamionka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kamionka
Kamionka
POL gmina Kamionka.svg
A 436 Kościół par. p.w. śś. Piotra i Pawła (poł. XVI-XIX) plebania.jpg
Presbitério histórico
Voivodia Lublin
Condado Lubartów
Comuna Kamionka
Área 5,27 km²
População (2011) 1 925[1][2] habitantes
Densidade 365 hab/km²
Código telefônico (+48) 81
Matrículas de automóveis LLB
Website https://www.kamionka.pl/urzad-gminy/
Localização
Localização de Kamionka na Polónia 51° 28' 14" N 22° 27' 47" E
Cidade da Polónia Flag of Poland.svg

Kamionka é um município da Polônia, na voivodia de Lublin, no condado de Lubartów e sede da comuna urbano-rural de Kamionka. Estende-se por uma área de 5,27 km², com 1 925 habitantes, segundo os censos de 2011, com uma densidade de 365 hab/km².[1][2]

Historicamente, está localizada na Pequena Polônia, região de Lublin.[3]

Fundada por volta de 1450–1458 como uma cidade nobre privada.[4] Na segunda metade do século XVI, estava localizada no condado de Lublin, na voivodia de Lublin.[5] Perdeu seus direitos de cidade em 13 de janeiro de 1870.[6] A vila recebeu o estatuto de cidade novamente em 1 de janeiro de 2021.[7]

De 1874 a 1954 foi sede da comuna de Kamionka,[8][9][10] 1954–1972 da Gromada Kamionka[11] e, a partir de 1973, novamente a comuna de Kamionka.[12] Nos anos de 1975 a 1998, a cidade fazia parte administrativamente da Província de Lubelskie.

Partes integrantes da cidade de Kamionka[13][14]
Identificador Nome
0382496 Grabowy Las
0382504 Kokosz
0382510 Krzywy Dąb
0382527 Laski
0382533 Nowy Skrobów
0382540 Ostrów
0382579 Polny Młyn
0382585 Stare Pole

História[editar | editar código-fonte]

A menção mais antiga preservada de Kamionka (Camon'ka) data de 1415.

Em 1450, Jan de Oleśnica, com o consentimento do rei Casimiro IV Jagelão, transformou o sistema jurídico da cidade do polonês para o alemão, o que melhorou muito a situação econômica e jurídica dos habitantes.

Em 1656, Kamionka foi saqueada e incendiada pelo exército sueco e perdeu antigos privilégios reais. Jacek Michałowski - o então proprietário, starosta de Klepice, restaurou a lei de Magdeburgo para a cidade com o permissão de João II Casimiro Vasa em 1659. As epidemias que assolaram a cidade dizimaram a população e incêndios em 1806 e 1845 destruíram seus edifícios. A Revolta de Janeiro foi um grande golpe para a cidade: muitos habitantes morreram em batalhas e escaramuças, muitos outros foram presos e levados para a Sibéria.

Em 13 de janeiro de 1870, Kamionka foi privada de seus direitos municipais.[15] Recebeu o estatuto de assentamento e tornou-se a sede da comuna.

Em 27 de janeiro de 2020, os vereadores do Conselho comunal de Kamionka adotaram uma resolução sobre a realização de consultas públicas sobre a recuperação dos direitos municipais por Kamionka, que terminou em 16 de março de 2020, com 72,04% dos eleitores a favor da recuperação dos direitos municipais, 12,73% contra, 14,60% se abstiveram, 0,63% votos inválidos.[16] Kamionka recuperou o estatuto de cidade em 1 de janeiro de 2021.[7]

Monumentos[editar | editar código-fonte]

  • A igreja paroquial de São Pedro e São Paulo - uma igreja de tijolos erguida no final do século XV ou no início do século XVI, a mais antiga do condado de Lubartów, e uma das mais antigas da voivodia de Lublin. Ela manteve sua forma gótica, o que a torna única na região de Lublin;
  • Capela do túmulo da família Weyssenhoff de 1848;
  • Casas históricas e edifícios agrícolas;
  • Cemitério católico: a capela do túmulo da família Zamoyski de 1890 a 1893 e lápides históricas;
  • Cemitério judeu


