Katherine Pierce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Katherine Pierce/Katerina Petrova
Personagem fictícia de The Vampire Diaries
Nascimento 05 de junho 1473 (543 anos)
Morte 1492 (como humana)
Origem Bulgária
Sexo Feminino
Espécie Vampira, viajante, duplicata
Poder(es) Privilégios de um vampiro, até a 4ª temporada.
Afiliações Nadia Petrova/ Nadia Pierce
Inimigo(s) Elena Gilbert, Vampiros Originais, Lobisomens, Silas, Bruxas.
Criado por Rose.
Série(s) The Vampire Diaries
Temporada(s) 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 8ª
Primeira aparição Ultimo episódio da 1ª temporada
Última aparição Episódio 16° da 8ª temporada.
Época(s) Século XV
Interpretado por Nina Dobrev
Espécie Vampira, viajante, duplicata
Afiliações Nadia Petrova/ Nadia Pierce

Katerina Petrova/Katherine Pierce é uma personagem ficcional da série de livros The Vampire Diaries e do seriado homônimo e baseado nos livros, The Vampire Diaries, no qual é interpretada por Nina Dobrev.[1] Katherine fez parte do triângulo amoroso que ocorreu em 1864 junto com os irmãos Damon Salvatore e Stefan Salvatore. Elena Gilbert é a sua duplicata - ou seja um Doppelgänger. Katherine voltará a série The Vampire Diaries no final da oitava temporada.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Katerina nasceu em uma família nobre da Bulgária em 1473. Em 1490, Katerina ficou grávida por um homem desconhecido, e sua família a deserdou devido ao nascimento de uma vergonhosa ilegítima filha. Segundos após o nascimento de sua filha, o pai de Katherine levou a criança para longe, alegando que seria melhor para as duas nunca mais se verem. Katherine ficou devastada com o corrido e, por isso, foi banida para a Inglaterra.

Depois de ser banida de seu país, ela rapidamente se ajustou, tornando-se inglesa. Dois anos depois, em 1492, ela conhece Trevor, que apresenta ao seu Senhor Elijah, um Deus dos animais, que por sua vez, apresentou-a a seu irmão mais novo, Senhor Niklaus que já namorou com uma duplicata de Katerina em vidas passadas. Katherine foi atraída ao Klaus, até que descobriu quem ele era, e que ele estava pensando em usá-la como um sacrifício para quebrar a maldição colocada sobre ele.

Ela escapou com a ajuda de Trevor, e o mesmo a ajudou, já que possuía sentimentos secretos por ela. Ele distraiu seus perseguidores e disse-lhe para ir para o leste, para uma cabana na floresta, onde ela estaria segura. Quando ela chegou em uma casa de campo, Katerina encontrou uma senhora a qual era dona da casa, aonde se encontrava também a vampira Rose. Quando Rose descobriu que ela havia escapado de Klaus com a pedra da lua, ela a trancou em um quarto e disse que ela iria levá-la para Klaus, a noite, pois ela não tinha como andar sob a luz do sol.

Katherine "tentou" cometer suicídio por esfaquear-se com uma faca, afirmando que preferia morrer do que voltar para as mãos de Klaus. Porém, sua real intenção era que Rose lhe desse sangue para escapar como vampira. Caindo em seu plano, Rose a alimentou a força com seu sangue para curá-la. Quando Rose se virou de costas para enfrentar Trevor, Katherine enforcou-se com um pedaço de corda. Mais tarde, ao acordar como vampira, Trevor perguntou por que ela fez isso e alegou que ele teria a ajudado a viver. Katerina responde dizendo que ele teria sido capaz de ajudá-la a correr e que a execução nunca foi e nunca vai ser suficiente. Trevor, a partir de então, passou a ser perseguido por Elijah, que agora o via como traidor e acabou morto por ele na segunda temporada na frente de Elena e Rose.

Rose explica então a Trevor que Katerina o usou para escapar e, sabendo que Klaus enxergaria seu envolvimento na fuga da moça, Rose tentou matar Katerina com uma estaca. Mas Katerina usa a proprietária da cabana como escudo, que resultou na morte da senhora. Katerina com seus instintos a flor da pele, morde a idosa, completando sua transição para uma vampira.

Ela, então, jogou o corpo para Rose e Trevor e fugiu para a noite. Katerina voltou para a Bulgária nos últimos meses de 1492 para encontrar todos os membros de sua família, que foram brutalmente mortos por Klaus. Ela sabia que essa era sua forma de vingança por ter fugido e pela posterior transição. Ela foi vista pela última vez neste período de tempo chorando sobre o corpo morto de sua mãe.

A partir daí, Katerina passou séculos fugindo. Até que em meados de mais 1.700, ela encontrar Pearl e sua família, com os quais ficou algumas décadas. Passado algum tempo, Katerina, Pearl e os restantes do grupo foram para Mystic Falls, onde passou a se apresentar como Katherine Pierce. Katerina foi abrigada pelo pai dos Salvatore, conhecendo Damon e Stefan. Os dois se apaixonaram pela bela moça.

Katerina levou Stefan como acompanhante para o baile dos fundadores, o que deixou Damon com ciúmes. Após o baile, Stefan se declarou a ela, deixando-a cada vez mais apaixonada.

