Karl Friedrich Mohr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Karl Friedrich Mohr
Nascimento 4 de novembro de 1806
Coblença
Morte 28 de setembro de 1879 (72 anos)
Bonn
Sepultamento Alter Friedhof Bonn
Cidadania Alemanha
Ocupação químico, farmacologista, farmacêutico, professor universitário
Empregador Universidade de Bonn

Karl Friedrich Mohr (Coblença, 4 de novembro de 1806Bonn, 5 de outubro de 1879) foi um farmacêutico alemão.

Casou-se no ano de 1833 com Jacobine Derichs com quem teve cinco filhos. A exemplo do pai seguiu a carreira de farmacêutico, profissão de bastante prestígio na época. Como farmacêutico teve bastante contato com o latim, botânica e a química.

Mohr deu enormes contribuições para a química analítica e farmácia, das quais podemos destacar:

Mohr também desenvolveu o uso de substâncias padrões na alcalimetria (ácido oxálico) e o chamado sal de Mohr (sulfato ferroso amoniacal) na oxidimetria.

A contribuição de Mohr para o desenvolvimento da área farmacêutica e química analítica ficou registrado em um livro intitulado Lehrbuch der chemisch-analytischen Tritiermethode (Tratado do Método Titrimétrico de análise química) publicado no ano de 1855. Nele Karl descreve os métodos de análise volumétrica de soluções e propõe vários melhoramentos nos procedimentos de análise. Outros métodos de análise surgiram entre os quais um chamado de iodometria, introduzido por Bunsen a partir de 1853, para a determinação quantitativa de agentes oxidantes.

Sepultado no Alter Friedhof Bonn.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

FARIAS, Robson Fernades. História da Química. Editora Átomo: Campinas, 2005
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Karl Friedrich Mohr