Karen Uhlenbeck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Karen Uhlenbeck
Nascimento 24 de agosto de 1942 (77 anos)
Cleveland
Nacionalidade Estadunidense
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Brandeis, Universidade de Michigan
Ocupação professora universitária, matemática
Prêmios Noether Lecture (1988), Medalha Nacional de Ciências (2000), Prêmio Leroy P. Steele (2007), Prêmio Abel (2019)
Empregador Universidade do Texas em Austin, Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, Universidade de Chicago, Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Universidade da Califórnia em Berkeley, Universidade de Illinois em Chicago
Orientador(es) Richard Palais
Instituições Universidade de Chicago, Universidade Northwestern, Universidade do Texas, Universidade de Illinois em Urbana-Champaign
Campo(s) Matemática
Tese 1968: The Calculus of Variations and Global Analysis

Karen Keskulla Uhlenbeck (Cleveland, 24 de agosto de 1942) é uma matemática estadunidense.

Uhlenbeck recebeu o Prêmio Abel de 2019 "por conquistas pioneiras em equações diferenciais parciais geométricas, teoria de gauge e sistemas integráveis, e pelo impacto fundamental de seu trabalho sobre análise, geometria e física matemática".[1] É a primeira mulher a receber este prêmio.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.