Referências

  1. a b «Kamionka (Lublin) mapas, imobiliário, GUS, acomodações, escolas, região, atrações, códigos postais, desemprego, salário, ganhos, educação, tabelas, demografia, jardins de infância». Polska w liczbach (em polonês). Consultado em 12 de fevereiro de 2020 
  2. a b GUS. «Área e população no perfil territorial em 2016». stat.gov.pl (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2020 
  3. Livro do tribunal da cidade de Kamionki na região de Lublin 1481-1559. Lublin: Wydawnictwo Uniwersytetu Marii Curie-Skłodowskiej. 2009. OCLC 456668553 
  4. Zenon Guldon, Jacek Wijaczka, Skupiska e as comunidades judaicas na Polônia até o final do século XVI, em: Tempos Modernos, 21, 2008, p. 157.
  5. Voivodia de Lublin na segunda metade do século XVI, Varsóvia 1966, mapa.
  6. Despacho de 19 (31) de dezembro de 1869, promulgado em 1 (13) de janeiro de 1870 (Diário Oficial, ano 1869, vol. 69, n.º 239, p. 465).
  7. a b «Regulamento do Conselho de Ministros de 31 de julho de 2020 que estabelece os limites de determinados municípios e cidades, atribuindo a determinadas localidades o estatuto de cidade, alterando o nome do município e a sede das autarquias». isap.sejm.gov.pl. Consultado em 11 de julho de 2021 
  8. Índice do Reino da Polônia, ou seja, uma lista alfabética de cidades, vilas, fazendas, colônias e todas as nomenclaturas nas governadorias do Reino da Polônia, mostrando: governadoria, condado, comuna, paróquia, tribunal de paz ou comuna e o correio mais próximo estação, junto com uma lista separada de comunas de acordo com os seus mais recentes números e nomes dispostos, mostrando: a distância de cada comuna da cidade condado e seu tribunal municipal; se e quais fábricas ou estabelecimentos industriais, escolas, etc. estão localizadas na comuna, e a população de cada comuna, incluindo a divisão do recém-estabelecido judiciário nacional. Vol. 2.
  9. «Dicionário geográfico do Reino da Polônia e outros países eslavos, Volume V - resultado da pesquisa - DIR». dir.icm.edu.pl. Consultado em 11 de julho de 2021 
  10. Índice de lugares da República da Polônia - Volume IV - Voivodia de Lublin, Escritório Central de Estatística da República da Polônia, Varsóvia, 1924.
  11. Resolução n.º 11 do Conselho Nacional Provincial em Lublin de 5 de outubro de 1954 sobre a divisão do condado de Lubartów em novos aglomerados; como parte da Ordem do Presidium do Conselho Nacional Provincial em Lublin de 23 de novembro de 1954 sobre o anúncio das resoluções do Conselho Nacional Provincial em Lublin de 5 de outubro de 1954 sobre a reforma da divisão administrativa das aldeias (Jornal Oficial do Conselho Nacional Provincial em Lublin de 3 de dezembro de 1954, No. 15, Item 64).
  12. Resolução No. XXI / 92/72 do Conselho Nacional Provincial em Lublin de 5 de dezembro de 1972 sobre a criação de municípios na Voivodia de Lublin (Diário Oficial do Conselho Nacional Provincial em Lublin de 20 de dezembro de 1972, No. 12, item 239).
  13. «Regulamento do Ministro da Administração e Digitalização de 13 de dezembro de 2012 sobre a lista de nomes oficiais de localidades e suas partes». isap.sejm.gov.pl. Consultado em 11 de julho de 2021 
  14. «Escritório Central de Estatística». eteryt.stat.gov.pl. Consultado em 11 de julho de 2021 
  15. Despacho de 19 (31) de dezembro de 1869, promulgado em 1 (13) de janeiro de 1870 (Diário Oficial, 1869, vol. 69, no. 239, p. 471).
  16. Kamionka, Gmina. «Resultados de consultas públicas sobre a concessão de direitos municipais à aldeia de Kamionka». Gmina Kamionka (em polonês). Consultado em 12 de julho de 2021 


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Kamionka