Kelme (equipa ciclista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kelme
Informações
Estatuto
Equipa pro (-)
UCI Trade Team I (d) (-)
UCI Trade Team II (d) ()
continental pro ()Visualizar e editar dados no Wikidata
Código UCI
KELVisualizar e editar dados no Wikidata
Disciplina
País
Fundação
Extinção
Temporadas
3Visualizar e editar dados no Wikidata
Pessoas chave
Director geral
Director(s) desportivo(s)
Designação anterior
1979
1980-1981
1982
1983-1987
1988
1989
1990
1991
1992
1993
1994
1995
1996
1997
1998-2003
2004
2005-2006
Transmallorca-Flavia-Gios
Kelme-Gios
Kelme
Kelme-Merckx
Kelme-Iberia
Kelme-Iberia-Varta
Kelme-Ibexpress
Kelme-Ibexpress-CAM
Kelme-Dom Café
Kelme-Xacobeo '93
Kelme-Avianca-Gios
Kelme-Sureña-Avianca
Kelme-Artiach
Kelme-Costa Blanca-Eurosport
Kelme-Costa Blanca
Comunidade Valenciana-Kelme
Comunidade Valenciana
Equipamento
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
equipamento

Kelme foi uma equipa ciclista espanhola fundada em 1980 como herdeiro da desaparecida Transmallorca-Flavia-Gios. Estava patrocinado pela empresa desportiva Kelme até que em 2004 a Generalidade Valenciana assumiu a dívida do mesmo e se fez cargo da equipa até ao seu desaparecimento ao final de 2006.

Pese a que a sua estrutura estava baseada em Espanha, teve muita relação com Colômbia, incorporando a muitos ciclistas de dita nacionalidade e figurando em duas ocasiões a sua licença como equipa colombiana.

História[editar | editar código-fonte]

O director da equipa na sua última época foi o ex corredor Vicente Belda, e o director anexo José Ignacio Labarta. Pelas fileiras desta equipa têm passado corredores como Laudelino Cubino, Álvaro Pino, Fabio Parra, Fernando Escartín, Roberto Heras, Aitor González, Alejandro Valverde, Enrique Martínez Heredia, Pepe Recio ou Óscar Sevilla.

Anteriormente foi dirigido por Rafa Carrasco e Álvaro Pino.

Em 2006 a equipa desaparece depois de ver-se implicados vários dos seus altos cargos, bem como grande parte de seu elenco na chamada Operação Puerto. Os ciclistas do Comunidade Valenciana dirigido por Vicente Belda ofereceram o seu ADN para demonstrar a sua inocência doando dito material genético com o das carteiras sanguíneas apreendidas pela Policia civil, facto que finalmente nunca ocorreu.[1] O relatório do instituto armado detalhava que vários ciclistas da formação tinham recorrido a extracções e reposições sanguíneas em temporadas anteriores segundo a documentação intervinda, ainda que no momento dos registos não ficavam carteiras pertencentes a eles. A documentação intervinda nos registos detalhava assim mesmo a administração de diversas substâncias dopantes.

Parte do seu elenco e da sua estrutura directiva foi assumida em 2007 pela nova equipa Fuerteventura-Canárias, equipa que é considerado seu sucessor no pelotão internacional.

Corredor melhor classificado nas Grandes Voltas[editar | editar código-fonte]

Ano Giro d'Italia Jersey pink.svg Tour de France Jersey yellow.svg Volta a Espanha Jersey red.svg
1976 - - 19.º

