Kanonenjagdpanzer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kanonenjagdpanzer
Bundesarchiv B 145 Bild-F027425-0001, Kanonenjagdpanzer (KanJPz) - Jagdpanzer Kanone 90 mm.jpg
Um Kanonenjagdpanzer alemão, junho de 1965.
Local de origem  Alemanha Ocidental
História operacional
Em serviço 19651990
Utilizadores  Alemanha Ocidental
 Bélgica
Histórico de produção
Data de criação 1960
Fabricante Hanomag
Henschel & Sohn
Mowag
Período de
produção
1965–1967
Quantidade
produzida
770 unidade(s)
Especificações
Peso 27,5 t
Comprimento 8,75 m (8 800 mm)
Largura 2,98 m (3 000 mm)
Altura 2,09 m (2 100 mm)
Tripulação 4 (comandante, artilheiro, municiador e condutor)
Blindagem do veículo Frontal: 50 mm
Lateral: 50 mm
Teto: 10 mm
Armamento
primário
1 × canhão Rheinmetall BK 90/L40 de 90 mm
Armamento
secundário
2 × metralhadoras MG3 de 7,62 mm
8 × lançadores de granadas fumígenas
Motor 1 × MTU MB-837 V8 a diesel
500 cv (368 kW)
Suspensão Barra de torção
Alcance
Operacional
385 km (240 mi)
Velocidade 70 km/h (em estrada)

O Kanonenjagdpanzer foi um caça-tanque desenvolvido pela Alemanha Ocidental durante a Guerra Fria.[1][2][3] Seu design foi baseado no Jagdpanzer IV, um caça-tanque utilizado pela Alemanha Nazista durante a Segunda Guerra Mundial.[1]

Design, desenvolvimento e serviço[editar | editar código-fonte]

O Kanonenjagdpanzer era um veículo de alta mobilidade e de baixo perfil. Seu chassi possuía uma blindagem em aço soldado com uma espessura máxima de 50 mm. Possuía 4 tripulantes: o comandante, o condutor, o artilheiro e o carregador.[2]

O Kanonenjagdpanzer seguiu o projeto da maioria dos caça-tanques alemães da Segunda Guerra Mundial: seu canhão foi equipado dentro de uma estrutura em casamata. O canhão de 90 mm só poderia rotacionar 15 graus na horizontal, e elevar de -8 a +15 graus. Poderia transportar um máximo de 51 projéteis para o canhão principal de 90 mm, e 4,000 projéteis para as duas metralhadoras secundárias de 7,62 mm. Contavam ainda com proteção contra armas nucleares, radiológicas, biológicas e químicas, para além de equipamentos para combate noturno.[2]

Os primeiros protótipos do Kanonenjagdpanzer foram construídos em 1960 pela Hanomag e pela Henschel para a Alemanha Ocidental, e pela MOWAG para a Suíça. Entre 1966 e 1967, 770 unidades foram construídas para a Bundeswehr, 385 pela Hanomag e 385 pela Henschel.[1][2][3] Oitenta deles foram entregues para a Bélgica a partir de abril de 1975.

Quando os soviéticos começaram a empregar seus carros de combates modernos, como o T-64 e o T-72, ficou claro que o canhão de 90 mm do Kanonenjagdpanzer não era capaz de combate-los à longo alcance, e o Kanonenjagdpanzer tornou-se obsoleto. Embora os fabricantes alegassem que o blindado poderia ser reequipado com uma canhão de 105 mm, entre 1983 e 1985, 163 unidades do blindado foram convertidos para o Jaguar 2, que possuíam lançadores de míssil antitanque, ao invés de um canhão convencional. Algumas outras unidades foram convertidas em veículos de observação de artilharia, removendo o canhão principal, sendo denominado de Beobachtungspanzer.[1][2]

Alguns Kanonenjagdpanzer permaneceram em serviço no Heimatschutztruppe até 1990.[2]

Operadores[editar | editar código-fonte]

 Alemanha Ocidental

 Bélgica

Referências

  1. a b c d LLC, Revolvy,. «"Kanonenjagdpanzer" on Revolvy.com». www.revolvy.com (em inglês). Consultado em 19 de março de 2017 
  2. a b c d e f «Kanonenjagdpanzer 90 - Tank Encyclopedia». www.tanks-encyclopedia.com (em inglês). Consultado em 19 de março de 2017 
  3. a b «Kanonenjagdpanzer - Global wiki. Wargaming.net». wiki.wargaming.net (em inglês). Consultado em 19 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kanonenjagdpanzer