Katerina revelou para os irmãos sua verdadeira identidade e controlou suas mentes para não revelarem a ninguém. Ela queria ficar com Stefan para toda a eternidade, então, hipnotizava-o a beber seu sangue para ele beber, enquanto Damon tomava por conta própria. Por um tempo, Damon, Stefan e Katerina viveram um triângulo amoroso, até ela descobrir que Klaus havia lhe achado. Ela ficou sabendo que as famílias fundadoras planejavam queimar os vampiros na igreja, então ela armou sua "morte" junto com um Lockwood, membro de uma das famílias fundadoras da cidade. Ele a ajudou a escapar e ela lhe deu a pedra da lua (que, segundo uma lenda, o amuleto quebrava uma maldição dos lobisomens e vampiros).

Damon e Stefan tentaram resgatar Katerina, mas foram atingidos e mortos. Porém, ambos estavam com sangue vampiro no organismo quando morreram e acabaram se transformando. Após escapar da igreja conforme o plano, ela vê Stefan e Damon mortos no chão. Beija Stefan, diz que o ama, que os dois ainda ficaram juntos e vai embora.

Aparência física[editar | editar código-fonte]

  • Livro: Pele pálida, cabelos loiros cacheados, olhos azul marinho, magra e baixa
  • Série: Pele tons médios, cabelo castanhos enrolados, olhos castanhos escuros, magra

Relacionamentos amorosos[editar | editar código-fonte]

  • Trevor (Século XV)
  • Klaus Mikaelson (Século XV)
  • Elijah Mikaelson (Século XV);
  • Damon Salvatore (1864)
  • Stefan Salvatore (1864)
  • Mason Lockwood (2ª Temporada)
  • Silas

Katherina humana[editar | editar código-fonte]

No ultimo episódio da 4ª temporada, ela ingere a cura do vampirismo após tentar matar Elena. No início da 5ª temporada ela está fraca e vulnerável e pede abrigo aos irmãos Salvatore, mas com a chegada de Silas, ela é obrigada a fugir novamente. Ao longo da temporada ela descobre o real motivo pela busca de Silas pela cura que corre em seu organismo: ela é a chave pra curá-lo e a única que pode fazer com que ele recupere sua magia. Após Damon armar contra ela, Katherine é atacada por Silas e tem a cura drenada do seu corpo. Katherine não morre, mas devido ao ter a cura retirada, ela começa a envelhecer rapidamente(pois a vida está lhe cobrando pelos mais de cinco séculos em que ela esteve "viva"),em uma tentativa desesperada de salvar sua mãe, Nadia decide transferir a alma de Katherine para o seu corpo, porém Katherine recusa a proposta. No final do especial "500 Years of Solitute", Katherine como uma Viajante(bruxos que podem transferir-se para novos corpos), opta por possuir Elena Gilbert, e consegue ter finalmente a vida que sempre quis. Quando os amigos de Elena percebem a farsa, eles utilizam a Adaga que pode expulsar um viajante de um hospedeiro, e Katherine finalmente é morta por Stefan. Como uma sobrevivente que viveu fugindo por mais de 500 anos de um Vampiro Original, foi perseguida por um vilão imortal, Katherine planeka sua derradeira vingança contra aqueles que a mataram: após a morte do vilão que dominava o Inferno, Katherine se torna a nova governante da dimensão que foi aprisionada por três anos. Como uma manipuladora que sempre foi, ela usa Kelly e Vicki Donovan para tocar o sino que finalmente irá invocá-la para o mundo dos vivos e irá confrontar - mais uma vez -, os irmãos Salvatore e todos os outros.

Katherine planeja usar Vicki Donovan para tocar o sino 12 vezes, fazendo que o fogo infernal consuma Mystic Falls. Após esconder o corpo de Elena, ela se passa pela mesma para enganar os irmãos Salvatore, revela seu plano: ás dez da noite o fogo destruirá a cidade e o corpo de Elena, matando-a definitivamente. Mais tarde ela confronta Damon e diz que Elena irá escolher Stefan por que isso era o que ela faria. Mais tarde ela é confrontada pelos Salvatore após eles terem resgatado Elena em segurança, e em um derradeiro sacrifício, Stefan a apunhala e aguardam o fogo consumi-los,e finalmente, Katherine morre, levando consigo todo o inferno. Em um flash-foward, os Salvatore e os Gilbert são mostrados em um pós-vida, uma metáfora para o céu, enquanto isso, o paradeiro atual da alma de Katherine é desconhecido.

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Katherine mostra-se extremamente inteligente e determinada ao longo da série, porque ela é incrível. Ela é uma manipuladora habilidosa que utiliza de qualquer meio necessário para atingir seus objetivos. Entre seus atributos de personalidade, os mais marcantes são um forte instinto de sobrevivência e proteção, como também o extremo senso de autossuficiência. Tais características foram naturalmente desenvolvidas ao longo de seus 500 anos em constante fuga de Klaus. Entretanto, até mesmo em seu período humano, Katerina mostra uma natureza de fácil adaptação, já que "rapidamente tornou-se inglesa" após ser banida para a Inglaterra. A série mostra alguns flashbacks da personagem logo após o banimento, onde Katherine fala inglês fluentemente sem qualquer sotaque estrangeiro.

Durante seu período como antagonista da 2ª temporada, sua natureza calculista e impiedosa é mostrada. Katerina mata algumas pessoas ao longo da história apenas para mandar sinais de autoafirmação aos que se envolvem com ela. Nota-se também um senso de estratégia, aliado ao egocentrismo e sensualidade em tudo o que faz. Porém, após a aparição de Klaus ao final da segunda temporada, seu papel como antagonista principal diminui, mas ainda é possível perceber sua forma egoísta e manipuladora de viver a vida.

  1. Buzz Sugar (10 de dezembro de 2010). «Who Is the Best TV Villain of 2010?». Consultado em 16 de dezembro de 2010