Espanha Enrique Cima

1977 - - 12.º

Espanha José Manuel García Rodríguez

1978 - - 21.º

Espanha Vicente Belda

1979 - - 7.º

Espanha Pedro Torres Cruces

1980 - 20.º

Espanha Vicente Belda

2.º

Espanha Pedro Torres Cruces

1981 - 38.º

Espanha Vicente Belda

3.º

Espanha Vicente Belda

1982 37.º

Espanha Juan Fernández Martín

- 8.º

Espanha Jaime Vilamajó

1983 - - 9.º

Espanha Vicente Belda

1984 - - 8.º

Espanha Vicente Belda

1985 - - 18.º

Espanha Vicente Belda

1986 - - 17.º

Colômbia Carlos Emiro Gutiérrez

1987 - - 6.º

Espanha Vicente Belda

1988 - 3.º

Colômbia Fabio Parra

5.º

Colômbia Fabio Parra

1989 - Abandono 2.º

Colômbia Fabio Parra

1990 - 13.º

Colômbia Fabio Parra

5.º

Colômbia Fabio Parra

1991 - - 10.º

Colômbia Oliverio Rincón

1992 - - 17.º

Colômbia Hernán Buenahora

1993 37.º

Colômbia Néstor Mora

- 13.º

Colômbia Hernán Buenahora

1994 33.º

Colômbia Federico Muñoz

18.º

Colômbia Hernán Buenahora

15.º

Espanha Ignacio García Camacho

1995 18.º

Colômbia Hernán Buenahora

10.º

Colômbia Hernán Buenahora

11.º

Espanha Marcos Serrano

1996 11.º

Colômbia Hernán Buenahora

8.º

Espanha Fernando Escartín

10.º

Espanha Fernando Escartín

1997 8.º

Espanha Marcos Serrano

5.º

Espanha Fernando Escartín

2.º

Espanha Fernando Escartín

1998 12.º

Colômbia José Jaime González

Abandono 2.º

Espanha Fernando Escartín

1999 5.º

Espanha Roberto Heras

3.º

Espanha Fernando Escartín

3.º

Espanha Roberto Heras

2000 8.º

Espanha José Luis Rubiera

5.º

Espanha Roberto Heras

1.º

Espanha Roberto Heras

2001 31.º

Espanha Francisco León Mane

7.º

Espanha Óscar Sevilla

2.º

Espanha Óscar Sevilla

2002 6.º

Espanha Aitor González

4.º

Colômbia Santiago Botero

1.º

Espanha Aitor González

2003 18.º

Espanha Adolfo García Quesada

27.º

Espanha Javier Pascual Llorente

3.º

Espanha Alejandro Valverde

2004 - - 4.º

Espanha Alejandro Valverde

2005 - - 4.º

Espanha Carlos García Quesada

2006 - - -
2007 - - -

Equipa filial[editar | editar código-fonte]

Seu antigo filial sub-23, a Comunidade Valenciana-CCN, recolheu a testemunha do patrocinador e continua atualmente em activo baixo o nome Guerola-Valência Terra i Mar (anteriormente Garcamps-Comunidade Valenciana).

Classificações UCI[editar | editar código-fonte]

Até 1998, as equipas ciclistas foram classificados pela UCI numa única divisão. Em 1999 a classificação UCI por equipas foi dividida em GSI, GSII e GSIII. A equipa Kelme foi classificado em GSII durante este período. As classificações aqui detalhadas são da equipa a fim da temporada. Os corredores encontram-se numa única classificação.[2]

Temporada Classificação
por equipas
Melhor corredor
da classificação individual
1995 23.º Espanha Laudelino Cubino (105.º)
1996 20.º Espanha Fernando Escartín (51.º)
1997 13.º Espanha Fernando Escartín (12.º)
1998 16.º Espanha Fernando Escartín (14.º)
1999 18.º Espanha Roberto Heras (10.º)
2000 5.º Espanha Roberto Heras (5.º)
2001 14.º Espanha Óscar Sevilla (8.º)
2002 13.º Espanha Aitor González (7.º)
2003 22.º Espanha Alejandro Valverde (7.º)
2004 1.º (GSII) Espanha Alejandro Valverde (5.º)

Em 2005, a equipa não faz parte de vinte equipas participantes no ProTour e foi classificado para o UCI Europe Tour sendo equipa continental profissional.

Temporada Classificação
por equipas
Melhor corredor
da classificação individual
2005 3.º Espanha Rubén Plaza (14.º)
2006 10.º Espanha Rubén Plaza (25.º)

Palmarés destacado[editar | editar código-fonte]

Classificação montanha Jersey polkadot.svg Santiago Botero
Melhor jovem Jersey white.svg Óscar Sevilla
Classificação montanha Jersey green.svg "Chepe" González
Classificação montanha Jersey green.svg "Chepe" González
Classificação montanha Jersey green.svg Martín Farfán
Classificação por pontos Jersey blue.svg Roberto Heras
Classificação da combinada Alejandro Valverde

Prêmios, reconhecimentos e distinções[editar | editar código-fonte]

Ciclistas destacados[editar | editar código-fonte]

Para anos anteriores, veja-se Modelos do Kelme

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]