Kanada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Kanada (em sânscrito: कणाद)[1][2] foi um sábio e filósofo indiano que fundou a escola Vaisheshika da filosofia indiana.[3][4]

Estima-se que tenha vivido em algum momento entre o século VI ao século II a.C., mas pouco se sabe sobre sua vida.[4][5][6] Seu nome tradicional "Kanada" significa "comedor de átomos"[7] e ele é conhecido por desenvolver as fundações de um naturalismo atomista da filosofia indiana no texto sânscrito Vaisheshika Sutra.[8][9] Seu texto também é conhecido como Kanada Sutras, ou Aforismos de Kanada.[10]

A escola fundada por Kanada tentou explicar a criação e a existência do Universo propondo uma teoria atomística, aplicando lógica e o realismo, e está entre uma das mais antigas ontologias realista sistemáticas conhecida na história humana.[11] Kanada sugeriu que tudo pode ser subdividido, mas esta subdivisão não pode durar para sempre e deve haver entidades menores (parmanu) que não podem ser divididas, que são eternas, que agregam de maneiras diferentes para produzir substâncias complexas e corpos com identidade única, em um processo que envolve o calor , sendo esta a base para toda a existência material.[12][13] Ele usou essas ideias com o conceito de Atman (alma) para desenvolver um não-teísta relacionado ao moksha.[14][15] As ideias de Kanada eram influentes em outras escolas de hinduísmo, como a escola Nyaya.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sharma 2000, p. 175.
  2. Riepe 1961, p. 228 with footnote 12.
  3. Bart Labuschagne & Timo Slootweg 2012, p. 60, Quote: "Kanada, a Hindu sage who lived either around the 6th or 2nd century BCE, and who founded the philosophical school of Vaisheshika..
  4. a b Jeaneane D. Fowler 2002, pp. 98-99.
  5. Oliver Leaman (1999), Key Concepts in Eastern Philosophy. Routledge, ISBN 978-0415173629, page 269
  6. J Ganeri (2012), The Self: Naturalism, Consciousness, and the First-Person Stance, Oxford University Press, ISBN 978-0199652365
  7. Jeaneane D. Fowler 2002, p. 99.
  8. Riepe 1961, pp. 227-229.
  9. "The Vaisesika sutras of Kanada. Translated by Nandalal Sinha" Full Text at archive.org
  10. Riepe 1961, p. 229.
  11. a b Jeaneane D. Fowler 2002, p. 98.
  12. H. Margenau 2012, p. xxx-xxxi.
  13. Jeaneane D. Fowler 2002, pp. 100-102.
  14. James G. Lochtefeld (2002). The Illustrated Encyclopedia of Hinduism: N-Z. [S.l.]: The Rosen Publishing Group. pp. 729–731. ISBN 978-0-8239-3180-4 
  15. Sharma 2000, p. 177-186.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.