Karl Friedrich von Ledebour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Karl Friedrich von Ledebour
Karl Friedrich von Ledebour
Nascimento 8 de julho de 1786
Stralsund
Morte 4 de julho de 1851 (64–65 anos)
Munique
Cidadania Reino da Prússia
Alma mater
Ocupação botânico, professor universitário, mineralogista, zoólogo
Empregador(a) Universidade de Greifswald, Universidade Imperial de Dorpat

Karl (ou Carl) Friedrich von Ledebour (Stralsund, 8 de julho de 1786Munique, 4 de julho de 1851) foi um botânico alemão.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Entre 1811 e 1836 foi professor de ciências na Universidade de Dorpat ( atual Tartu na Estônia)[2], posteriormente em Heidelberg e em Munique. Visitou as Montanhas Altai na Rússia auxiliado por Carl Anton Andreevic von Meyer (1795-1855) e Alexander von Bunge (1803-1890).

Entre as novas espécies que descreveu pela primeira vez em Flora Altaica estão incluidas a Malus sieversii ( como Pyrus sieversii ) , o antepassado selvagem da maçã, e o "larício-siberiano" ( Larix sibirica ) que é uma conífera siberiana.

Obras[editar | editar código-fonte]

Seus trabalhos mais importantes foram :

  • Reise durch das Altai-Gebirge ( Berlim, 1829),
  • Flora Altaica , que foi o primeiro sobre a flora das montanhas de Altai, publicado em 1833,
  • Flora Rossica, publicado em quatro volumes entre 1841 e 1853, a primeira obra significativa sobre a flora do Império Russo.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Biographie, Deutsche. «Ledebour, Karl Friedrich von - Deutsche Biographie». www.deutsche-biographie.de (em alemão). Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  2. a b «Vascular Plant Flora of Estonia. Summary». www.zbi.ee. Consultado em 14 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]