Karin Fossum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Karin Fossum
Karin Fossum no "Bloody Scotland" International Crime Writing Festival, 2012
Nascimento 06 de novembro de 1954
Sandefjord, Noruega
Ocupação Escritora
Prémios Prémio Chave de Vidro (1997)
Gênero literário Policial

Karin Fossum (1954) é uma escritora norueguesa de ficção policial,[1] frequentemente referida como a "rainha do crime norueguês".[2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Karin Mathisen nasceu a 6 de Novembro de 1954 em Sandefjord no distrito de Vestfold, Noruega. Vive actualmente perto de Oslo. Fossum surgiu como poetisa com Kanskje i morgen, a sua primeira colectânea publicada em 1974 quando tinha apenas 20 anos. Com o livro ganhou o prémio Tarjei Vesaas para debutantes. Durante algum tempo trabalhou em hospitais, em trabalho doméstico e na reabilitação de viciados em droga.

Carreira Literária[editar | editar código-fonte]

Karin Fossum é a autora da série de romances policiais do Inspector Konrad Sejer que teve sucesso internacional e que foram traduzidos para 25 idiomas e laureados com diversos prémios.[3][4]

Foi galardoada com o Prémio Chave de Vidro pelo seu livro Don't Look Back (Não Olhes Para Trás), que também ganhou o Prémio Riverton, e foi listada para o Prémio da Crime Writers' Association do Reino Unido, o Gold Dagger (Adaga de Ouro), em 2005, pelo livro Calling Out For You (Gritando por ti).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Série do Inspector Sejer[editar | editar código-fonte]

(também com o Inspector Jakob Skarre):

  • 1995 - Evas øye (Na escuridão; In the Darkness, na tradução inglesa de 2012)
  • 1996 - Se deg ikke tilbake! (Não Olhes Para Trás!; Don't Look Back!, na tradução inglesa de 2002)
  • 1997 - Den som frykter ulven (O que tem medo do lobo; He Who Fears the Wolf, na tradução inglesa de 2003)
  • 1998 - Djevelen holder lyset (Quando o diabo segura a vela; When the Devil Holds the Candle, na tradução inglesa de 2004)
  • 2000 - Elskede Poona (Gritando por ti; Calling Out For You na tradução inglesa de 2005; The Indian Bride, na tradução americana 2007)
  • 2002 - Svarte sekunder(Segundos negros); (Black Seconds, na tradução inglesa de 2007)
  • 2004 - Drapet på Harriet Krohn (O assassínio de Harriet Krohn; The Murder of Harriet Krohn, na tradução inglesa de 2014)
  • 2007 - Den som elsker noe annet (À beira d'água; The Water's Edge, na tradução inglesa de 2009)
  • 2008 - Den onde viljen (Más intenções; Bad Intentions, na tradução inglesa de 2010)
  • 2009 - Varsleren (Aviso; The Caller, na tradução inglesa de 2011)
  • 2013 - Carmen Zita og døden (Carmen Zita e morte; The Drowned Boy, na tradução inglesa de 2015)
  • 2014 - Helvetesilden (Fogo do inferno)

Outros livros[editar | editar código-fonte]

  • 1974 - Kanskje i morgen – poesia
  • 1978 - Med ansiktet i skyggen – poesia
  • 1992 - I et annet lys - contos
  • 1994 - Søylen - contos
  • 1999 - De gales hus - novela
  • 2002 - Jonas Eckel - novela
  • 2003 - Natt til fjerde november (A noite de 4 de Novembro)
  • 2006 - Brudd (Quebrado; Broken, na tradução inglesa 2008)
  • 2011 - Jeg kan se i mørket (Vejo na escuridão) (I Can See in the Dark, na tradução inglesa de 2013)
  • 2012 - Natten er et annet land (A Noite é outra terra) - poesia

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • Tarjei Vesaas' debutantpris de 1974, por Kanskje i morgen
  • Prémio Riverton 1996, por Se deg ikke tilbake
  • Prémio Chave de Vidro de 1997, por Se deg ikke tilbake
  • Prémio Bokhandler de 1997, por Den som frykter ulven
  • Prémio Brage de 2000, por Elskede Poona
  • Martin Beck Award de 2002, por Svarte sekunder
  • Prémio Cappelen de 2003
  • The Gumshoe Awards de melhor romance policial europeu de 2007, por Når djevelen holder lyset
  • Los Angeles Times Book Prize na categoria Mistério/Policial para 2007 publicado em 2008, por Elskede Poona

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Henriksen, Petter (ed.). «Karin Fossum». Store norske leksikon (em Norwegian). Oslo: Kunnskapsforlaget. Consultado em 9 de maio de 2010 
  2. Christian House (12 de julho de 2009). «Karin Fossum: 'I knew a murderer; I knew the victim too'». The Independent. Consultado em 3 de agosto de 2014 
  3. Die Biografie der Autorin Karin Fossum (schwedenkrimi.de)
  4. Karin Fossum (Couch Medien GmbH & Co. KG.)

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Karin Fossum».

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.