Kepa Arrizabalaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kepa Arrizabalaga
Kepa Arrizabalaga
Kepa em 2019 pelo Chelsea
Informações pessoais
Nome completo Kepa Arrizabalaga Revuelta
Data de nasc. 3 de outubro de 1994 (26 anos)
Local de nasc. Ondárroa, Espanha
Nacionalidade espanhol
Altura 1,86 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Chelsea
Número 1
Posição goleiro
Clubes de juventude
2004–2011 Athletic Bilbao
Clubes profissionais
Anos Clubes
2011–2012
2012–2015
2015
2015–2016
2016–2018
2018–
Baskonia
Bilbao Athletic
Ponferradina (emp.)
Real Valladolid (emp.)
Athletic Bilbao
Chelsea
Seleção nacional
2012
2012
2013–2017
2017–
Espanha Sub-18
Espanha Sub-19
Espanha Sub-21
Espanha

Kepa Arrizabalaga Revuelta, mais conhecido apenas como Kepa (Ondárroa, 3 de outubro de 1994), é um futebolista espanhol que atua como goleiro. Atualmente joga no Chelsea.

Ao ser transferido do Athletic Bibao para o Chelsea, Kepa tornou-se o goleiro mais caro da história do futebol (80 milhões de euros) ultrapassando o brasileiro Alisson, que tinha custado 72,5 milhões de euros quando transferiu-se da Roma para o Liverpool.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Athletic Bilbao[editar | editar código-fonte]

Kepa Arrizabalaga começou a carreira no Athletic Bilbao. Passou pelos times do Ponferradina e Valladolid, emprestado pela equipe basca para adquirir experiência.

Em 2016 assumiu a titularidade do Athletic Bilbao, revezando no gol com o veterano Gorka Iraizoz. Mesmo com poucas partidas no Bilbao, o jovem goleiro despertou interesse do Real Madrid.[2] Em janeiro de 2018 o Athletic renovou seu contrato até 2025, com uma cláusula de rescisão no valor de 80 milhões de euros.[3]

Chelsea[editar | editar código-fonte]

No dia 8 de agosto de 2018, o Chelsea pagou a multa rescisória de Kepa e o transformou no goleiro mais caro da história. O valor ainda não é certo, mas segundo os rumores o seu valor foi de 80 milhões de euros, o que o transformaria no goleiro mais caro da história.[1][4] Ele estreou na Premier League três dias depois, em uma vitória fora de casa por 3 a 0 contra o Huddersfield Town.[5]

Em 24 de janeiro de 2019, no jogo de volta da semifinal da Copa da Liga Inglesa, Kepa salvou um pênalti de Lucas Moura, do Tottenham, em uma vitória por 4 a 2 no Stamford Bridge, ajudando seu time a chegar à final.[6]

No dia 24 de fevereiro, durante a final da Copa da Liga Inglesa contra o Manchester City, Kepa passou por uma polêmica ao recusar ser substituído. Depois de Kepa ter sofrido câimbras no segundo tempo da prorrogação, Maurizio Sarri quis colocar o experiente Willy Caballero, mas Kepa alegou que poderia continuar e permaneceu em campo, o que deixou o técnico furioso.[7] A partida terminou em 0 a 0 e o Chelsea perdeu nos pênaltis por 4 a 3, apesar de Kepa ter defendido o terceiro pênalti do City, cobrado por Leroy Sané.[8]

Voltou a ser protagonista em uma disputa de pênaltis na semifinal da Liga Europa da UEFA contra o Eintracht Frankfurt, desta vez defendendo duas penalidades em sequência, ajudando assim os Blues a avançarem para a grande final.[9]

Atualmente é bastante criticado por torcedores, por conta das inúmeras falhas defendendo a meta do Chelsea. Com uma média de mais de 1,1 gols por partida, tem sido reserva do senegalês Édouard Mendy.[10]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Chelsea

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Chelsea contrata Kepa Arrizabalaga, de 23 anos, o transformando no goleiro mais caro da história». ESPN.com.br. 8 de agosto de 2018. Consultado em 24 de junho de 2021 
  2. «Jornal: Real Madrid tem interesse em goleiro do Athletic Bilbao». ESPN.com.br. 26 de novembro de 2017. Consultado em 24 de junho de 2021 
  3. «Após quase acertar com o Real, goleiro Kepa renova com Bilbao até 2025». GloboEsporte.com. 22 de janeiro de 2018. Consultado em 24 de junho de 2021 
  4. «Goleiro Kepa paga cláusula de 80 milhões de euros para trocar Bilbao pelo Chelsea». Extra. 8 de agosto de 2018. Consultado em 24 de junho de 2021 
  5. «Chelsea vence com facilidade o Huddersfield na estreia de Maurizio Sarri no Inglês». GloboEsporte.com. 11 de agosto de 2018. Consultado em 24 de junho de 2021 
  6. «Lucas perde pênalti, Chelsea vence Tottenham e pega City na final». UOL. 24 de janeiro de 2019. Consultado em 24 de junho de 2021 
  7. «Goleiro do Chelsea se recusa a ser substituído e irrita Sarri». Terra. 24 de fevereiro de 2019. Consultado em 24 de junho de 2021 
  8. «Ederson brilha, City vence o Chelsea nos pênaltis e conquista a Copa da Liga Inglesa». GloboEsporte.com. 24 de fevereiro de 2019. Consultado em 24 de junho de 2021 
  9. «Mais emoção! Nos pênaltis, Chelsea bate Frankfurt e decide a Liga Europa». LANCE!. 9 de maio de 2019. Consultado em 24 de junho de 2021 
  10. «Kepa: o goleiro mais caro da história que hoje é reserva do Chelsea». Playmaker Brasil. 28 de março de 2021. Consultado em 24 de junho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]