Kelly Key (álbum de 2001)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kelly Key
Álbum de estúdio de Kelly Key
Lançamento 22 de dezembro de 2001[1]
Gravação 20002001
Gênero(s) Pop, Dance-pop, R&B
Duração 40:32
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Warner Music
Produção Sérgio Mama
DJ Cuca
Cronologia de Kelly Key
Último
Último
Remix Hits
(2002)
Próximo
Próximo
Singles de Kelly Key
  1. "Escondido"
    Lançamento: 18 de junho de 2001
  2. "Baba"
    Lançamento: 5 de novembro de 2001
  3. "Anjo"
    Lançamento: 17 de abril de 2002
  4. "Cachorrinho"
    Lançamento: 30 de agosto de 2002
  5. "Só Quero Ficar"
    Lançamento: 30 de outubro de 2002 (promocional)

Kelly Key é o primeiro álbum de estúdio da carreira da modelo e cantora, pop brasileira Kelly Key, lançado originalmente em 22 de dezembro de 2001 pela gravadora Warner Music. o primeiro álbum é influenciados em gêneros dançantes como o Dance, e o Electropop O álbum alcançou a primeira posição, vendendo em torno de 500 mil cópias[2] , retirando canções de grande sucesso e repercussão como Escondido, Anjo, Cachorrinho, Só Quero Ficar e Baba, o single de maior sucesso da carreira da cantora, segundo os críticos.[3]

Produção e tema[editar | editar código-fonte]

Em 2000 Kelly Key enviou uma fita demo para a Warner Music, contendo algumas canções gravadas independentemente pela cantora, sendo recusada por outras gravadoras anteriormente por apresentar uma sonoridade pop e R&B considerada não-rentavel no Brasil. Dentre as faixas apresentadas pela cantora para a Warner Music estavam Escondido e Baba. Contratada pela gravadora, a cantora passou a gravar seu álbum entre o final do ano 2000 e o início de 2001.

A maioria das canções são compostas por Kelly Key em parceria com outros compositores como Andinho e pelo cantor Gustavo Lins, conhecido por trabalhos prestadas a inúmeros cantores como Mariana Aydar e Wanessa Camargo e considerado um dos maiores compositores jovens brasileiro[4] . A produção do álbum foi realizada pelo DJ Cuca e pelo produtor Afegan, conhecidos no cenário musical carioca[5] , explorando uma sonoridade diferente da normalmente utilizada no Brasil, explorando além do pop convencional, o R&B e elementos de Dance-pop, inspirado no estilo de música americana como Christina Aguilera e Jennifer Lopez, além de Britney Spears, sua maior referencia[6] . As faixas do álbum exploram o tema do sexo casual, amor não correpondido, liberdade sexual entre os jovens, além de traição e feminismo[7] .

Promoção[editar | editar código-fonte]

Em 18 de junho de 2001 é lançado o primeiro single oficial, Escondido. A princípio o single não surtiu o efeito esperado, alcançando apenas a posição de número sessenta no Brasil, porém foi com o lançamento do segundo single, Baba em 5 de novembro de 2001, que Escondido voltou a figurar as paradas brasileiras, alcançando a sexta posição, enquanto Baba alcançou a primeira posição. Com o lançamento do segundo single, Kelly Key começou a promoção do álbum em programas de TV como Planeta Xuxa, Caldeirão do Huck, Domingão do Faustão, Programa da Hebe, Domingo Legal, e programas de rádio em emissoras como Jovem Pan e Mix FM.

Em 17 de março de 2002 é lançado o terceiro single, Anjo e em 5 de julho o quarto [[Cachorrinho]. A cantora ainda passou pelo programa Disk MTV, onde figurou o primeiro lugar consecutivas vezes com os videoclipes de Baba, Anjo e Cachorrinho.[8]

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

O álbum recebeu críticas positivas, comparando Kelly Key à cantoras norte-americanas pelo estilo adotado por suas canções. O Jornal Agora classificou a cantora como "uma Britney Spears brasileira" e completou dizendo que foi a maior produção de Sérgio Mama.[9] . A Abril Music classificou a cantora como "a nova senssação pop brasileira" e sites como o UOL Music e o Terra Música consideraram a canção como a libertação do pop brasileiro e Kelly Key como um nome a ser lembrado. Segundo o jornalista Alex Antunes Kelly Key ficou conhecida nacionalmente pelo seu modo explicito e desbocado de falar sobre sexo, fazendo a cantora ficar conhecida como o oposto da virginal Sandy e da pop romântica Wanessa Camargo. Já o jornalista Carlos Eduardo Lima classificou as canções do álbum como hinos do "girl power" e disse ainda que Kelly Key levantou "uma bandeira de auto-estima feminina, perdida há um bom tempo no Brasil", acrescentando ainda que mulheres de todas as idades se identificam com a canção da cantora, "compartilhando da vingança contra algum cafajeste"[7] .

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Escondido"   Kelly Key, Andinho 4:28
2. "Só Quero Ficar"   Kelly Key 3:48
3. "Bolada"   Kelly Key, Gustavo Lins, Andinho 2:47
4. "Anjo"   Andinho 2:57
5. "Baba"   Kelly Key 3:44
6. "Brincar De Amor"   Kelly Key, Gustavo Lins, Andinho 3:21
7. "Tudo Com Você"   Kelly Key, Andinho 3:49
8. "Quem é Você"   Andinho 4:06
9. "Viajar No Groove"   Kelly Key, Andinho 3:28
10. "Cachorrinho"   Andinho 4:11
Faixa Bônus
N.º Título Compositor(es) Duração
11. "Escondido (Remix)"   Kelly Key, Andinho 5:38

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

País / Certificadora Certificação Vendas
 Brasil ABPD Platinum.png Platina 500.000[10]
 Portugal AFP Platinum.png Platina[11] 20.000[12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências